Sendo corno e…gostando

Casei com 25 anos, minha esposa também tinha 25 anos, ela é alta, morena clara, seios grandes e com qualquer caricia eles projetam um bico enorme, ela goza só em mamar os seus seios, tem uma bunda não muito grande, porém muito receptiva, e sua buceta é greluda e volumosa, com uma “testa” que chama atenção até de mulher, ela tem até vergonha, tinha.

Eu tenho um tio, sempre temos um tio, que sempre foi muito tarado nela, na época ele tinha 48 anos, é bem safado e além de ficar “secando” ela quando namorávamos, ainda perguntava se ela era virgem, se nós transávamos, como ela gozava e uma série de perguntas, o que me deixava meio constrangido na época. Nunca pensei em ser corno e morria de ciúmes dela. Minha esposa é de família muito religiosa e conservadora, demoramos muito até irmos pra cama, pois a respeitava e não forçava nada, porém sentia que ela tinha muito tesão com as nossas caricias. Depois que

Ler maisSendo corno e…gostando

Maridão bêbado virou corno

Eu trabalhava numa empresa há pouco tempo, mas já conhecia bem o pessoal do trabalho. Costumava ser sempre convidado às festas e jantares. Como era mais novo, sempre ficava meio de fora das conversas, mas não ligava muito.

Entre o pessoal do trabalho, havia um cara que era um verdadeiro babaca. Sempre arrogante e fazendo graça de todo mundo. Ninguém o aguentava muito, quando rolava festa ou churrasco era pior, pois o cara bebia pra caramba e ficava mais mala ainda. A única vantagem de convidá-lo pra festa era que sua mulher vinha sempre junto. Ana, uma pessoa muito agradável que sempre conversava com todo mundo e era bem simpática. Ela tinha uns 30 e poucos anos, morena, mas com o cabelo bem longo e liso tingido de loiro. Olhos escuros claros, nariz longo e afinado e um belo sorriso que encantava todo mundo. O fato era que todo mundo se perguntava como uma mulher dessas podia estar casada com um cara tão mané. O pior era que ela tinha um corpo bem cuidado, bem bronzeado, com um traseiro firme e empinado e coxas torneadas. Era uma pena, uma mulher assim desperdiçada.

Ler maisMaridão bêbado virou corno

Prima safada queria rola

Me chamo Bruno sou de Londrina no Paraná vou relatar o que aconteceu na sexta-feira  estava na chácara sozinho minha família havia saído quando de repente chega uma prima minha que fazia tempo que eu não via ela é morena alta faz academia tem um corpo muito lindo seios médios bunda grande bem gostosa confesso que já vi uma quedinha por ela e ela por mim desde quando éramos pequenos ela chegou me comprimento perguntou sobre minha família disse que estava sozinho também era para entrar na casa começamos conversar perguntei como estava estava namorando ela disse que havia terminado a pouco tempo eu falei com uma mulher igual ela não ficava sozinha por muito tempo pois era muito linda e gostosa ela dá um sorrisinho malicioso e falou como você sabe que

Ler maisPrima safada queria rola

Roçadas na gostosa

Me chamo Carlos. Sou negro, tenho 1,73, 70 kgs. Tenho 50 anos e desde adolescente, quando comecei a trabalhar, sempre gostei de encoxar na linha Valo Velho-Bandeira ou Bandeira-Terminal Santo Amaro. Encoxei muitas mulheres naqueles tempos. Desde aquela época sempre gostei de encoxar mulheres mais maduras. Talvez por passar uma segurança. Eu achava que as meninas da minha idade poderiam dar problema como por exemplo, um cara que estava encoxando uma mulher nova levou um tapa na cara. Eu nunca tive esse problema porque as mulheres que encoxei sempre retribuíam as encoxadas empinando a bunda e rebolando.

Ler maisRoçadas na gostosa

Transando com minha amiga lésbica

Tenho poucos dias nessa empresa ainda conhecendo alguns colegas de trabalho, fazendo amizades e entre as novas pessoas me encantei por uma garota do mesmo setor com idade de 19 anos, muito linda, toda quieta, tinha cabelos loiros até a altura do ombro, não era nenhuma peituda de bunda grande, era até `magra´, mas me excitava bastante o seu jeito de ser.
Sempre pegamos horas extra, algumas vezes já chegamos a serem os últimos a ir embora era um setor tranquilo no administrativo, nossas mesas ficavam de frente e isso facilitava bastante a troca de diálogo que inclusive descobri que ela gostava de meninas. Não pude acreditar que aquele pedaço de tesão também gostava de chupar uma buceta, mas pensando por esse lado fui ficando com mais tesão, imaginava sempre transando com outra menina.

Ler maisTransando com minha amiga lésbica

Como comecei a transar com minha madrasta

Oi amores, hoje virei contar uma história que chegou até mim, de um seguidor, eu resolvi acreditar nela e contar com mais detalhes para vocês , cheguei a ver as fotos dele com a madrasta e tudo mais e conversas entre os dois… Então vi que era verídico !

Primeiro, me chamo Vanessa tenho 22 anos eu comecei a contar minhas histórias reais de incesto a algum tempo, sou branca, seios médios, magra, olhos castanhos, cabelo preto e liso !
Caso você queira me conhecer, conversar, interagir, ver mais contos , meu in sta gram Bassttiann188 vou adorar interagir com vocês …

Ler maisComo comecei a transar com minha madrasta

Minha sogra é meu sonho.

Me chamo João tenho 35 anos, moreno 1.90 corpo Atlético e sou casado com Maria ela tem 24 anos, branquinha muito atraente amo minha esposa, moramos em uma cidade a 60km da casa dos pais dela, sempre estamos visitando eles nos finais de semana, entao e família se reuniu para alugar uma casa na praia passarmos finais de semanas lá, e assim foi.

O primeiro final de semana estava eu curtindo a casa com minha sogra e as cunhadas fui ao banheiro esvaziar a bexiga me deparei com uma calcinha bastante composta pendurada no gancho de toalha, eu sabia que n era das minhas cunhadas e muito menos da minha esposa por elas serem tão novas n curtiam esses tipos de calcinha, deduzir que seria da minha sogra Malu, mulher de 44 anos, branquinha, peito volumosos, pernas grossas torneadas, olhos claros muito excitante.

Ler maisMinha sogra é meu sonho.

Eu e minha amiga na praia com um negão

Olá Pessoal, tudo bem?
Eu sou Paty e vou relatar, oficialmente, meu primeiro fato picante para vocês.
Eu tenho uma grande amiga, chamada Joyce.
Joyce é uma linda mulher. Cabelos pretos e longos, baixinha como eu, 33 anos, pele branquela, bunda grande, peitos médios, lábios carnudos como os meus e um cheiro de fêmea maravilhoso.

Eu e Joyce, nos conhecemos no ensino médio e por ironia do destino, começamos a trabalhar na mesma empresa.
Na época do ensino médio, nos não éramos tão próximas, mas começamos a ficar próximas quando começamos a trabalhar juntas. Hj, eu não trabalho mais nessa empresa, mas nossa amizade é duradoura.

Ler maisEu e minha amiga na praia com um negão