Noite gostosa

Eu tava em casa sábado a noite quando minha amiga começou a me mandar mensagem pelo whats, falando que tava cansada e precisava andar um pouco e eu disse que se ela quisesse a gente poderia dar uma volta. E nesse dia estava chovendo a noite, nada forte. Eu me troquei, coloquei minha blusa de moletom e minha calça de moletom tb e sem nada por baixo … A gente se encontrou na rua, vi ela vindo e estava linda. A mulher é linda, uma negra alta, com o corto todo moldado, seios grandes, bunda tb, toda linda e com uma garrafa de vinho na mão. Ficamos andando um pouco e conversando, até que paramos em frente a um escritório de advogado e sentamos no degrau. Ficamos conversando um pouco mais e bebendo, até que ele agarrou meu braço e deitou sua cabeça em meu ombro, como ela

Ler maisNoite gostosa

A colega de quarto!

Olá , tudo bem?.
Meu nome é Carolina , tenho 18 anos e hoje vim relatar algo que está acontecendo comigo a algum tempo e é bem louco , vamos lá?
Tudo começou quando passei para a faculdade de Direito , fiquei muito feliz , porém eu iria me separar dos meus pais para morar em uma república.
Quando cheguei lá , tive a informação que dividiria um quarto com uma menina e logo pensei “tomara que ela seja legal ” .

Entrei no quarto , era pequeno e tinha duas camas de solteiro separadas , logo arrumei minhas coisas , quando ouço barulho na porta , corro para abrir e me deparo com uma mulher maravilhosa.

Ler maisA colega de quarto!

Fazendo amor com melhor amiga vigem

Bom, por onde começar…. Vamos lá.

Eu e a May éramos amigas de verdade sabe, daquelas que não se desgrudava. Nós estudavamos no mesmo lugar e nos intervalos ela sempre estava com seu violão tocando lindamente, com aqueles cabelos pretos, longos e cacheados, e um corpo lindo, de tirar o fôlego, seios bem redondos e grandes, pele branquinha, boca rosada mais parecia um moranguinho. Eu era magrinha, cabelo curto loiro, cintura bem definida, com um bundão e seios pequenos, e amava cantar…. com esse grude todo um belo dia fui dormir na casa dela, confesso que na minha cabeça eu já tinha planos para aquela noite, eu sabia que ela era virgem e queria deixar ela louca de tesão, mais não sei se ela toparia, nunca havíamos falado disso antes, ela era meio tímida. Tomamos banho juntas e eu não parava de olhar para aquela bunda e aqueles seios lindos e grandes que ela tem, sem falar da bucetinha dela que tinha um clitóris

Ler maisFazendo amor com melhor amiga vigem

Um transa a três; duas amigas e um Japonês

Eu I e ela era G, éramos amigas há muitos anos desde a época de escola fundamental, crescemos juntas, e somos amigas ate hoje. Estudamos juntas por algum tempo no Fernão Dias Paes que fica em Pinheiros em SP, depois ela mudou-se de Colégio e fomos para caminhos diferentes, mas ainda sim, saiamos de vez em quando.
Nessa época eu fazia judô e estava na minha melhor forma física, pois, treinava praticamente todos os dias da semana, treinos de 2 horas diárias, participava de campeonatos adorava aquele universo do esporte. Sobre mim, tenho um tamanho um porte médio 1,61 de altura, sempre fui mais encorpada, como se diz; “ossos largos”. Sempre pratiquei esportes então me acho gostosa na medida certa, nem gorda demais, nem magra demais. Já ouvi até comentários quando criança, que quando crescesse ficaria um “filé” rsrs. Meus lábios são grossos, tenho seios fartos, muita bunda, é redonda, pele clara, olhos castanhos claros para o mel, cabelo cor ruivo natural que eu sempre gostei e acho que combina com meu tom de pele.

Ler maisUm transa a três; duas amigas e um Japonês

Melhor amiga

Ca estava eu, noite de sexta em casa… Sempre fui caseira mas nos ultimos tempos ate eu estava surpresa, nem me lembro como é fazer sexo mais, pior a falta de sexo não nos faz esquecer o quanto é bom, pelo contrario, só aumenta o desejo.
Não estava disposta a sair, porém nada me impede de me divertir sozinha, como uma boa “solteirona” tinha meu consolo e um vibrador. Comecei a procurar por um porno, inacreditável como até pra isso eu era exigente, a minha preferencia sempre foi focada nos pornos mais profissionais, e claro, voltado ao tipo de sexo que eu gosto, selvagem.

Ler maisMelhor amiga

Meu desejo reprimido

Eu sou Aninha [nome fictício], tenho 30 anos e sou casada com uma mulher frígida. Sim, isso mesmo, ela é frigida e nesses 4 anos sempre tivemos graves agraves em nosso relacionamento por conta disso, mas de um tempo para cá resolvi desistir de tentar ter uma vida sexual saudável em nome de tdo que ela representara para mim…
Renata é uma lésbica exemplar- mãe de familia, emprego público… Uma vida estável. Sempre convivi com Renata em situações muito…adversas, e por conta disso nunca havia olhado pra ela com outros olhos, além, claro do fato de sermos, ambas, muito bem casadas.

Ler maisMeu desejo reprimido

Tesão na amiga

Oi, hoje usarei meu nome fictício Jane Doe
Ha mais ou menos um ano minha amiga Ana me fez uma confissão: tinha se descoberto lésbica.
No começo fiquei um pouco assustada, afinal de conta sempre tivemos muita afinidade: trocávamos de roupa uma na frente da outra, etc. Aceitei a notícia da melhor forma possível pois ainda era minha amiga
Mas confesso que depois desse dia nunca mais olhei ela da mesma forma. Todas as vezes que nos encontrávamos eu sentia um tesao inexplicável, minha calcinha ficava molhada e meus peitos viravam pedra. Sempre arrumava uma desculpa para ir lá em casa e passar mais tempo juntas, com desculpa de acontecer alguma coisa. Porém um dia estávamos as duas vendo um filme e bebendo mto, eu já estava alegre demais e não tinha mais vergonha de nada.

Ler maisTesão na amiga

Amiga da Academia

Me chamo Manuela (mudei os nomes para não expor ninguém), tenho 27 anos. Sou gordinha, branca, cabelos longos ondulados e castanhos. Sou bissexual, porém sempre tive relacionamento com homens, normalmente saía com mulheres sem nenhum tipo de compromisso (mas sempre gostei de um pepeca molhadinha). Eu estava feliz com meu relacionamento, namorava com o Ivan, um cara alto de 1,90, branco, todo trabalhado na academia. Me amava muito e fazia tudo por mim. Eu sempre fui gordinha, desde que me entendo por gente. Nunca me preocupei com meu peso, mas como meu namorado era todo sarado decidi malhar.

Ler maisAmiga da Academia