Comi a mãe peituda da minha amiga

Essa história aconteceu agora na pandemia,sou casado,tenho 53 anos,moreno,1,80 de altura,83 kg, não tenho corpo atlético,mas chamo a atenção das tenho vários amigos e em especial um casal gente boa pra caramba,sempre saímos juntos para tomar umas geladas.Depois de uns anos de amizade, acabei conhecendo a mãe dessa nossa amiga,uma senhora de 70 anos,muito bonita,corpo de mulher de 50,bem cuidado e muito elegante.Seu sorriso é lindo,mas sua bunda é gostosa e seus peitões são a minha verdadeira paixão.Grandes e mesmo para sua idade,eles não estavam muito caídos e ainda dava um bom caldo.A encontrei várias vezes em festas e sempre secava seus peitões discretamente,eu sei que ela percebia,mas era muito discreta.Certo dia em casa de férias e a mulher

Ler maisComi a mãe peituda da minha amiga

Fodendo a Coroa Carente

Olá Me chamo Júlio, moro em SP tenho 37 anos e o relato que vou contar aconteceu há 2 anos.

Conheci essa mulher chamada Miriam em um aplicativo de relacionamentos.

Ela é Gordinha, ruiva, seios fartos e uma bunda descomunal, redondinha e de 4 parecia uma lua, 52 anos casada com um senhor de 60 anos e infeliz no casamento pelo fato do marido não atender mais as necessidades sexuais dela.

1 dia de conversa e marcamos de nos encontrar no dia seguinte, ela pediu para eu pegar ela na porta de casa, chegando lá já me esperava no portão junto com sua cunhada (segundo ela para ver meu rosto e anotar a placa do carro), ela estava com um vestido e salto alto o que realçou o tamanho da sua bunda, ali já percebi que me daria MUITO BEM. Ela entrou no carro e partimos para o motel.

Ler maisFodendo a Coroa Carente

A primeira traição de uma esposa fiel

Sou loira beirando os 40, mas com aparência de 20 e poucos, 1.60m e 58kg, siliconada, bunda arrebitada e de coxa grossa, por onde passo chamo a atenção. Casada e feliz no casamento, tenho um bom emprego onde conheci uma pessoa. Trabalho em uma grande empresa de veículos e por força do destino acabei por ser designada a trabalhar com um dos diretores recém-chegados na empresa. Homem maduro, divorciado, na casa dos seus 55 anos, grisalho, alto, um pouco acima do peso e barbudo, não se pode dizer que seja “atraente”, mas tem muito bom papo e isso faz muita diferença. Sabe aquela pessoa que você se identifica logo de cara, almoça junto todos os dias e acaba ficando amigo?

Ler maisA primeira traição de uma esposa fiel

Ray casada 26

Olá sou casado com Ray morena 26 anos, magra peitos durinhos cabelos cacheados tem uma bundinha deliciosa somos casados a 8 anos, nesse tempo todo de casados ela só me deu o cu 2 vezes sempre reclamou que doia muito porque eu tenho um pau de 22cm e grosso, enfim vamos ao conto.
Cheguei em casa as 18 horas era um dia de sexta queria sair tomar umas cervejas e relaxa pois o dia foi estressante, entao chamei Ray pra irmos a um barzinho próximo a nossa casa, chegando lá havia muitos casais e homens solteiros, sentamos em uma mesa, do lado tinha um rapaz moreno forte, uns 1.83 por aí, nesse dia não sonhava no que poderia acontecer enfim bebemos um pouco e do nada falei sobre fantasias na mesa com a Ray que já estava meio embriagada ela disse que tinha alguns fetiches mais que eu não teria coragem de realizar perguntei a ela qual

Ler maisRay casada 26

Suruba pro meu Namorado corninho

Meu namorado Alex convidou 3 amigos para jantar em sua casa, eu como amo provocar meu chifrudo me insinuando para outros homens na sua frente, coloquei um vestido justo, bem decotado, deixando a mostra meus seios fartos, usava uma calcinha fio dental preta que deixava minha bunda mais empinada ainda, quando cheguei em sua casa, já estavam todos lá, Sandro, Luciano, Elias e claro o meu corninho. Logo que cheguei, percebi os olhares daqueles machos, olhavam para o meu corpo como se eu estivesse nua, e Alex percebeu que sua putinha havia despertado o interesse de seus amigos, cumprimentei cada um, com beijos no canto da boca, sentei no sofá, cruzei a pernas, e deixava destacada minhas coxas grossas, começamos a beber, coloquei uma música para animar, comecei a dançar sensualmente, e logo estava todos a minha volta, me roçava em cada um dos amigos do meu homem, eles me

Ler maisSuruba pro meu Namorado corninho

Não tenho motivos pra ser puta. Mas sou

Meu marido me deixou na porta do bar e foi estacionar o carro. Disse para eu ir procurando uma mesa. Quando entrei, já senti vários pares de olhos me comendo… não era um ambiente muito “família”, mas eu adorava aquela sensação de ser desejada por vários machos ao mesmo tempo, por isso insisti tanto para virmos a esse inferninho, mesmo em face da resistência do Jonas.

Não me fiz de rogada… caprichei no rebolado enquanto passava entre os homens… sobraram piadinhas e assovios, mas nenhum teve coragem de dar uma pegadinha. Mais adiante, o pequeno espaço entre a mesa e o canto do balcão estava ocupado por dois rapazes. Um alto e magro, outro mais retaco e forte, jeito de lenhador. Pedi licença, mas não esperei que saíssem… passei entre eles, de costas para o lenhador, cujo volume nada modesto se esfregou na minha bunda, bem em evidência no vestido justinho.

Ler maisNão tenho motivos pra ser puta. Mas sou

Esposa amigo e agiota

Olá, me chamo Pedro e vou contar um fato que me tornou corno para sempre! Namoro com Ana já tem 10 anos, ela tem 26 anos atualmente, desde a época de escola namoramos, ela era virgem quando começamos a namorar. Ela tem um corpo lindo, bunda grande e durinha e pernas grossas, branquinha dos cabelos pretos, peitos médios, 1,70 cm de altura, uma verdadeira cavala .. No quarto ano de namoro começamos a morar juntos na casa dos meus pais, trabalho em uma empresa terceirizada do governo, sou um cara normal 1,77 de altura, moreno claro, dote médio. Depois de um tempo financiamos uma casa e passamos a morar sozinhos, apenas eu trabalhava na época, então as contas sempre estavam no limite, precisava acabar de pagar meus móveis e o carro para não sujar meu nome, e como já tinha um empréstimo no banco, resolvi pedir para o meu melhor amigo de infância, aqui vou chamar ele de

Ler maisEsposa amigo e agiota

O dotado eu e minha esposa

Vou contar uma historia muito gostosa que se passou comigo e minha mulher.nas nossas transas sempre falo que queria ver ela com o cara bem dotado ela ficava louca e gosava rapidinho e eu mais ainda.depois comecei a dar nomes de amigos meus que tinha a chibata grande foi melhor ainda ela urra de prazer .ai foquei em um cara que tem um pau maravilhoso grande grosso e duro como ferro eu mesmo ja vi de perto é um cavalo e ele gosta de mulher casada adora fazer os caras de corno ele é meu amigo de infancia todos na cidade sabem a fama de comedor dele e de seu monumento.ai todas as nossas tranzas eu fala se ela tava imaginando ele fudendo ela ai ela enloquecia nossa era maravilhoso.um dia nois fomos pra uma luarada na praia uns 5 casais e uma mulher sobrando ai perguntaram ela veio com quem .

Ler maisO dotado eu e minha esposa