Fui Encoxada no Villa Mix Goiânia

Pra quem não me conhece , Sou loira, tenho 1,74 de altura, pernas grossas, bunda bem arrebitada , pelinhos loirinhos, boca vocês estão vendo, e que adora tudo relacionado a sexo e principalmente ser encoxada…
Tive e tenho o prazer de manter contato REAL, com alguns amigos daqui, através de emails, conversar através da WEBCAM, e alguns da minha cidade tive o prazer de conhecer e realizar algumas fantasias…
ADORO SER ENCOXADA, este e meu maior fetiche e curto muito ir em shows só pra tal, já marquei com alguns amigos e realizamos algumas loucuras juntos.
Mas como todos, tenho uma vida REAL, Família, Amigos, Colegas de trabalho, hoje estou solteira por opção… mas já fui noiva… Enfim tenho uma vida como qualquer um de vocês… mas tenho minhas taras e fantasias.

Ler maisFui Encoxada no Villa Mix Goiânia

Trocando de marido com amiga safada

Bom estou enviando esse relato erótico pois sempre adorei contos eroticos. Aqui no site andei lendo um conto ilustrado com gifs de sexo e me interessei demais. Enfim tenho uma amiga de colégio que se chama Jessica, estudou comigo e era da turma da praia também. Linda e ousada, usava uns biquínis mínimos, tinha um corpão e toda durinha, os homens babavam.
Ela era cobiçada e motivo de punhetas de vários, inclusive meu irmão, eu sei porque ele ia pra casa com os amigos e eu escutava tudo pela parede do meu quarto, sabia tudo, quem tinha pinto maior, tudo, era coisa de adolescente mesmo rsrsrsrs.

Pois ela me encontrou no Facebook, e fiquei chocada com as fotos dela, estava quase igual depois de trinta anos. E claro com os mesmos biquínis pequenos e malhada, falei pra ela: Você praticamente não envelheceu, ela riu e me disse que eram as aulas de ginastica e a alimentação. Ela me disse que tinha tido um filho e ele morava em Brasília, já formado e ela tinha separado e morava no rio e não mais em São Paulo.

Ler maisTrocando de marido com amiga safada

Fodendo a minha vizinha gorda

Olá galera do site fotos de amadoras; sou um grande fã do site e sempre acompanho conto erotico fodendo minha esposa safada. Hoje trago até vocês o conto erotico comendo vizinha gorda gostosa que adora pica dura. Enfim me chamo Moisés, tenho 40 anos, moro no interior de Goiás, uma cidade muito pequena trabalho de motorista de táxi e como na minha cidade não tem nada pego muitas viagens para cidade maiores pra levar os passageiros em médicos.

Ler maisFodendo a minha vizinha gorda

Lésbicas novinhas curtindo uma tarde de muita putaria

Olá galera, hoje compartilho com vocês meu conto erótico onde curti uma boa tarde de sexo lésbico com uma amiga. Usarei o nome de Milla, adoro ler conto erótico lésbicas e por isso resolvi escrever para compartilhar com vocês as minhas fantasias.

Sou loirinha, tenho 1.53 m de altura, cabelos lisos até os ombros e sou magrinha, seios médios, tenho cara de menininha já aos meus 30 anos, assim sou, nada de mulherão, mas recebo elogios pela minha beleza com frequência.

Ler maisLésbicas novinhas curtindo uma tarde de muita putaria

Putaria com Irmã e esposa safada no swing

Esse conto erótico começa no desejo de ir para casa de praia dos meus pais, em dois casais. Em um final de semana qualquer, minha irmã (42 anos) e seu marido (42 anos), decidiram ir para nossa casa de praia em Barra do Itariri, na linha verde. Eu e minha esposa, nós dois com 31 anos, decidimos ir juntos. Nossa casa é de frente para o mar e em uma praia deserta, logo arrumamos nossas coisas e fomos os quatro para praia. Minha irmã uma loira bem bonita e gostosa, e minha esposa branca e de cabelos pretos também bem bonita e gostosa. Estávamos os quatro bem à vontade, tomando umas cervejinhas e curtindo a praia.

Ler maisPutaria com Irmã e esposa safada no swing

Transando no escurinho da rua com motorista do ônibus

Olá tudo bem, este conto aconteceu ano passado, quando vendi o meu carro e tive que ir para o trabalho de transporte coletivo.

Todos os dias, as 6: 40 da manhã eu pegava o ônibus e retornava para casa as 8: 40, também utilizando o mesmo ônibus. Os motoristas eram diferentes nos turnos que eu pegava. O da manhã de chamava Kleber, um branquinho, que aparentava ter seus 30 a 35 anos. E o da noite era seu Antonio que já era mais idoso, deveria ter entre seus 60 a 63 anos, estava perto de se aposentar.

Eu me chamo Claudia, sou morena, mas agora estou com luzes no cabelo, onde todos me chamam de loira ou galega(risos). Tenho 35 anos, me divorciei faz um ano, tenho quadril largo, seios fartos e uma bunda bem grande.

Ler maisTransando no escurinho da rua com motorista do ônibus

Eu, meu namorado e um garoto de programa

Olá sou a Luanna! 22 anos, não preciso me descrever muito, sim, sou gostosa cuido muito do meu corpo a base de muitos exercícios, boa alimentação e transar bastante com meu namorado(isso ajuda muito! rsrs) estou com meu namorado a 4 anos(desde os 16) e ele foi o primeiro namorado e único homem com quem tive relação sexual, e sou muito fiel a ele, apesar de todas as cantadas que recebo dos homens de todos os tipos, mas sempre permaneço firme e nunca dei atenção! Mas de umas semanas pra ca a gente vem tendo umas fantasias malucas! Vamos lá.

Ler maisEu, meu namorado e um garoto de programa

Dando muito na orgia com 3 travestis

Olá tudo bem? Já falei da minha iniciação na infância e com animais, da minha primeira chupada e sentada em um pau de homem, da primeira vez que um travesti me comeu de quatro e gozou em minhas costas. Venho agora relatar fatos que aconteceram quando tinha mais ou menos 30 anos. Eu estava namorando com uma menina aqui da cidade, mas havia passado a tarde toda de sábado bebendo, cheirando cocaína e enfiando coisas no meu cú. De noite fomos para uma festa no parque de exposições agropecuárias aqui da cidade. Chegando lá arranjei um meio de ir embora.

Ler maisDando muito na orgia com 3 travestis

Minha primeira vez como boneca

Quando eu ainda era adolescente, fui passar as férias na casa de meus tios. Eu e meu primo tivemos de ficar no mesmo quarto e ele não gostou nem um pouco dessa invasão. Ele me tratava mal e fazia questão de mostrar que eu não era bem vindo.
Certo dia, meus tios precisaram viajar e eu senti que teria problemas. Eles iriam passar quatro dias fora e nesse tempo eu ficaria sozinho na casa com meu primo.
Eles viajaram na manhã da quinta-feira e assim que o carro deles desapareceu no horizonte, o meu primo me chamou e falou firme que, se eu não quisesse apanhar, teria que fazer o que ele mandasse, já que a mãe dele não estava mais lá pra me defender.
Eu fiquei calado e fiz que sim com a cabeça.

Ler maisMinha primeira vez como boneca