Casamento indiano

Eu nasci em uma família indiana, lá os casamentos arranjados acontecem muito cedo. Eu me casei muito jovem, com um homem bem mais velho, qual só conheci no dia do casamento. Eu sempre soube que esse seria o meu destino, meus pais me criaram sabendo, então apesar de triste eu não chorava, não reclamava, só seguia o fluxo. Após a cerimônia de casamento ele me pegou pelo braço e fui me levando para cima da casa, onde ficava o quarto de núpcias. Não havíamos trocado uma palavra. Quando entramos ele trancou a porta, se despiu bem na minha frente e eu via claramente aquela rola grossa e dura, quase na altura dos meus olhos, já que ele era bem mais alto que eu. Ele se aproximou e começou a me despir com calma, enquanto ia dizendo: Hoje vou começar a lhe treinar para ser minhas esposa. Vou lhe mostrar como eu gosto que as coisas sejam feitas.

Ler maisCasamento indiano

Minhas esposa, eu e o outro

Esse é um texto que eu escrevi a minha esposa. Nunca pensei em escrever um conto para publicar, mas, sempre gostei de escrever a ela, então, resolvi postar e mostrar os comentários a ela.

Eu tinha saído na sexta depois da 18h, com muita chuva, guardei o celular no porta luvas da moto e fui pra casa, sem contato com você o dia todo.
Ao chegar em casa, todo ensopado e morrendo de tanto frio, entrei e a casa estava silenciosa, fechada e escura, normal para um fim de dia útil de trabalho, mas, tinha uma pequena claridade no nosso quarto, era da luz do banheiro e vinha também um som um tanto familiar, de respiração, suspiro e gemido…

Ler maisMinhas esposa, eu e o outro

A Primeira Vez que Dei Meu Cuzinho

Olá, meu nome é Marisa e tenho 22 anos. Tenho 1,79, sou morena e magra, mas modéstia à parte, tenho uma bela bunda! Meu namorado sempre foi louco para comer meu cuzinho, mas eu nunca tive coragem pois sempre ouví dizer que dái muito. Tenho um amigo muito íntimo, o Beto, que namora a algum tempo a mais do que eu e fui perguntar a ele sobre o assunto. Ele disse que já come o cú da namorada dele a um tempo e que foi aprendendo os macetes. Perguntei se ele não poderia ensinar ao meu namorado, mas ele disse que não tinha intimidade com ele para ensinar, que era melhor que eu mesma ensinasse. Mas eu também não sabia, aí o Beto me propôs uma “aula”. Fiquei me sentindo meio estranha de trair meu namorado com meu melhor amigo, mas tentei pensar nisso de outra forma, e aceitei. A namorada dele tinha viajado, mas como eles moravam juntos, eu fiquei desconfortável de fazer isso na casa

Ler maisA Primeira Vez que Dei Meu Cuzinho

Minha Mulher Sendo Comida por Três Roludos

Um dia fora do normal decidi ir mais cedo para casa, quando sai do elevador do meu prédio ouvi uns gemidos que vinham de minha casa, entrei devagar e percebi que vinha do quarto, a porta estava entreaberta, espreitei e vi que a minha mulher estava a ser comida por um negro ainda por cima meu vizinho, por acaso bem simpático principalmente para a minha mulher.

Os dois estavam deitados em cima da cama, ele em baixo de barriga para cima e ela montada em cima dele com o grande rabo que tem virado para a porta onde estava, gemia que nem uma louca, o negro agarrava o rabo e dava-lhe palmadas, foi assim que comecei a sentir uma tesão enorme.

Ler maisMinha Mulher Sendo Comida por Três Roludos

Chupando o meu Primo Nerd

O que eu vou contar é uma fantasia que eu tenho faz tempo, sou casado , mas faz um tempo que eu estou querendo trepar com um primo nerd solteirão, um dia eu estava sozinho em casa e descobri que meu primo que tem 42 anos tinha chegado em minha cidade , tambem tenho a a mesma idade fiquei com o cú piscando de tesão , fui para o ataque , passei e convidei-o para tomar uma gelada em casa , chegando em casa ficando batendo papo e coloquei um filme porno na tv , e disse que ia tomar banho, no banho eu já estava doido para dar pra ele, mas o medo me dominava,criei coragem e sai pelado dizendo a ele se eu estava com a bunda muito branca e ele meio que assustado disse que sim , muito educado disse para pegar mais sol na bunda , ai eu falei voce gosta de bunda assim ,branquinha

Ler maisChupando o meu Primo Nerd

O dia que finalmente virei corno

Olá, me chamo Marcio e venho contar o dia que finalmente fui corno da minha namorada Valéria. Tenho 27 anos, branco, 1,80, corpo atlético e um dote de 13cm fino. Val tem 30anos, 1,69, magra, branca, seios médios com silicone, bunda médias, toda lisa. Enfim, sempre contei para ela meu grande desejo de ser corno, fantasiamos muito na cama, porém ela sempre deixou claro que nunca faria e muito menos com eu vendo. Isso sempre me deixou chateado, queria muito ver ela dando para uma pau grande e etc, porém tudo mudou quando peguei uma conversa dela no Instagram com um tal de Marcel do trabalho dela, ele cantava ela na caruda e ela não cortava, enfim tivemos uma briga daquelas. Dia seguinte fizemos as pazes e no meio da transa como de costume fantasiando pergunto se ela quer dar para o Marcel, a buceta dela molha na hora e ela diz que sim, gozei em minutos e obviamente depois ela disse

Ler maisO dia que finalmente virei corno

Gozando Muito na sarrada da Safada

O fato que irei relatar desta vez aconteceu quando eu tinha menos idade, eu ainda não havia tido relação com ninguém, então este conto não é para quem gosta apenas de sexo com penetração, pois não terá.

Para quem não se lembra, sou o Cristiano tenho 26 anos, sou moreno 1,82 de altura e 84kg, com físico médio, sou da região metropolitana do Recife-PE, mas na época morávamos em um bairro diferente, eu era mais baixo e mais franzino, focava mais nos estudos tendo poucas experiências com mulheres, na verdade eu era bem tímido e podia contar nas mãos as meninas que já havia beijado, eu estudava a tarde e quando cheguei em casa minha irmã mais velha estava saindo pois estudava a noite e junto com ela algumas colegas, mesmo sendo tímido aquilo me animou todas elas eram além de mais velhas e experientes muito bonitas, lógico que nem deram bola quando passaram por

Ler maisGozando Muito na sarrada da Safada