Noites maravilhosas São Paulo HOTBAR

Somos do sul eu loira 37 anos muito linda e maridão próximo do 50 muito elegante, sempre vamos a São Paulo para fugir da rotina e curtir umas fantasias.

Bem vamos lá uma noite gostosa em São Paulo nos hospedamos num ótimo hotel em Moema, No hotel nos arrumamos coloquei um vestidinho preto muito sensual curtíssimo com meu salto alto agulha, me perfumei fiquei muito cheirosa, descemos para jantar, jantamos falando bobagens e curtindo a emoção de estar indo curtir algumas deliciosas fantasias .

Saímos do hotel fomos direto HOTBAR lá em Moema mesmo entramos e já fomos dar uma circulada como sempre fazemos rodamos tudo para ver os casais transando e sentir um tesao gostoso.

Ler maisNoites maravilhosas São Paulo HOTBAR

Um casal de 3 ou 4

Uma quase penumbra transformava todas as cores do ambiente num tom de bronze levemente rosado.
E foi nesses tons que eu aos poucos fui identificando as formas, num olhar que vinha desde a janela na parede oposta. Me fixei por alguns segundos nos contornos de Janaina. Deitada de bruços, na beirada da cama de casal próxima à janela, as sombras do quarto valorizavam ainda mais as belas formas de suas curvas. Por instantes aumentei o ritmo dos movimentos da minha mão direita, que me consolava por estar relegado à função de espectador na cena armada na cama de Janaína. Me imaginei deitado sobre ela, me esfregando naquela bunda maravilhosa e, quem sabe, num incontrolável estado de excitação, ela me implorasse para penetrá-la.
Mas Janaina era também uma espectadora e era isso que a excitava. Entre nós dois, sobre a outra metade da cama, Samara, deitada de costas, também completamente nua como todos nós, repetia duas únicas silabas entre gemidos e suspiros: – Ai, Ro.

Ler maisUm casal de 3 ou 4

Eu, minha esposa e um amigo

Minha namorada e eu moramos juntos a quase 2 anos agora. Somos praticamente casados. Ela tem 22 anos e eu 27.

Ela já tinha dito que gostaria de fazer sexo a três com outra mulher ou outro homem. Nunca levamos isso pra frente e ficou por alguns meses só em conversas. Apesar disso, sempre fiquei de pau duro só de imaginar outra mulher. Ela achava injusto se só eu comesse uma amiga dela e ela nada. Eu no começo não queria dividir ela com outro homem primeiro.

Até que um dia, ela de tanto falar, fiquei de saco cheio e falei “Você quer que eu chame um amigo agora?”. Ela não acreditou e disse que eu só falava mas não tinha coragem.

Ler maisEu, minha esposa e um amigo

Obedecendo a Milf e seu namorado

Meu nome é Vitinho, tenho 19 anos, mas meu conto ocorreu quando tinha 14, era magro, sempre fui baixinho, pele bronzeada, cabelo curto.
Quando me mudei para um condomínio, tinha uma vizinha muito gostosa, estilo Milf, deu uns 50 anos, muito bonita, loura, sempre batia punheta pensando nela, ela tinha um namorado bem mais novo de uns 18 anos q as vezes estava pelo condomínio oq me dava mais tesao ainda, ele era lindo, moreno, cabelo curto, magrinho, tanquinho, e um volume na calça hahahah, sempre olhei nunca disfarcei pra nenhum dos dois, e pra quem nao leu meu primeiro conto, sou Bissexual e adoro obedecer.
Num final de semana que meus pais viajaram para minha surpresa ela bateu na minha porta perguntando se eu podia ajudar carregando uns moveis, o namorado dela precisava de ajuda, eu nao era muito forte, mas como moravamos no mesmo andar nao desconfiei.

Ler maisObedecendo a Milf e seu namorado

Os amigos do meu marido

Olá tudo bem? Sou a Débora, casada faz algum tempo, eu e meu marido sempre fomos abertos a novas possibilidades, pra não deixar nossa relação cair na rotina, e nos tornamos um casal liberal, visitamos algumas casas de swing, onde eu me esbaldo de tanto chupar outras rolas e às vezes recebemos alguns homens e mulheres na nossa casa.
Meu aniversário estava chegando e meu maridinho perguntou o que eu gostaria de ganhar de presente, eu não sabia o que dizer disse então que pensaria. Em casa sou acostumada a ficar a vontade, uso roupas curtas, sem sutiã, às vezes sem calcinha, e e certo dia ele ficou de receber uns colegas de trabalho, de um trabalho antigo que estavam de férias na cidade. Eles chegaram, e meu marido me apresentou a eles, se chamavam Luke, Adrian e Cris, nossa era cada homão da porra, grandes fortes, o Luke era bem musculoso, o Adrian era um negão, e o Cris era bem fofinho até, mas muito gato.

Ler maisOs amigos do meu marido

O retorno a Ilhabela

Minha esposa fará 41 anos, Negra, 1,80m, pernas longas e torneadas, seios médios, bunda redondinha, apesar do tamanho dela ela tem uma bucetinha apertadinha…
Anteriormente tínhamos sido convidados a passar um fim de semana na casa de nosso amigo J. em Ilhabela e tinha sido fantástico, nos deixando a vontade para curtir de suas dependências, deixando o convite para quando quiséssemos poderíamos curtir de sua casa, pois o convite havia sido feito.
Estávamos ambos de férias e entramos em contato com J. para saber se aquele convite para sua casa estaria de pé para passarmos uma de semana inteira, na sua casa, levaríamos suprimentos para curtir a semana sem preocupação.
Chegando na casa de J., ficamos surpresos pois estaríamos sozinhos, somente caseiro e empregada para nos atender em caso de necessidade, J. me ligou para informar que estaríamos na casa durante a semana para curtirmos e que eles nos atenderiam da melhor forma a nos deixar a vontade.

Ler maisO retorno a Ilhabela

Meu marido perdeu o poquer

Me chamo Aline, tenho 29 anos, sou branca ruiva (inclusive lá em baixo) sou casada com Kleber a mais de 5 anos. Sempre fomos um casal normal no quesito sexo e nunca havíamos feito nada diferente até que o corno do Kleber fez essa cagada…
Todas semanas Kleber sai com seus amigos às quartas-feiras para uma noitada de pôquer esse grupo de amigos se reúnem a muitos anos e é um grupo que sempre aumenta, hoje eles são em 12 amigos e cada vez o encontro acontece na casa de um do grupo.
Dessa vez, o encontro foi no apartamento de um novato (que eu não conhecia ainda), o nome dele é Max.

Ler maisMeu marido perdeu o poquer