Orgia no vestiario da empresa

O que vou relatar é um fato verdadeiro ocorrido por volta do fim dos anos 70 ; eu tinha mais ou menos uns vinte anos e trabalhava em uma grande empresa montadora de eletrodomesticos em SP, Um tanto recatado e quieto trabalhava na linha de montagem junto com outros colegas ; até então solteiro em vias de noivar e nunca gostei de muito assunto no trabalho . Os colegas me achavam metido ; porém não era isso eu era e sou muito timido ; trabalhavamos o dia todo e no momento do banho eu esperava que os colegas terminassem a ducha e só ai entao eu usaria o chuveiro para que ninguem pudesse ver meu corpo .

Ler maisOrgia no vestiario da empresa

Voltando com a minha esposa

Olá me chamo rafael (nome fictício).
Ah uns seis meses separei da minha esposa a qual vivia por treze anos .Na época eu 39 ela 30 anos.Ficamos separados por três meses.Um certo dia ela me mandou um watzap dizendo q havia sonhado comigo e que estava muito afim de matar a saudade. Eu q a amo de mais e só estava na punheta topei logo de cara.marcamos p outro dia de manhã.interfonaram no ap dela e ela liberou a minha entrada.Quando la cheguei ela ja estava peladinha.ja grudou na minha língua e nem sei se trancamos a porta do apartamento.Ela só ne disse q naquela hora queria leite na boca e rola no cuzinho.Detalhe ela detestava leite na boca e detestava dar o cu.

Ler maisVoltando com a minha esposa

Chupando meu chefe

Meu nome é Larissa. Tenho 1,50, baixinha, com os cabelos longos. Tudo começou quando conheci aquele que viria a ser meu chefe, moreno alto, careca, olhos claros e barba. A combinação perfeita pra te excitar só de olhar, e isso era o que eu mais fazia, aquele corpo me enlouquecia, ele tem as bolas enormes, aquela pica gostosa marcando na calça, me deixava maluca só de olhar, tirava minha concentração, fico molhada só de lembrar. Papo vai, papo vem, começa a rolar os nudes, aquela pica é mais grossa e gostosa do que eu imaginava. O pau dele todo melado, pingava de tesão por mim

Ler maisChupando meu chefe

Minhas melhores ferias

Bom meu nome é quezia esse é meu primeiro conto e minha aventura mais “ousada” digamos assim ate agora mais depois dessa experiencia eu amei e quero mais ..
Bom vou mi descrever sou branca 1,60 de altura sou magrinha mas com um corpo bonito.
Bom viajei pra uma cidade litoranea com minha irma mais velha para o sul da bahia e fonos passar em torno de 5 dias nessa cidade pra depois voltar a vidinha de sempre e monotona como de costume minha vida sexual nunca foi muito boa ja tive minhas experiencias com ate bastantes rapazes e algumas garotas tambem mais nada si compara com essas minhas ferias.

Ler maisMinhas melhores ferias

Levei a namoradinha pra casa de swing pela primeira vez

Me chamo Higor, tenho 20 anos, e o que vou contar agora aconteceu comigo ontem.
Eu estava em casa entediado, e resolvi ligar para Larissa, (Larissa é a minha namoradinha, não é daqueles namoros sérios, até porque não sou um cara de sentimentos amorosos, eu gosto é de putaria, e ela também! E por isso estamos juntos)
Liguei e pedi pra que ela se arrumasse em 30 minutos que eu passaria em sua casa para buscá-la pra sairmos pra comer alguma coisa e passar o tempo (claro que eu já estava planejando foder ela a noite toda kkkk), quando cheguei em frente a sua casa ela saiu no portão com uma blusinha branca com decote e uma saia jeans(ela tem uns 1,70 m,

Ler maisLevei a namoradinha pra casa de swing pela primeira vez

Fudendo no carro as 2 horas da manhã

Bom meu nome é Carol, esse é o meu primeiro conto, o que vou relatar aqui aconteceu realmente…. A uns 5 anos atrás, quando eu tinha meus 18 aninhos, sempre fui fortinha, pernas grossas, cabelos loiros, olhos verdes e peitos mega grande… Meu pai tinha um pai, eu sempre o ajuda de noite e lá tinha vários cliente homens, mesmo eu sendo gordinha, muitos babavam em cima de mim… Mas eu nunca havia ficado com nenhum deles, até um dia em que sai do bar e fui para a minha casa… Um cliente do meu pai me adicional no Facebook, o Luís, moreno, alto, olhos escuros, gostoso pra caralhooo, me chamou no face, começamos a conversar, papo vai papo vem, o mesmo me

Ler maisFudendo no carro as 2 horas da manhã

E agora? Virei corno?

Havíamos acabado de comprar uma pequena casa em um condomínio em Cabo Frio. Local agradável perto da praia do forte. Era um quase quarteirão inteiro formado por um sistema de ruas internas particulares ao condomínio. Havia uma praça com quadras de peteca, futebol de salão, voleibol e uma piscina.

No segundo fim de semana que fomos para a casa de praia (era assim que nos referíamos a ela), levamos conosco a Mônica, uma prima de Ângela (minha mulher). Uns cinco anos mais nova, e apesar de um pouco mais magra, também era uma mulher muito bonita. Ela era de Belo Horizonte, e vinha nos visitar com alguma frequência. Seu trabalho como advogada de uma rede de agências da Fiat, a trazia sempre ao Rio de Janeiro. Naquele fim de semana, ao caminharem pela praia, realmente chamaram muita a atenção, pela beleza de rosto, pelo corpo que tinham, e pelo charme. Ambas muito alegres, muito falantes e de boa conversa. Carlos, nosso vizinho, que estava junto conosco na

Ler maisE agora? Virei corno?

Virada de ano com putaria

Essa aconteceu essa virada de ano de 2018 para 2019, me chamo Adriano (fictício), como já falei como sou em outro conto, nada corpo atlético, nem pau descomunal, até sou um pouco gordinho, mas vamos ao acontecido. Havia combinado de passar com amigos na praia da Barra da Tijuca aqui no Rio de Janeiro, vim mais cedo para deixar o carro devido a noite ser bem difícil achar vagas. Aos poucos fui recebendo ligações onde alguns colegas estavam desistindo de passar na praia para curtir outros locais, acabou que fiquei sozinho, pensei até em ir para outro lugar, mas como o carro já estava na praia resolvi ir sozinho, levei meu isopor com alguns lanches e suco e fiquei la

Ler maisVirada de ano com putaria