O dia que meu marido virou corno sem saber

Casada algum tempo com o Felipe, nossa relação andava muito morna e o sexo cada vez mais sem graça.
Eu estava cada vez com mais vontade de estar com outro homem, mas o Felipe jamais aceitaria isso.
Uma vez por mês, saia com mais duas amigas para ir até um bar, beber e conversar.
Nessas idas comecei a notar em um dos garçons, um cara não muito alto, moreno claro, de barba e com cara de que tinha uma pegada forte.

Ler maisO dia que meu marido virou corno sem saber

Tudo Começou no Metrô

Pego o metro todos os dias e certa vez estava uma boa aglomeração na estação e foi bem complicado de entrar no trem, e pra minha sorte, na minha frente estava uma morena deliciosa, mas como não gosto de ter problemas, comecei tentando evitar encoxa-la, coisa que era dificil, até porque mau tinha espaço.

Com o movimento do trem não teve jeito e acabei colando meu corpo no dela, e ela deu uma olhada pra trás, mas não fez cara feia, como ocorre normalmente, nesse momento percebi que ela deu até uma certa empinada naquela bunda deliciosa, então eu perdi o receio e precionei mais minha pelvis em seu encontro, logo meu pau já estava bem duro e com certeza ela sentia, pois eu trabalho de social, e ela estava com uma saia fina.

Ler maisTudo Começou no Metrô

Como descobri que sou puta

No andar de cima residia o nosso senhorio, um velhinho de uns 70+/- anos. Desde sempre me lembro dele viúvo e de cadeira de rodas. Quando eu era miúda ele colocava-me no seu colo e levava-me a passear pela casa, coisa que eu adorava, não me lembro quando parámos com essa brincadeira.Além da renda, o contrato era a minha mãe fazer a lida da casa dele e as compras. Ainda nova comecei a ser eu a fazer a lida da casa. Um dia estava eu a limpar, ele chegou perto e disse que tinha saudades do tempo em que eu me sentava no colo dele e passeávamos pela casa, ao que respondi que se o problema era esse resolvia-se num instante. E sentei-me no colo dele, passeamos um pouco e rimos bastante. No dia seguinte ele me esperou na porta, para me levar para dentro sentada no colo dele. Mas desta vez ele roçou as mãos dele nas minhas maminhas. Ao ver que eu não reclamei roçou mais uma vez, deve ter

Ler maisComo descobri que sou puta

Abusando do meu Paciente

Atendi na clínica de psicologia um jovem de aproximadamente 20 anos com problemas de inibição. Vinha tendo crises de pânico. Notei que era um rapaz muito inteligente, tímido e inseguro. Tinha desejos sexuais, mas não conseguia levar isto adiante. Ainda virgem, sequer tentava manter relações com uma mulher: tinha medo de tomar a iniciativa e ser rejeitado.

Segui uma linha bem eclética, deixava a conversa rolar nas entrevistas; ele expunha suas fantasias sexuais. Deixava claro a ele que era necessário que começasse a tomar iniciativas, mas depois de tanto tempo com medo, ele tinha criado defesas muito intransigentes para não agir na “ofensiva”.

Ler maisAbusando do meu Paciente

Sou Tarada por moleques

Oliii tudo bem? Vou me identificar como Simone, gerente de empresa. Tenho 38 anos e uma tara muito especial. Adoro um pau de garotinho. Amo atacar um garoto bem novinho beijar muito, devorar todinho. Sempre fui muito gostosa, loira, seios fartos e uma bunda enorme de 115 cm. Por causa da minha altura de 1,77 chamo muita atenção na rua e principalmente malhando na academia. Mas pra ser honesta homens nunca foram uma coisa que me chamassem muita atenção. Tive alguns poucos namorados mas o sexo era sempre muito ruim e eu preferia me tocar sozinha mesmo, normalmente com um plug no rabo (aliás costumo sair com um plug até pra trabalhar e mesmo ir à praia).

Ler maisSou Tarada por moleques

Massagem de presente

Minha esposa está 42 anos, Negra, 1,80m, pernas longas e torneadas, seios médios, bunda redondinha, apesar do tamanho dela ela tem uma bucetinha apertadinha…
Estamos comemorando nosso 17° aniversário de casamento, e como parte dos presentes paguei uma sessão de massagem para minha negra linda. Ela por sua vez tomou um banho caprichado ficando toda cheirosa para usar seu presente.
Eu a levei até lá onde eu ficaria na sala onde ela ficaria. Tudo pronto e veio o massagista, um rapaz de seus 30 anos aproximadamente, alto, forte, tatuagem no braço, vestia branco, calça, tênis e camiseta, mas ele era muito bonito, moreno de olhos claros, minha negra ficou admirada com a beleza do seu presente (digo massagista). Então ele pediu a ela que ficasse a vontade que já iria começar a sua sessão de massagem, ela ficou quase nua, só ficou de calcinha, minúscula de renda que mal cobria sua bucetinha, (acreditem apertadinha, apesar da sua altura e tamanho todo).

Ler maisMassagem de presente

Casada transando com consolo no cu e sentada na pica

Oi, irei conta o conto da morena casada, ela tem 25 anos, morena, seios medios, falsa magra, tem cabelos cacheados, unhas vermelhas, certa noite convidei ela pra sairmos,
ela aceitou, fomos a um restaurante da nossa cidade muito bem localizado comemos uma pizza bebemos um bom vinho tinto suave, e conversamos bastante inclusive sobre fetiches que precisariam ser realizados …
ela me contou que nunca tinha feito uma dupla penetração e que toparia sem problema algum, eu disse que tbm nunca tinha participado dessa orgia.
fomos pra casa transamos como de constume aquele sexo quente apaixonado.

logo pelo final da tarde entrei no instagram e comprei um consolo que se encaixava no meu pau e um gel lubrificante que esquentava muito, levei pra nossa casa a noite depois de jatarmos iniciei aquele ritual de todo homem casado fazendo um carinho depois a mão boba foi escorregando e ai ja sabe ne entro logo na xota fazendo uma massagem, fomos pro nosso quarto deitei ela na cama e comecei a masturba ela por alguns minutos depois comecei a chupa o pinguelo dela lentamente queria aproveita cada segundo desse dia fui chupando os labios depois passei a lingua na entrada da buceta e continuei chupando deliciosamente essa buceta raspadinha e quente desci um pouco mais e chupei seu cuzinho nesse momento ela se contorceu toda na cama e pediu pra enfiar tudo, porem me contive e continuei chupando ela, a preta ja estava toda molhada e sedenta por uma pica pedi pra ela aguarda um pouco de

olho fechado e fui ao guarda roupa e peguei o brinquedo que logo cedo tinha comprado, passei bastante gel no brinquedo e coloquei ele na minha pica fico um negocio estranho mais como nunca tinha usado decidir tenta mesmo assim, pedi que ela continuasse de olho fechado abri as pernas dela e comecei a passa o brinquedo na porta do cuzinho dela enquanto minha pica estava com a cabeça a porta da buceta molhada entao comecei a fazer um pouco de força e ela sentiu que tinha algo amais la em baixo continuei forçando ela comecou a rebola e me disse que era o sonho dela fazer uma dp…

nosso brinquedo comeco a entra muito facil no cuzinho dela enquanto meu pau tbm entrava na buceta dela nunca vi ela desse geito estava diferente e continuei o vai e vem ela se torno uma puta que nunca tinha notado que estava la, ela gostou muito de ser penetrada pela minha pica e o consolo gemeu muito quanto mais enterrava as 2 pica ela gemia mais e pedia mais continuei metendo com muita força e ela gemendooo muito ….
ela chegou a ter o orgasmo junto comigo e eu gozei muito na buceta dela passaram alguns minutos ela nao estava saciada me pediu pra troca enfia minha pica no cu e o brinquedo na buceta e assim foi feito transamos muito a noite
fim depois continuo com mais fantasias me desculpem pelos erros ortograficos.

No cuzinho da minha amiga

Olá, sou Maurício (nome fictício) tenho 28 anos, moro na cidade de Juiz de Fora – MG. Tive muitas experiências sexuais na vida, até pq acho sexo muito importante, sempre li esses contos, ficava morrendo de tesão e hoje decidi compartilhar todas as boas histórias pra matar vocês de tesão também rsrs. O que vou narrar hoje aconteceu uns 5 anos atrás.
Eu sempre lidei bem com mulheres, em termos de amizade mesmo, sabe? Então tinha várias amigas que, por serem bonitas, gostosas e até comprometidas, eu nunca sonhei em comer. Eu sempre ajudei elas nas questões de relacionamentos e tudo mais, então lá estava eu, conversando no Whatsapp com uma amiga minha que acabara de terminar o namoro, explicando e falando algumas coisas de como vai passar e ela ia encontrar outro.

Ler maisNo cuzinho da minha amiga