Minha namorada a dormir pelada e toda arrombada

Oi, sou o Carlos, 30 anos. Este é o meu segundo conto aqui. Como já contei, descobri que minha namorada Isabel me mete chifre com o meu melhor amigo Bruno, que vive comigo. Eles ainda não sabem que eu sei.
O que voou relatar aconteceu hoje. Cheguei a casa mais cedo do trabalho. Ao chegar vi o carro da Isabel parado, significava que ela estava lá.
Encontrei o Bruno que estava a sair. Batemos um papo rápido e ele foi embora.
Fui até ao quarto. Encontrei minha namorada pelada a dormir de bunda para cima sobre a cama. Pernas abertas com vista para a buceta. Meu pau subiu na hora. Fui devagar para não fazer barulho.

Ler maisMinha namorada a dormir pelada e toda arrombada

Minha namorada me trai com meu melhor amigo

Eu me chamo Carlos, 30 anos, sou baixo, mas tenho um corpo malhado. Minha namorada é a Isabel, 27 anos, baixa, seios médios, bunda bem empinada e longos cabelos negros que chegam à bunda.
Eu vivo na Europa, no Luxemburgo, em uma casa pequena com apenas dois quartos, uma sala entre eles, uma cozinha pequena e um banheiro. Vivo junto com o meu melhor amigo, Bruno, 27 anos, alto, magro e com um pinto de uns 18 cm mole. Eu e ele andávamos muitas vezes pelados pela casa, nunca houve pudor ou malícia entre nós. Afinal, nos conhecemos desde criança.

Ler maisMinha namorada me trai com meu melhor amigo

Vale night

Eu e minha esposa somos casados a 18 anos, ela tá com 40, eu com 38, temos uma filha, o sexo entro nós sempre foi muito gostoso, mas a dois anos atrás acabei me envolvendo com outra mulher,casada, esposa de um amigo, enfim ,um rolo danado, minha esposa acabou me perdoando, mas claro que sempre tem aquela mágoa.
Confesso que sempre tive a fantasia de ver ela transando com outro homem, e recentemente uma novela tem retratado uma situação de traição,onde a esposa decide ter um Vale Night. E minha esposa começou a falar que queria um , que seria mais doque justo, afinal eu transei com outra mulher, acredito eu que ela esperava outra reação minha, no dia que ela me disse acabamos transando e falando sobre isso. Eu coloquei ela de 4 e falava, então você quer outro te comendo desse jeito? E ainda brinquei, tudo bem, eu topo, mas o cuzinho é meu, não vai dar pra ninguém, e ela respondeu que se rolasse seria completo, eu gozei naesma hora com um misto de tesão e ciúme.

Ler maisVale night

Corno depois de 30 anos

Um dia lendo um relato de um marido que tinha acompanhado uma transa de sua esposa com outro, percebi que aquilo me deixou com muito tesao.
Comecei a imaginar como seria a minha mulher com outro. Senti um misto de ciúmes mas não sem a reação imediata do cacete duro.
De tanto imaginar, durante uma transa, sugeri a possibilidade dela transar com outro, poderia ser na minha frente ou só me contar antes que iria fazer e depois me contar como foi. Ela rebateu dizendo que não, mas a conversa me deu muito tesao e não aguentando gozei muito gostoso.
Em outras transas toquei novamente no assunto e ela sempre negou. Um dia avancei um pouco mais e pedi para que me chamasse de corno. Ela relutou mas aceitou, chamou de corninho manso, de corno safado e imediatamente inundei sua buceta de porra, tamanho tesao que senti.

Ler maisCorno depois de 30 anos

Corneei meu marido com o amigo dele

Olá, vou fazer um breve relato do que me acontece nesse início de 2020, mais precisamente dia 05/01/2020. Os nomes que postarei aqui serão fictícios por uma questão de sigilo. Me chamo Rosana, sou maranhense apenas de nascimento pois, sempre morei no DF, tenho 39 anos e um corpo bem legal, sempre gostei de malhar, embora esse ano fiquei parada por motivos pessoais. Eu estou muito chateada com meu marido, porque na sexta feira anterior ele havia me mandado tomar no cú na frente de uns amigos nossos e confesso que fiquei arrasada, não gosto de xingamentos, salvo na hora do rala e rola. Fiquei tão magoada que só pensava em trair meu marido, e olha que sou casada a 15 anos e nunca pensei em fazer isso. Então uma amiga me chamou para ir com ela a um forró, e meio sem querer pois estava bem para baixo fui. Estava na minha quando por volta de meia noite vi um amigo de meu marido, fiquei mais de 20 anos sem vê-lo, até que a uns dois fins de semanas atrás o encontrei num barzinho, mas não dei

Ler maisCorneei meu marido com o amigo dele

Mulher Saciada e Corno Feliz

Há cerca de um ano eu conheci uma jovem de 19 no comercio, era vendedora, nome Bruna, seu sorriso era lindo, comprei mais de uma vez só para ser atendido por aquela linda e esquia garota de cabelo encaracolado até próximo a cintura, bunda empinada e durinha e seios médios.
Com as idas fomos ficando mais íntimos e pedi seu wpp, ela me deu e começamos a conversar, descobri que estava noiva e iria casar breve (noivas é um fetiche a parte para mim), ela relutou um pouco, mas a convenci dizendo que todos temos direito a uma despedida de solteiro, mesmo que seja uma despedida particular, se é que me entendem…rsrs.

Ler maisMulher Saciada e Corno Feliz

Meu marido nunca me chupou

Nossos encontros aconteciam quase sempre após o expediente, eram nossas duas horas mágicas.
Nem sempre íamos pro motel, às vezes caminhávamos na praia, como um casal normal, às vezes íamos ao cinema, às vezes ficávamos só na pegação na rua atrás da sua casa…
Não era só sexo, embora o sexo fosse delicioso com a fisioterapeuta.
Ela tem cerca de 1,60m, meio cheinha, mãos delicadas e fortes ao mesmo tempo (de fisioterapeuta, né?), os seios fartos, bem firmes para o volume e sua idade (51), a pele branquinha, cheia de sardas. As costas, que delícia, ela adorava quando eu passava a língua ao longo da coluna, descendo até encontrar seu bumbum avantajado (ela gostava de falar bumbum)…

Ler maisMeu marido nunca me chupou

Conheci no Badoo

O que vou relatar aconteceu de verdade, estava um belo dia navegando na internet e vi o site badoo de relacionamentos, fiz o cadastro e por um tempo só curtia uns perfis e tal, quando de repente uma delas me deu uma boa tarde, Tânia (fictício), um ano mais velha que eu, belo sorriso, corpão, cabelos pretos, abaixo dos ombros, e uma carinha de sapeca.
O tempo foi passando e trocamos WhatsApp, foi a partir daí que nossas conversas tomaram um rumo mais acalorado, trocamos algumas fotos e assuntos mais picantes, o que nos deixava com mais vontade um do outro, até que marcamos um dia para nos encontrarmos, estava super ansioso em conhecer aquela mulher com carinha de sapeca e ver no que ia dar.

Ler maisConheci no Badoo