Gostosa da academia

Me chamo Marcos (ficticio) tenho 30 anos sou de Pernambuco, qualquer dúvida só chamar, esse será meu primeiro conto, na época treinava em uma academia próximo a minha casa e um certo dia uma gostosa apareceu na academia muito bem até parecia ter um corpo de panicat, me contentei somente a ficar encarando pois ela era muito na dela, um certó dia achei ela nas redes sociais adicionais e comecei a conversar com ela mas sempre encarava e ficava paquerando, conversa vai é vem, comecei a jogar indiretas e deixar a conversa mais safada e ela foi aceitando, umas duas vezes fui acompanhando ela até sua casa e um certo vez consegui beijar ela e então percebi que ela estava querendo, um certó fds convidei ela pra minha casa e prontamente ela aceitava.

Ler maisGostosa da academia

Surpresinha anal

Eu moro com meus sogros então por volta das 8 horas já estou deitada, nesse dia eu estava com uma baby Doll amarelo e uma cueca preta, eu estava lendo uns contos e histórias eróticas quando meu esposo chegou cheio de fogo e tirou minha cuequinha com as mãos abriu minha bunda grande e começou a lamber meu cu, colocando a língua lá dentro de tirando, enquando lambia meu cuzinho enfiava dois dedos na minha buceta.
Mudamos de posição e por cima dele eu rebolava o pau dele que se encaixa perfeitamente dentro da minha buceta parecia pulsar de tanto tesão. Depois puxamos o colchão de solteiro que usamos no chão pra não fazer barulho ia que não moramos sós, coloquei doja cat pra tocar e ele se deitou no colchão, comecei a sentar no pau dele, aquela rola

Ler maisSurpresinha anal

Sempre sendo a puta que meu marido deseja

Ola, depois de um tempo vim postar algo que aconteceu mês passado .
Fomos visitar um amigo que conhecemos em um site de relacionamentos em uma cidade próximo a Cáceres mt , onde tem um lago azul local de diversão de fim de semana, chegamos ao local estava vazio devido a pandemia mesmo sendo ao ar livre tem limites de frequentadores, alugamos um chalé, e depois de um dia de diversão jantamos e fomos para a beira da piscina porque o calor estava insuportavel , um pouco mais ao lado uma turma de uns 15 homens estavam fumando narguilé , aproveitei para me exibir um pouco , como estava a noite e tinham outras pessoas no local tambem mulheres ao entorno ,puxei propositalmente as cordinhas do bikini que saiu boiando na agua logo alguem viu e falou alguem perdeu isso o comentario foi geral como não vimos ,então mergulhei para

Ler maisSempre sendo a puta que meu marido deseja

Conversa no WhatsApp

Sabe aquele dia em que você trabalhou demais, deitou só pra assistir alguma bobagem na TV e acabou pegando no sono cedo da noite? Eu estava num desses dias. Dormi das 20 h até as 23h mais ou menos. Ao despertar, peguei o celular pra ver o que acontecia no mundo. No WhatsApp, um status que despertou a minha vontade de responder, não apenas pelo conteúdo, mas pelo autor. Um guri “trilegal”, um Cavalheiro, com quem eu conversava há quase seis meses e já tinha saído uma vez (assunto para outra história…hahaha). Abaixo a nossa conversa na íntegra e com os horários, cuja publicação foi devidamente autorizada por ele. Tenho os prints inclusive!

 

Ler maisConversa no WhatsApp

Sexo e Cafezinhho

Toda vida tive um certo tesão por um amigo, mas eu disfarçava até por respeito ao meu marido. Quando esse amigo ia em casa, eu me pegava observando o volume protuberante da sua calça e sentia que ele retribuía olhando meu capuzinho realçado pela malha que eu vestia. Num dia desses ele chegou em casa de surpresa e eu estava limpando a casa numa sugestiva posição, levei um susto quando me virei e ele estava em pe´ na porta da minha casa com aquele volume ainda maior, devia estar de pau duro. Senti minha xoxotinha piscar, mas disfarçamos e fomos tomar um café. Logo que ele foi se embora sentei no sofá e me peguei massageando minha xoxotinha pensando naquele pau.

Ler maisSexo e Cafezinhho

Quebrando tabus…

Me chamo B tenho 46 anos, casado a 18, e adoro uma putaria… Embora tenha uma, sexual bem ativa com minha esposa, estou sempre disposto a trepar com alguma mulher diferente… Já tive várias aventuras, desde a mãe de amigos até mesmo minha cunhadinha casada…. Por duas vezes minha esposa acabou descobrindo, mas me perdoou e tudo voltou ao normal… Ou quase… As coisas mudaram um pouco, após meu último caso descoberto… ( Mas confesso que até gostei da mudança) Sou motorista particular, e geralmente saio com as funcionárias da casa, e não perco a oportunidade de atacar… Em resumo, comecei a trepar com a empregada, uma coroa casada, e muito safada. Mas esse caso contarerei em outra oportunidade… Após minha esposa descobrir essa traição, e me dar um gelo de

Ler maisQuebrando tabus…

A Crente

Dizem as boas bocas que um sexo bem feito é aquele que se faz com o passar dos tempos, tendo varias experiencias até chegar próximo da perfeição do prazer.

Depois de um longo tempo afastado da criação de contos eróticos nessa pandemia, resolvi relatar uma experiência com uma pessoa tímida e recatada do lar. Chamarei essa evangélica de 26 anos de I., sua altura é de 1,55 m, e por ser uma baixinha que se exercita com frequência, seu corpo tem um pequeno formato de violão, toda gostosa com aquela cintura deslumbrante, bunda grande e seios maiores ainda que eu adoro chupar olhando em seus olhos rs.

Ler maisA Crente

Transformei meu marido num corno manso feliz

Olá meus queridos e minhas queridas. Meu nome é Ana, (fictício). Tenho 30 anos, 1.70m, 72kg, me considero uma mulher bonita e bastante atraente, sou casada á 10 anos com um homem fantástico que faz de mim uma mulher muito feliz. Um homem lindo e que deixa qualquer mulher com água na boca. Mas é meu e só meu. Foi o primeiro a comer a minha bucetinha quando eu tinha 17 anos. Mas teve que esperar um ano desde que a gente começou namorando. Não que eu fosse fechada no que diz respeito a sexo, isso eu já me considerava uma expert em alguns assuntos. Desde os meus 11 anos que eu comecei as minhas aventuras em sexo. Não deixava ninguém comer minha bucetinha, mas minha boca fez muitos meninos felizes. Como disse tudo começou quando tinha 11 anos. Uma noite acordei ouvindo meus pais gemendo, e como qualquer menina daquela idade fiquei curiosa. Me levantei da cama e

Ler maisTransformei meu marido num corno manso feliz