Realizando desejo de uma velha amiga de infância

Precisamente meu nome é Luis B,( Fítico) pode assim pode me chamar meu conto foi uma história, bem rápida e divertida, tinha uma amiga de infância que gente tinha amizade e sempre ficava aquelas lorotas de adolescente e até uma vez me declarei para ela como namorado e não rolou nada ela se chama Carla ( Fítico) gente tinha amizade e nada mais que isso mas ficou aquele tesão na minha cabeça por vários anos. Passados mais de 20 anos a gente se encontrou no facebook e voltamos a conversar e ela veio reclamar estava sozinha marido tinha abandonado ela e se sentia só fazia 4 anos que ela estava sozinha e ao desespero ela veio declarar estava muito carente e eu sem qualquer

Ler maisRealizando desejo de uma velha amiga de infância

Janaina, Morena Bunduda

Vou fazer um relato de quando eu tinha 21 anos, hoje em dia tenho 30.
Na época eu trabalhava com venda externa, abordávamos pessoas nas ruas para vender nosso produto.
Sou do Rio de Janeiro, Capital, e no dia do ocorrido, eu e minha equipe estávamos numa praça na Zona Sul, quando vejo vindo a caminho de onde estávamos uma senhora de vestidinho florido. Morena com feições de negra, por volta de 1,55 de altura, rosto simpático, parecia ter por volta de 40 anos, cintura razoavelmente fina e um quadril enorme. Meu pau ficou duro na mesma hora, imaginando que a bunda também deveria ser grande. Praticamente pulei na frente de minha colega para poder abordá-la. Tenho 1,80, tenho físico esguio, mas boa postura e musculatura

Ler maisJanaina, Morena Bunduda

Fantasia, vira realidade

Quando comecei a namorar o meu marido eu era muita nova eu tinha catorze anos apenas, meu marido já era bem mais velho que eu com seus vinte anos. Quando começamos a namorar fazia cinco meses que meu pai havia falecido, minha mãe não queria que eu namorasse foi muito complicado no começo, apesar de minha mãe ser contra continuamos a nos encontrar as escondidas, e com o tempo ela teve que aceitar. Victor meu marido começou a frequentar minha casa com a autorização de minha mãe, eu na época era virgem havia já namorado outros meninos, mas não passava de uns beijinhos já com Victor as coisas eram diferentes estávamos indo muito longe ate que aconteceu de eu me entregar a ele perdendo assim a virgindade com quinze anos. Não demorou acabei ficando gravida minha mãe exigiu que nós casássemos e foi que aconteceu, eu com dezesseis anos gravida casei com Victor.

Ler maisFantasia, vira realidade

Dei carona pra velha e ganhei um boquete

Esse conto é real, e é meu primeiro conto espero, que gostem.

Há três meses atrás, sai para trabalhar , peguei meu carro e assim fui para meu trabalho, chegando na minha loja recebi uns serviços e tive que ir ao na cidade vizinha para pegar uns materiais. Entrei no carro e segui para meu destino e nesse dia eu estava com um tesão, sabe aqueles dias que acordamos com tesão, esse era um deles.

Então comecei a pegar a estrada logo no início da descida, ao longe vi que tinha uma senhora aparentando ter uns 65 anos pedindo carona e ninguém parava, isso devia ser umas 9:30 então resolvi parar e perguntei onde ia.

Ler maisDei carona pra velha e ganhei um boquete

O dia que comi a vizinha coroa gorda

O caso que vou contar quando tinha por volta dos 18/19 anos,eu era louco para tentar algo com minha vizinha que tinha por volta dos seus 46 anos mais ou menos,seu marido sempre trabalhava eu ficava sempre desejando ela,até que um dia ela me pediu aquela “ajuda” que ela não estava conseguindo trocar uma lâmpada que tinha queimado,resolvi o problema que ela tinha e disse qualquer coisa era só chamar,
Passando os dias ela me viu e disse que tinha outro problema resolvi,e era no seu quarto.Foi quando ela resolveu tomar uma decisão mais inesperada ela trancou a porta,e eu já estava com o Pal latejando pensando em várias coisas dessa delícia de mulher,ela e eu não pensamos duas vezes quando não deu conta nossas roupas já estavam

Ler maisO dia que comi a vizinha coroa gorda

Um cruzeiro diferente

Olá leitores, o que passo a narrar é real e por isso mesmo, os nomes dos personagens serão trocados. Meu nome é Amauri, tenho 59 anos, sou representante comercial e minha esposa Mary tem os mesmos 59 anos, loira, 1,65 mt de altura, 56 kg bem distribuídos e modéstia parte, muito gostosa, com os seios ainda duros formato de concha, tamanho médio e um quadril bem servido e que sempre chama a atenção dos homens por onde passa. Já tive muito ciúmes ao perceber a cobiça dos tarados de plantão..kkkk sobre a minha esposa, porem, hoje, depois de 36 anos de casados, sinto tesão e até é alvo de minhas fantasias. Temos um casal de filhos e já casados.

Ler maisUm cruzeiro diferente

Esposa chupada por mecânico

Desde que convenci minha esposa, a sermos mais liberais, e safados, temos vividos pequenas aventuras, que nos traz muito prazer e tesão… Somos casados a 18 anos, e nos damos muito bem, na hora do sexo, porém sempre tive alguns desejos e fetiches, que até pouco tempo não tinha coragem de revelar… Minha esposa, é uma morena clara, alta, seios grandes, bunda grande, pernas lisinhas e bem torneadas, uma buceta grande e gulosa, e uma carinha de Santa… Sou moreno alto, magro , piroca grande e grossa… Sempre fui muito safado, adoro uma boa putaria…

Ler maisEsposa chupada por mecânico

A Coroa Sarada Do Prédio

Boa noite… Falando de mim sempre fui bem cuidada… Tenho 46 anos com seios grandes e corpo de fêmea bem atraente… Sou morena com cabelos e olhos negros, 1,62 m e 50 kg gostosa e vegetariana, vejam pelas fotos… São três contos espero, não somente de sacanagem… O primeiro é minha orgia, o segundo o incesto e o terceiro uma surpresa… Sou a Mônica, tenho um casal de filhos, a Luisa e o Gabriel ela de 22 anos e ele com 20… Moramos em um condomínio na Tijuca onde eu diretora de uma multinacional geralmente malho tarde… A academia é terceirizada e sempre tem professores lá dos quais pego quase o mesmo todos os dias, um russo grande chamado Jonas de uns 30 anos bem educado e simpático… E também comigo dois amigos do Gabriel, o Beto e o Guto de seus 24 anos, sempre

Ler maisA Coroa Sarada Do Prédio