Putaria na casa de Swing

Já fazia quase um ano que estava convivendo com Célio e Sandra, quase não dependia mais deles para nada e até já tinha meu próprio círculo de amigos no meio liberal. Continuávamos realizando nossos menages eventualmente mas agora com uma frequência bem menor, eu ainda estava cheio de energia e cada vez mais queria novidades, entretanto, para eles tudo era repetição. Em um dos finais de semana que ficamos, fui apresentado a uma amiga do Célio da época da faculdade. Uma mulher madura e de aparência bem discreta que chamarei de Lúcia (Não lembro o nome dela!), divorciada e na época trabalhava na Bolsa de Valores de São Paulo. Pelas roupas que usava

Ler maisPutaria na casa de Swing