De volta na putaria depois de casada

Olá, chamo C, sou enfermeira, venho de uma família muito humilde. Tenho 30 anos e quando era novinha, sempre fui uma menina muito elegante, a única coisa que não era do meu agrado era as minhas pequenas mamas. Sempre fui uma menina que gostou de vestir caro, e ao fim de dois anos do meu curso, estorei todas as economias que meus pais guardaram para eu me formar. Eu não podia voltar pra casa sem estar formada e acabei por me prostituir para concluir o meu curso, nestes tempos tive todo o tipo de homens no meu apartamento e eles fizeram o que quiseram de mim, fui muito puta mesmo, mas foi por um bem maior e não estou arrependida. Quando concluiu o curso, voltei para casa e nunca mais voltei a prostituir-me, comecei namorando com um menino da minha idade simplesmente maravilhoso, e com uma rola magnífica. Eu quando regressei jurei a mim mesma que mais nenhum homem ia

Ler maisDe volta na putaria depois de casada

A universitária dos sonhos

Essa história é sobre a primeira vez com a minha universitária dos sonhos, aquela que faz qualquer homem ficar louco com aquele corpo real e escultural.

Pois bem, me chamo Marcos (fictício), alto (1,80), 90kg e malhado. Conheci essa mulher gostosa na faculdade, como vim de transferência, fiquei meio perdido no começo, mas me recordo que nos primeiros dias de aula aquela mulher me chamou atenção, pele bem clara, cabelos longos e escuros, 1,70 de altura, deveria pesar uns 50kg, uma bunda “aparentemente” pequena, seios grandes, uma boca carnuda, mas muito tímida, reservada na dela, chamaremos ela de Kátia.

Ler maisA universitária dos sonhos

Aquela foda na praia..

Numa viagem com uma vibe quase perfeita senão perfeita, estávamos na praia, dia lindo, dia gostoso, aproveitando a maresia, entrando no mar e se divertindo. Andando pela areia quente e boa, vimos naquela imensa Costa da praia um lugar isolado, vazio , perfeito para se estar com alguém, nós fomos para lá, e pensamos por que não?
Então você já estava com seu biquíni lindo, exibindo seu corpo esbelto, começamos nos beijos, e você começou a dançar pra mim, rebolava intensamente e sensualmente, eu não me aguentei só de olhar e fiquei te sarrando enquanto você rebolava bem gostoso pra mim. Você descia e subia com sua raba gostosa, meu pau já estava mais duro que qualquer pedra que havia ali, então eu tirei sua calcinha e você incansavelmente rebolava, sua raba virava,parava, rebolava muito no meu pau, cada parada rápida era uma arrepiada no meu corpo todo, estava muito

Ler maisAquela foda na praia..

Rapidinha no carro

Tenho 30 anos e há a quase três anos me relaciono com um homem da mesma idade que eu. Temos algo bem secreto e gostoso rsrs. No inicio, morávamos na mesma cidade, no interior do estado, e pouco tempo ele foi embora pra capital. Mas sempre vem pra cidade, a trabalho e quando dá, a gente acaba se vendo. Nessa ultima vinda dele, eu nem esperava vê-lo, mas acabamos marcando de tentar, pelo menos um boquete no carro. Era uma manha de segunda feira, eu trabalhando normal. Trabalho em um órgão publico do município e o meu cargo tem um horário flexível onde posso sair sempre que eu quiser. (Sempre saí pra ficar com ele rsrs). Ele mandou mensagem que estava vindo me pegar, pra gente dar uma volta. Era por volta das 11hrs da manha. Eu estava de saia, dessas saias secretaria que porem é meu uniforme, não coloquei calcinha e fui somente com um persexy por baixo. Sugeri que ele me

Ler maisRapidinha no carro

Encoxada no ônibus

Então pessoal, esse é o meu primeiro conto em toda minha vida, então já vou logo pedindo desculpas se ele ficar chato. Enfim, eu sou um jovem de 22 anos, que me separei semana passada, após 3 anos de relacionamento. Minha namorada nunca quis fazer sexo e eu nunca forcei a barra sobre isso, então até hoje sou virgem.
Como eu já disse, tenho 22 anos, 1.72 de altura, olhos castanhos e meus amigos dizem que tenho cara de empresário ou de nerd. Sou residente de Fortaleza, então ja estou acostumado a ônibus lotados. Atualmente eu estudo na UFC, e é devido a ela que esse conto começou.

Ler maisEncoxada no ônibus

Ele me fez gozar

Olá esse é meu primeiro conto, porém é verdadeiro e aconteceu a duas semanas.
Eu tenho 22 anos, 1,75 e sou gordinha. Moro no interior do Espírito Santo. E hoje vou contar a minha primeira vez com o motoboy. Vamos ao conto…
Eu sempre peço lanche em uma lanchonete aqui da cidade e sempre era o mesmo motoboy, numa dessas entregas ele pegou o meu número e a gente começou a trocar mensagens, e depois de um tempo surgiu a oportunidade de nos encontrarmos pois o pessoal aqui de casa tinha saído e iriam chegar um pouco tarde.

Ler maisEle me fez gozar

Cunhada

Hoje irei contar como tudo começou com minha cunhada .
Minha cunhada se tornou moreninha linda , magrinha , bundinha redonda , foi criando peitões . Sempre vi maldade nela , ela sentava no sofá em frente ao meu com bermudas largas que dava para ver sua calcinha , eu nunca reprimi pq não queria mostrar a todos que estava vendo , ela sempre olhava com sorrisinhos safados , certo dia ela foi além , sentou de shortinho e sem calcinha , pela primeira vez vi aquela bucetinha linda , toda lisinha. Piru ficou super duro , minha vontade era tocar naquela buceta

Ler maisCunhada

Rapidinha com a esposa safada na escada escura

Ontem dia 17 de maio 2019. Quando voltava do mercado com minha esposa, ao chegarmos nas escadas aqui do prédio onde moramos, estava tudo escuro e como aqui no Rio está frio, mal tem gente saindo de casa. Bem ao perceber isso peguei minha esposa a agarrei por trás a virei de frente e beijei com vontade e muita pegada, ela tentou resistir mas não conseguiu, acabou rendendo-se. Coloquei um de seus seios para fora e cai de boca nele, chupava apertava mordia e ela gemia muito, com a outra mão apertava seu rabo gostoso, seu outro seio e cheguei em sua xota e apertei, dedilhei, tirei sua calça e calcinha juntos, chupei muito seu grelo e xota. Depois com meu pau que nem

Ler maisRapidinha com a esposa safada na escada escura