Comendo a bucetinha gostosa

Me chamo Fast, tenho 30 anos. Baixinha, 1,57. Branquinha e cabelos negros. Cheguei no apartamento que dividia com uma colega do serviço. Naquele dia tinha uma amiga dela esperando por ela no apartamento. Estava deitada no sofá mechendo no telefone.
Disse que essa minha colega deixou ela ficar lá esperando. E perguntou se tinha algum problema ela esperar lá. Eu disse que não. Não tinha problemas.
Deixei ela na sala e fui tomar banho.

Ler maisComendo a bucetinha gostosa

Casada no Tinder

Mariana é uma mulher de 40, bem casada, bonita e bem de vida. Cheinha, quadril largo, bundão , seios fartos. Loira , cheia de tatuagens e com um sorriso perfeito. Seu marido, Lucas é um gato. Juntos há 15 anos, com 2 filhos, ainda tem tesão de sobra. Mas não era o suficiente.
Ficando mais velha, Mari começou à sentir mais tesão . E começou a fantasiar transas com os garotos da academia, rapazes que via na rua…
Em um dia cheio de Tesão, Mari se tocou muito, peladinha na cama, ainda com o vibrador na bucetinha, pegou o celular e criou um perfil no tinder . Fotos bem disfarçadas , escreveu: casada afim de casual e procurou por matches na faixa dos 20 anos. Era uma fantasia. Ela não pensava em seguir adiante. Morreu de tesão olhando as fotos dos gatos sem camisa e imaginando uma foda gostosa.

Ler maisCasada no Tinder

Minha namorada é putinha do meu pai

Olá me chamo Lucas 25 anos , namoro com leticia uma branquinha linda dona de um corpo perfeito , 20 aninhos linda , cheia de tatuagens , adora roupas que valorizam seu corpo etc…
Bom namoramos a cerca de uns 7 meses , ela por ser uma mina linda , vcs sabem que rola varios boatos , que ela é uma puta , que faz programa e etc…
Certo final de semana em um churrasco que estávamos fazendo na minha casa , Leticia usava um short bem curto preto que deixava um pedacinho da bunda amostra, até ae tudo bem só que comecei a prestar atenção que ela pasava várias vezes proximo ao meu pai e ele faltava pular em cima dela , não sei oq deu em mim mas eu estava gostando de vê a cena , o dia foi passando e o clima foi esquentando cada vez mais , até que levantei e fui em direção ao banheiro falando que iria tomar um banho , deixando os dois sozinho , então entrei no banheiro e esperei 1 min , abri a porta devagar e sair bem devagar e fiquei escondido pra vê oq iria acontecer e não deu outra .

Ler maisMinha namorada é putinha do meu pai

Como conheci meu namorado

Meu nome é Salete, tenho 22 anos sou nova mais comecei a trabalhar muito cedo,sou natural de Pindamonhangaba,sai de lá assim que conclui o ensino médio logo conseguiu um emprego em uma grande rede de hipermercado,devido a minha postura e seriedade fui subindo de cargo,e sempre que vai inaugurar uma nova loja lá vou eu, adoro essa parte sempre possibilidades de conhecimentos de lugares e pessoas,minha tia sempre dizia nunca coma a carne onde se ganha o pão (ditado antigo)e eu sempre a ouvi; Não me relacionava com ninguém no trabalho, até que…chegou na nova remessa de funcionários um chamou atenção de cara Daniel vindo do sul ,branco com os olhos não sei se eram azul ou cinza só sei que eram espetaculares a atração foi mutua,mais trabalho é trabalho. Ele sempre dava um jeito que saber sobre mim perguntando tentando aproximação eu por minha vez sempre

Ler maisComo conheci meu namorado

De volta na putaria depois de casada

Olá, chamo C, sou enfermeira, venho de uma família muito humilde. Tenho 30 anos e quando era novinha, sempre fui uma menina muito elegante, a única coisa que não era do meu agrado era as minhas pequenas mamas. Sempre fui uma menina que gostou de vestir caro, e ao fim de dois anos do meu curso, estorei todas as economias que meus pais guardaram para eu me formar. Eu não podia voltar pra casa sem estar formada e acabei por me prostituir para concluir o meu curso, nestes tempos tive todo o tipo de homens no meu apartamento e eles fizeram o que quiseram de mim, fui muito puta mesmo, mas foi por um bem maior e não estou arrependida. Quando concluiu o curso, voltei para casa e nunca mais voltei a prostituir-me, comecei namorando com um menino da minha idade simplesmente maravilhoso, e com uma rola magnífica. Eu quando regressei jurei a mim mesma que mais nenhum homem ia

Ler maisDe volta na putaria depois de casada

A universitária dos sonhos

Essa história é sobre a primeira vez com a minha universitária dos sonhos, aquela que faz qualquer homem ficar louco com aquele corpo real e escultural.

Pois bem, me chamo Marcos (fictício), alto (1,80), 90kg e malhado. Conheci essa mulher gostosa na faculdade, como vim de transferência, fiquei meio perdido no começo, mas me recordo que nos primeiros dias de aula aquela mulher me chamou atenção, pele bem clara, cabelos longos e escuros, 1,70 de altura, deveria pesar uns 50kg, uma bunda “aparentemente” pequena, seios grandes, uma boca carnuda, mas muito tímida, reservada na dela, chamaremos ela de Kátia.

Ler maisA universitária dos sonhos

Aquela foda na praia..

Numa viagem com uma vibe quase perfeita senão perfeita, estávamos na praia, dia lindo, dia gostoso, aproveitando a maresia, entrando no mar e se divertindo. Andando pela areia quente e boa, vimos naquela imensa Costa da praia um lugar isolado, vazio , perfeito para se estar com alguém, nós fomos para lá, e pensamos por que não?
Então você já estava com seu biquíni lindo, exibindo seu corpo esbelto, começamos nos beijos, e você começou a dançar pra mim, rebolava intensamente e sensualmente, eu não me aguentei só de olhar e fiquei te sarrando enquanto você rebolava bem gostoso pra mim. Você descia e subia com sua raba gostosa, meu pau já estava mais duro que qualquer pedra que havia ali, então eu tirei sua calcinha e você incansavelmente rebolava, sua raba virava,parava, rebolava muito no meu pau, cada parada rápida era uma arrepiada no meu corpo todo, estava muito

Ler maisAquela foda na praia..

Rapidinha no carro

Tenho 30 anos e há a quase três anos me relaciono com um homem da mesma idade que eu. Temos algo bem secreto e gostoso rsrs. No inicio, morávamos na mesma cidade, no interior do estado, e pouco tempo ele foi embora pra capital. Mas sempre vem pra cidade, a trabalho e quando dá, a gente acaba se vendo. Nessa ultima vinda dele, eu nem esperava vê-lo, mas acabamos marcando de tentar, pelo menos um boquete no carro. Era uma manha de segunda feira, eu trabalhando normal. Trabalho em um órgão publico do município e o meu cargo tem um horário flexível onde posso sair sempre que eu quiser. (Sempre saí pra ficar com ele rsrs). Ele mandou mensagem que estava vindo me pegar, pra gente dar uma volta. Era por volta das 11hrs da manha. Eu estava de saia, dessas saias secretaria que porem é meu uniforme, não coloquei calcinha e fui somente com um persexy por baixo. Sugeri que ele me

Ler maisRapidinha no carro