Minha esposa e o caseiro

Tomei coragem em publicar o que aconteceu ainda esse ano pois venho acompanhando vários contos e decidi compartilhar com vcs.
Em janeiro após vendermos nosso sitio no interior. Minha esposa muito se entristeceu. Pois gosta muito de plantas e animais e isso me incomodou demais.
Minha esposa tem 40 anos. Morena. Um bumbum lindo. Coxas lisas e grossas. Seios médios. Cabelos longos e uma boca linda que é seu cartão de visitas.
Beija como ninguém e tem mãos de fada que leva a loucura em fração de segundos.

Ler maisMinha esposa e o caseiro

Minha empregadinha

Meu nome é Paulo, tenho 34 anos, tenho cabelos pretos, 1.80 e tenho um corpo normal, sou muito bem casado com a Leticia, uma linda mulher com os peitos mais deliciosos que eu já vi, nunca havia traido minha mulher, mas também não sou de ferro. E enfim, nós trabalhamos o dia inteiro, ela trabalha na no interior ao lado da nossa cidade e eu numa empresa aqui msm, por isso nós só nos vemos de noite. Nisso, temos pouco tempo para organizar nossa casa, então contratamos uma moça chamada Ana, eu até então nunca havia visto a Ana, pois quem contratou foi minha mulher e ela vem quando não estamos e quando chegamos já não está mais.

Ler maisMinha empregadinha

Casada safada no acampamento

Tem aquele marido que quer sua mulher bem gostosa e safada incentivando ela a comprar biquinis bem pequenos e a tomar sol para deixar as marquinhas de sol bem chamativas, esquecendo que isso fará com que outros caras se interessem por ela e queiram tirar uma casquinha. Foi o que aconteceu com um coroa de uma cidade do interior da Bahia. A mulher dele, lá pelos 50 anos e branca parecendo uma falsa magra, passou a andar toda animada depois que entrou na academia do bairro, estimulada e paga pelo marido bonzinho, e começou a se ligar mais no corpo e nas roupas e nas redes sociais. E as colegas coroinhas da academia dela, saidinhas, estimulavam essas tendências de curtir a vida. No clube do marido ela ficava o tempo todo pegando uma corzinha com um biquini enfiado e o maridão fingia que não notava os

Ler maisCasada safada no acampamento

Rapidinha com a esposa safada na escada escura

Ontem dia 17 de maio 2019. Quando voltava do mercado com minha esposa, ao chegarmos nas escadas aqui do prédio onde moramos, estava tudo escuro e como aqui no Rio está frio, mal tem gente saindo de casa. Bem ao perceber isso peguei minha esposa a agarrei por trás a virei de frente e beijei com vontade e muita pegada, ela tentou resistir mas não conseguiu, acabou rendendo-se. Coloquei um de seus seios para fora e cai de boca nele, chupava apertava mordia e ela gemia muito, com a outra mão apertava seu rabo gostoso, seu outro seio e cheguei em sua xota e apertei, dedilhei, tirei sua calça e calcinha juntos, chupei muito seu grelo e xota. Depois com meu pau que nem

Ler maisRapidinha com a esposa safada na escada escura

O primeiro múltiplo orgasmo

Eae galera aqui é o Lucas voltei, agora pra contar o dia que fiz a Fernanda ter orgasmos múltiplos . Depois daquele dia tudo mudou, no dia seguinte ela logo de manhã me pediu para comprar camisinhas e anticoncepcional pra ela tomar, ela se liberou ficou mais solta em relação a sexo, vivia querendo saber mais de putaria, então depois de 3 dias eu pensei em deixa-la viciada em mim. Dar orgasmos tão bons a ela, que nunca mais ela iria querer dar pra outro. Pensei isso por que uma mulher tão safada, gostosa pra caralho, e ainda com quase nada de detalhes como estrias (não quero dizer que eu não gosto de mulher que tenha, apenas que ela não tinha, afinal eu atualmente gosto de magra gordinhas, pra mim tanto faz). Então pensei e pesquisei um pouco e achei que ela ia adorar uma massagem no estilo bem provocante. Não sou nenhum profissional mais uma ex me ensinou um pouco, e eu pratiquei bastante com ela.

Ler maisO primeiro múltiplo orgasmo

Dando gostoso para o primo pirocudo

Meu nome fictício é Taina, tenho 22 anos, 1, 57 dr altura, 63 kg, seios grandes, cabelo enrolado, morena, bumbum grandinho. O nome dele fictício é João, alto, moreno, e com uma pica de 25 cm. A uns 5 anos atrás fui a um pagode onde encontrei com ele, me juntei a ele e os amigos e bebemos, um colega dele pediu para ficar cmg e fomos para um rua ao lado, minutos dps meu primo vem e chama para ir embora e eu sem retrucar fui, fomos conversando e ele disse que me achava uma delícia, estranhei, pq nunca vi maldade nele mas deixei p lá e agradeci, chegando na porta de casa ele me segura pelo braço e fala que era louco por mim e me beijou, um beijo delicioso, molhado e cheio de

Ler maisDando gostoso para o primo pirocudo

Saciando a esposa

Estávamos casados há pouco mais de dois anos. Eu com 30, ela com 34. Uma mulher menina de sorriso fácil, tinha 1.58m, branca dos cabelos castanhos, curtos. Seios médios de mamilos rosas, suculentos. Era delicada, quando a colocava para mamar, chupava meu pau com cuidado, não babava muito e tinha medo de levar gozada no rosto. Transávamos muito, eventualmente deixava eu comer seu cuzinho, muito apertadinho, porém aconchegante. O gemido era fácil e provocante. Éramos um casal norma.

Ler maisSaciando a esposa

Uma noite com meu irmão

Tenho 22 anos, tenho 1,68 de altura, seios grandes e uma bunda enorme e sei que sou o sonho de consumo de muitos homens rs. Tu começou quando eu e meu irmão ainda moravamos na casa dos nossos pais. Mesmo morando com nossos pais tinhamos muito pouco contato com eles pois os dois viajam com muita frequência, mas isso não vem ao caso. Eu sempre andei pelada pela casa já como costume pois me sinto mais livre e com isso sempre notei meu irmão olhando para mim, mas certo nós estavamos assistindo um filme juntos e após um tempo ele ficou mais agitado e começou a mexer em sua bermuda por baixo das cobertas. Até que chegou o momento em que ele foi ao banheiro e demorou uns 40 minutos para voltar com isso e já sabia oque estava acontecendo e isso me concedia muito tesão.

Ler maisUma noite com meu irmão