Orgia no vestiario da empresa

O que vou relatar é um fato verdadeiro ocorrido por volta do fim dos anos 70 ; eu tinha mais ou menos uns vinte anos e trabalhava em uma grande empresa montadora de eletrodomesticos em SP, Um tanto recatado e quieto trabalhava na linha de montagem junto com outros colegas ; até então solteiro em vias de noivar e nunca gostei de muito assunto no trabalho . Os colegas me achavam metido ; porém não era isso eu era e sou muito timido ; trabalhavamos o dia todo e no momento do banho eu esperava que os colegas terminassem a ducha e só ai entao eu usaria o chuveiro para que ninguem pudesse ver meu corpo .
Eu sentia vergonha do meu corpo pois tinha as nadegas meio volumosas e as mamas de pontiagudas parecendo seios de menina moça.E o pior muito branquinho e desprovido de pelos e o pouco que tinha no orgão genital era bem ralinho e loiro . Da para perceber porque eu não queria me despir na frente dos colegas e ainda tinha um agravante meu penis muito pequeno e que a pele cobria a glande como os pintinhos dos bebes . Certo tarde tinha de sair no horario normal e apressado fui ao banho junto deles ; imaginem a gozação foi grande todos tirando sarro daquilo que viam em mim ; fiquei muito envergonhado mas com uma pontinha de tesão em ver aqueles homens nus na minha presença e digo mais comecei a ter pensamentos estranhos . Dentre eles tinha um colega muito liberal e gozador que vou chama-lo de Pedro ( nome ficticio ) enquanto eu me banhava ele chegou bem perto e sussurrou no meu ouvido : que ele ainda iria me comer .Fiz de conta que não entendi ; terminei o banho ; me sequei e qdo entrei no vestiário estava lá ele totalmente nu fazendo hora a minha espera . Fiquei constrangido com a cena e ele tornou a dizer que eu ainda seria possuido por ele .Disfarçadamente fiquei apreciando aquele lindo penis que não era grande mas não sei porque achei bonito bem torneado lonje de ser igual ao meu fiquei meio ruborizado mas no fundo gostei daquilo . me vesti e fui embora . no dia seguinte nem olhava na cara dele ; mas acho que o Pedro deve ter feito comentário com os outros colegas sobre o ocorrido pois todos faziam questão de passar por mim e sorrir e eu sem saber de nada .Mas aquela imagem do penis do Pedro não saia da minha mente e por incrivel que pareça não via a hora de ir para o

banho .O dia passou a campainha tocou e todos ao banho menos eu pois como de costume ficava por ultimo as razoes vcs já sabem .Bem aos poucos foram saindo do chuveiro e ai adentrei e fui banhar . Dado momento a porta se abriu e lá estava ele o Pedro que esperava por mim .Foi se chegando se despiu e se certificando que não tinha mais ninguém no vestiário entrou no mesmo box junto de mim . Nossa meu coração acelerou senti aquele rapaz homem com desejo sobre meu corpo . eu todo enssaboado ele começou a alisar todo meu corpo com sua mãos assim encaixando seu corpo atraz do meu ; senti aquele membro endurecendo colado na minha bunda . ele me virou de frente e acariciava e chupava minhas mamas pegava em meu pequeno penis que não sei porque ficou menor ainda ; tudo para que eu perdesse a timidez bem acabei ajoelhando e ele levou aquele pinto lindo até minha boca e fui

aceitando tudo porém com muita vergonha mas era aquilo sim que eu queria ver acontecer . Chupei ou mamei muito aquele pau ; até que saimos do banheiro e fomos ao vestiário onde ele fez eu debruçar e ficar de quatro escancarando minha bunda muito branca e deixando meu cuzinho rosadinho só para ele . Passou um creme qq e apontou com muita delicadeza e foi me penetrando bem devagar ; o creme facilitou mas mesmo assim tive de fechar minha boca para não gritar de dor .Até hoje sinto aquilo como um estupro consensual ao mesmo tempo que ele me penetrava tb pegava nas minhas mamas como se fosse seios . olha demorou até que gozou dentro de mim senti aquile semem ainda morno escorrendo pelas minhas pernas que tive de tomar banho de novo ; ele saiu antes de mim . Foi muito bom mesmo doendo muito .
No dia seguinte a vida que segue e por muitas e muitas vezes faziamos sexo no
banho ; parecia uma cadelinha no cio ; viciei . Eu mantinha minha postura normal de homem que era e ainda sou mas gostava de sentir o prazer de ser possuido por ele .Até que em uma tarde em pleno ato no banho os colegas fizeram de conta que sairam porém ficaram escondidos e nos pegaram no flagra em pleno ato sexual que era só nosso . Bom a partir dai virei uma biscate para eles e tive de me dividir entre eles . Eles eram em cinco na sessão e disputavam para ver quem iria me comer naquele dia .Gozado que eu nunca senti vontade possuir um homem , Eu ainda transava com garotas . Larguei minha noiva . Depois essa empresa passou para uma multinacional e todos fomos demitidos ,Nunca mais houve uma nova oportunidade e por eu ser timido não consigo me abrir com nenhum outro homem .Hoje tenho 61 anos mas não esqueço essa passagem e tenho vontade de lembrar tudo isso .

Deixe um comentário

CAPTCHA