Corno

Somos casados a 15 anos , ela é loira baixinha estilo mulherão. Ela levava nosso filho a escola de manhã e buscava depois , até aí tudo normal .
Quando sai de férias eu levei nosso filho a escola e notei que tinha um rapaz que ficou olhando para o carro ,como se tivesse esperando alguém. Chegando em casa perguntei a ela quem era o rapaz que parecia que tava esperando ela , ela deu risada e disse que é pai de um colega do nosso filho , está separado e leva o filho a escola todos os dias e conversam muito , pois ele está desabafando com ela. Isso meu deixou com a pulga atrás da orelha , comecei a observar mais ela , e notava que sempre se arrumava muito pra ir à escola e sempre demorava um pouco e tudo isso foi me deixando com a cabeça a mil imaginando que ela estaria me traindo e isso me deixava com muita raiva e tesão ao mesmo tempo e quando ela chegava eu ia procurar ela é transávamos muito , e eu perguntando se ela tava conversando com amiguinho dela e se ele deu em cima dela e assim gozávamos muito.

Ler maisCorno

Meu marido me apostou e perdeu

Meu nome é Claudia e o fato que vou relatar aconteceu a 5 anos. Na época eu

tinha 32 anos e meu marido, Fábio, 35. Considero-me uma bonita mulher, digamos

agraciada pela natureza: sou uma morena de quadris largos, cintura fina,

coxas bem torneadas, seios médios e uma barriguinha retinha que mantenho a base

de academia. E tudo isso faço questão de mostrar, utilizando roupas que valorizam

ainda mais o meu corpo.

Ler maisMeu marido me apostou e perdeu

Minha prima só quer meu leitinho toda hora

Na verdade ela Ana(50 anos) é a mulher do meu primo Marcos(70anos) eu e ala temos a mesma idade, como o meu primo teve problemas de próstata não ejacula mais e isso deixa a Ana muito louca porque sempre gostou de beber um leitinho, sentir escorrer na sua xoxota, eu e ela tivermos na infância uma aproximação antes de ela conhecer meu primo que vieram a se casar.
Eu fiquei sabendo deste detalhe do leitinho que fazia falta e me acendeu um alerta, certa ocasião numa festa de família depois de tomarmos umas criei coragem e aproveitei que ela estava conversando e comeu bolo mas ficou no canto da boca aquele branquinho, não perdi temo e fui direto com ela, nossa chega estar escorrendo, será que é o que imagino, ela seu atrevido passou a mão e limpou é do bolo não o que você está pensando, mas bem que seria bom

Ler maisMinha prima só quer meu leitinho toda hora

Minha Traiçao

Sempre tive o desejo de ver minha esposa com outro mas ela ja disse nao.
Ela morena 44 anos gostosa seios durinhos nao teve filhos.
Em um dia eu chegando em casa ela estava diferente e disse que queria me contar algo
Pois nao seria justo esconder de mim.
Ela tinha ido ao dentista e no consultorio começou a conversar com um homem mais novo do que eu.
Eu 54 anos e o rapaz 35.
Ele a convidou para um suco ela
Nao devia mas aceitou.
Conversaram e no meio do assunto o rapaz disse ter uma atraçao por casada e ela sem reaçao deixou o papo rolar.
Começei a sentir tesao misturado com ciumes e pedi para continuar.

Ler maisMinha Traiçao

Comi A Namorada Do Amigo

Eu sempre fui muito de sair , da role vários eventos pega várias meninas , tem 27 anos moreno alto , corpo magro mais interessante , em um desses role trombei com meu amigo , Hugo e sua namorada Carolina , morena , cabelo cacheado bunda enorme , sorriso lindo que deixa os homens malucos , nós comprimentamos é ela me deu uma olhada , mais fiquei tranquilo , tomamos umas e outras , bebemos demais meu amigo ficou tonto , eles vieram de uber , então eu ofereci carona , levei eles para casa dele , chegamos ela me pediu ajuda pra leva-lo pro banheiro ai eu voltei para a cozinha e fiquei tomando café enquanto ela dava banho nele , ai quando ela acabou eu ajudei leva ele pro quarto ainda um pouco bêbado , foi a conta e ele dormiu , ela me disse que eu poderia fica tomando café que ela ia toma banho , pegou a toalha e foi pro banheiro , só que deixou a porta um pouco aberta ai eu fiquei olhando aquela

Ler maisComi A Namorada Do Amigo

A putinha de minha cunhada

Olá, Eu sou o Lucas(Nome fictícios, óbvio) e todos os nomes citados aqui serão apenas fictícios para evitar de expor as pessoas que passaram por essa situação.

O que irei relatar aqui, aconteceu comigo a 4 anos atrás quando eu tinha 18 anos, especificadamente, durante o meu aniversário.
O meu irmão, Roberto, trouxe para casa a sua nova namorada; mulher linda, de corpo espelto e sedutor, cabelos encaracolados e pele de um tom de chocolate tão atraente quanto os seus olhos. Possuia um belo e irresistível par de seios de tamanho grandes que deixava os homens de seu bairro rasgando as calças de tesão. A sua bunda não era de esperar menos que tudo isso. Quando ela andava sentia-se o roçar de suas flancas nas roupas. Sempre de peças coladas que dava para se notar ao longe a sua suculenta xoxota apertada ao máximo. O seu nome era Letícia, e ela tinha fama de trepadora na vizinhança do outro lado da cidade.

Ler maisA putinha de minha cunhada

A amiga da minha esposa

Olá, meu nome é Flávio. Sou casado e atualmente também mantenho uma relação extra conjugal com a minha enteada.
Minha esposa não sabe que mantenho essa relação. Essa aventura com a filha dela transformou meu casamento. Vivo com tesão pelas duas. Mas esse conto não é sobre isso.
Em casa, mora eu e minha mulher. Há algumas semanas atrás ela comentou que uma amiga dela havia ficado desempregada, mas que ela tinha recebido uma proposta de emprego na cidade onde moramos.
Minha esposa ofereceu estadia para a amiga. Essa mulher chama se Fernanda, tem uns 30 anos, 1.65, morena, magrinha, seios médios e é muito provocante.

Ler maisA amiga da minha esposa

Florence e o garanhão

A filha do general cavalga a toda velocidade enquanto lágrimas escorrem de seu rosto. Ela estava casada com Bruno apenas cinco meses e tinha acabado de descobrir que ele a traía. A cena não lhe sai da cabeça durante todo o percurso até uma cabana no meio do mato, onde os soldados guardavam seus equipamentos quando faziam exercícios no campo.
A academia estava no regime de férias e só ficara o número de oficiais e soldados suficientes para manterem a rotina. Assim, Florinda sabia que não haveria ninguém por perto que pudesse vê-la em sua infelicidade.
Minutos atrás ele fora até a pousada de dona Helga para encomendar alguns canapés para festinha de inauguração do apartamento que ela e Bruno alugaram no centro de Rezende.

Ler maisFlorence e o garanhão