Minha amiga novinha e gostosa

Tenho uma amiga muito gostosa Morena , cor que gosto muito, pele macia, peitos lindos , ótimos pra chupar, olhos lindos, uma bunda muito gostosa, e uma xana magnifica, Faz muitos anos que a conheço, desde que ela era adolescente, cabelos muito lindo tambem, seu nome e mais lindo ainda, Muito gostosa mesmo
Sempre conversamos no whats e nessas conversas sempre rola um clima de sexo ela casou cedo hj tem uns 25 anos.separou por alguns motivos . Sempre tive maior tesão por ela, ja imaginei muitas coisas com ela e toquei varias em sua homenagens, ja trocamos ate algumas fotos.

Ler maisMinha amiga novinha e gostosa

A meiga mas safada

Navegando pelo tinder dei like em uma branquinha linda que vi, o nome dela era Andréia, achei ela de feições meigas, aquilo me deixou intrigado, então rolou um match, começamos a conversar, apesar de ser bem mais nova do quê eu, é o tipo de garota agradável de conversar, conversamos sobre tudo, então as conversas começaram a ganhar um novo rumo……digamos mais apimentado, preferências sexuais, posições, e lugares, e quanto mais conversávamos, mais meu tesão aumentava e meu sangue fervia, como ela mora em outra cidade mais ou menos perto, e como sou casado, preciso sempre de um ótimo álibi para poder dar minhas escapadas, inventei um curso de tiro na cidade onde ela morava, e com o auxilio de um amigo que é gerente do clube, (ele mandou até mensagem de voz) falando sobre o curso.

Ler maisA meiga mas safada

Sarrada no ônibus

Sou Vera, morena do rabetão. Tenho 22 aninhos, curso engenharia civil. Toda noite quando volto da Faculdade tem um cara no ônibus que não tira olho de mim. O ônibus sempre vem lotado. Ele aparenta ter uns 45 anos, cabelo meio grisalho, charmoso. Adoro usar vestidinho soltinho sem sutiã, e de fio dental bem enterradinho no rabetão. Ele sempre desce primeiro que eu. Adoro provocar, fico muito excitada fazendo isso, então decidi provocá-lo.
Numa noite fiquei em pé do lado da cadeira dele, ele perguntou se eu sentar, mas eu disse que não. Quando o ônibus começou a lotar, fiquei bem perto dele e comecei a esfregar a bunda no ombro dele. Depois virei e esfreguei a bucetinha também. Quando olhei, o volume na calca estava enorme, mas já estava perto da parada dele e ele desceu de pau duro.

Ler maisSarrada no ônibus

A Promoter de Vendas

Me chamo Rodrigo, tenho 25 anos e trabalho com cobertura de eventos. Em 2018, eu fui cobrir a Campus Party BA, que ocorreu aqui na minha cidade, Salvador.
Fui com uma equipe de amigos como imprensa e lá tive acesso a praticamente todos os setores do evento.
A produção do evento, responsável também pela alimentação da galera, nos encaminhou para um setor onde poderíamos pegar os crachás que permitiam acesso aos dormitórios, nos deram um montante de fichas de comida e informaram que caso acabasse, era pra buscarmos mais em um certo balcão de vendas.

Ler maisA Promoter de Vendas

Como virei putinha aos 18 anos

Bom… meu nome é Vivian, mas meus amigos me chamam de Vivi, tenho atualmente 21 anos, mas minha vida sexual começou apenas aos 18, sou branca, olhos castanhos voltados pro verde e meus cabelos são bem escuros, 1,60 de altura e 57kg, sobre meu corpo… digamos q sou abençoada kkkkk meus peitos são do tamanho q eu julgo perfeitos, grandes pra caber nas mãos de um homem de vdd e lindos, digasse de passagem, e minha bunda faz qualquer 1 ficar babando

Eu comecei a me tocar muito cedo, antes de dormir eu adorava deslizar meus dedos pela minha xotinha, eu delirava com a sensação, e achava q nd no mundo podia ser melhor do q aquilo, mas nunca coloquei os dedos por medo de sla, meus pais descobrirem ou algo assim, acontece q meus pais nunca se importaram muito cmg, então sempre fui muito largada pro mundo, e me achei sozinha com o tempo, e nesse tempo, toda noite me tocando, e mais tarde

Ler maisComo virei putinha aos 18 anos

Aprontando com muito tesão

Olà me chamo Renata,Sou Morena Jambo,do cabelo liso ate a cintura e preto,corpinho.violao com cinturinha Fina e anca arredondada. Tenho 1,60 de altura,olhos castanhos amendoados,Boca carnuda e peso 55 kg com peitos gostosos e arrebitados. Vou relatar algo que me aconteceu dias atràs que eu nao esperava mas achei delicioso. Minha rotina é it pra faculdade pela manha,depois eu trabalho em casa como design de sobrancelhas e quando me organizo vou a academia do bairro onde mantenho o corpinho em dia. Na segunda feira dessa semana que passou,seguir minha rotina mas faltei a aula por preguiça e assim que acordei estava com um tesão enorme,entrei no banheiro,tirei a roupa,tomei um banho quente e me masturbei com o desodorante simulando um anal,senti o gozo escorrer com o

Ler maisAprontando com muito tesão

As aventuras de Marina na Casa de Praia

Esse conto narra a história de Marina, uma branquinha deliciosa, 1,65m, cabelos longos, uma bunda de dar inveja a qualquer mulher e deixar qualquer homem louco.
Marina atraía a atenção dos homens desde muito novinha. Seios arredondados e durinhos. Quadril e cintura que faziam o contraste perfeito para o seu delicioso rabo empinado que ela adorava exibir. Suas pernas bem torneadas completam o conjunto e pareciam ter sido desenhadas à mão.
Na ocasião dessa aventura Marina tinha um namorado chamado Fernando. Rapaz bonito, 1,77m de altura e alguns anos mais velho do que ela. Morria de ciúmes da gostosa, mas confessa que adorava quando ela chamava a atenção de outros homens na sua frente.

Ler maisAs aventuras de Marina na Casa de Praia

Nos Trilhos do Prazer

Eram meados de 2018, interior de São Paulo, município de Dóis Córregos.
Havia uma velha estação ferroviária, onde raramente se passavam trens de carga, na grande maioria, quilométricos.
Para a molecada da vizinhança, que soltava pipas por lá, era uma verdadeira festa! Pra mim, o maquinista da história, era uma honra!

Quando de longe se ouvia o apito de um trem, a molecada se aglomerava, feito um formigueiro, no cruzamento da rua com a linha férrea; nós éramos ovacionados quando o trem buzinava!
Até aí, normal! Até que, numa sexta-feira, às 8h da manhã, nós vínhamos puxando uma composição de algumas locomotivas com 120 vagões carregados de soja, quando resolvemos parar no pátio daquela estação; eu estava acompanhado de mais dois colegas de jornada.

Ler maisNos Trilhos do Prazer