Como virei mulher de bandido

Pensei que certas coisas só aconteciam em filmes, mas essa que passo a contar aconteceu e foi real. Tenho 23 anos, sou estudante de Enfermagem e faço estagio em um Hospital Público aqui em S.Paulo. Sempre fui bastante assediada por homens, mas escolho bem meus parceiros, na escola a maioria dos alunos são gays, e minha turma é formada majoritariamente por mulheres. Em um dos meus plantões de final de semana, recebemos na emergência um homem baleado e todo machucado, cheio de fraturas expostas, ele foi direto para o centro cirurgico onde ficou horas sendo operado por uma equipe, quando finalmente saiu foi transferido para a minha ala, fiquei então sabendo que se tratava de um membro do mundo do crime de alta periculocidade, foi colocado em um leito e algemado a ele, durante o tempo todo que ele ficaria na enfermaria a mesma seria vigiada por dois policiais. Logo que ele entrou, colocamos ele em um quarto individual, as ajudantes de enfermagem foram ver e voltaram soltando risadinhas,

Ler maisComo virei mulher de bandido

Com o melhor amigo do namorado

Esta vai ser a minha primeira história aqui, meu nome é Leonor, Leo para os amigos, tenho 25 anos e sou de Portugal. Todas as minhas histórias são reais a não ser que eu diga o contrário. Sou morena, tenho cabelos castanhos escuros compridos e encaracolados, olhos verdes e algumas sardas no rosto. Tenho 1,65cm. Seios médios, cintura fina e coxas largas. Achei que nada melhor do que começar por contar a minha primeira vez.

Eu tinha 18 anos e praticamente todas as minhas amigas já não eram mais virgens. Era difícil por vezes sentir-me bem com elas quando todas as conversas que nos rodeavam eram sobre sexo e eu não sabia bem sobre o que se estava a falar porque não tinha muita experiência. Eu tinha namorado, chamava-se Alex, já há uns meses que estávamos juntos mas ele estava muito determinado a levar as coisas devagar e não queria avançar mais, houve umas “mãos bobas” ali um, amassos mais intensos acolá mas nunca chegámos muito longe. Eu estava a ficar impaciente mas ao mesmo tempo tinha um certo receio. Todas as minhas amigas diziam que doía imenso e isso me assustava, no entanto a curiosidade era bastante grande.

Ler maisCom o melhor amigo do namorado

Mostrei a calcinha na loja de sapatos

Olá sou a Andreia esposa do Adriano, o meu corninho adora me ver transado com outros homens e como bom corno ele também adora me exibir pois o corno se excita com outros homens me desejando rsrsrsrs o Adriano chegou do trabalho e fez uma proposta que nenhuma mulher recusa, amor quer ganhar um sapato novo? Eu amo sapatos e perguntei oque teria que fazer e o Adriano com um sorriso falou nada de mais, era só ir comprar no shopping mas sem calcinha. Falei que não ia rolar pois estava naqueles dias (menstruada) mas para não desanimar meu maravilhoso corninho resolvi colocar um absorvente interno e ir de calcinha mesmo e meu corninho todo feliz topou

Ler maisMostrei a calcinha na loja de sapatos

Chifre delicioso no namorado

Pois é gente chifrei meu namorado com um menino que trabalha na padaria aqui no bairro, ele é novo no emprego tem uns 2 meses, sempre que ia comprar pão reparava que ele esperava eu virar de costas pra olhar minha bunda kkk, aí comecei a provocar de leve sem os outros perceber é claro, mas ele percebeu e uma vez que fui lá ele puxou assunto, a gente conversou um pouco pq na hora tinha pouca gente, e ele pediu meu numero, aí eu dei e ficamos trocando mensagem, mas eu fiquei ligado pra meu namorado não desconfiar, ele é meio ciumento.

Ler maisChifre delicioso no namorado

Chupei dois policiais para não levar uma multa

Olá sou a Andreia esposa do Adriano, eu e meu marido vivemos um relacionamento aberto onde temos relações com outras pessoas principalmente com outros homens rsrsrs adoro!!! Estávamos passando o final de semana em Campos do Jordão, foi tudo maravilhoso, fomos em lugares muito bonitos e comemos em excelentes restaurantes. Aproveitamos bastante e decidimos voltar de madrugada para casa, na viagem de volta fomos parados por uma viatura da polícia, o policial pediu o documento do carro e a carteira de motorista do Adriano e deu uma volta no carro para ver se estava tudo certo, não sei se foi para o nosso azar ou para a minha sorte rsrsrs uma lanterna traseira estava queimada. O policial falou que ia fazer uma multa e poderíamos seguir viagem, nisso meu lado safada falou

Ler maisChupei dois policiais para não levar uma multa

Provocando o Namorado da Minha Mãe

De camiseta branca, sem sutiã e em baixo apenas de calcinha, eu sai do meu quarto para ir até a cozinha preparar um café. Tentando ser discreta, mas sem sucesso, atravessei a sala de tv em silêncio, pois lá estavam minha mãe e o namorado dela assistindo algum filme, porém ela me flagrou e como sempre chamou minha atenção em voz alta:

– Isso é jeito de se vestir em casa? – Ela perguntou virando o pescoço na minha direção e chamando a atenção do Josias, o namorado dela. Como boa filha, eu respondi:

– Melhor do que na rua! – Mas a dona Jussara não achou graça.

Ler maisProvocando o Namorado da Minha Mãe

Meu namoradinho virou corno e amou Conto Real

Olá me chamo Paulinha tenho 18anos, sou de SP, sou alta, sorriso lindo, seios médios, cabelo longo e castanho claro, branca.. sempre gostei de um corninho manso, vou contar como transformei meu namoradinho em um corninho.

Namorava ele a 1 ano já ele se chama Gabriel na época ele tinha 26 anos , ele trabalhava de fabrica
( Antes de tudo, quando você começar a ler, quero que você imagine que seja você aqui, que seja você meu namorado, e como eu iria te tratar aqui )

Vamos lá !!!

Ler maisMeu namoradinho virou corno e amou Conto Real

Ficando De Quatro pro meu Amigo Virgem

Coisa gostosa foi descer as escadas na chegada do pátio da escola e ver de longe aquele sorriso maravilhoso. Ele era tão lindo! O melhor bom dia que eu poderia receber Veio ao meu encontro todo estiloso, sacudindo a cabeça, jogando o cabelo lisinho pro lado, pra afastá-lo do olho. Ele costumava me esperar todos os dias pra uma rápida partida de tênis de mesa antes da aula.

Branquinho, de olhos claros da cor de folhas secas, Flávio era o tipo de garoto que encantava todas as meninas. A Damiana, a Cíntia, as duas Cláudias: a Gervazo e a Toledo, a Tirza, todas essas e tantas outras o disputavam na escola e vinham até mim e perguntavam por ele, pois éramos amigos íntimos. Eu morria de ciúmes, mas não dava o braço a torcer.

Ler maisFicando De Quatro pro meu Amigo Virgem