Orgia Deliciosa com o amigo do meu marido

Oi esse ? meu primeiro conto, e vou relatar oq realmente aconteceu comigo(Brunna nome fictício) e com um amigo do meu marido (Mateus nome fictício)… Bem tenho 25anos sou baixinha loira, coxas grossas e tenho um corpo bem definido,quando ando na rua todos olham e mexem, sou casada a 6anos mas estamos juntos na verdade a 11anos, meu marido (Vitor nome fictício) tem 28anos e tbm  baixo e tem uma barriga avantajada d cerveja… geralmente o nosso sexo ? muito bom pois quando estamos transando sempre imaginamos um outro macho me fudendo e isso realmente era meu sonho, at? esse dia q vou relatar, mas meu marido gosta apenas d imaginar e n?o consigo ver ele me deixando fuder com outro pois ele ? muito ciumento… Pois bem de uns 2 meses pra ca ele fez amizade um um rapaz q tem uma boca maravilhosa, um sorriso lindo e um corpo que me parece muito apetitoso, sem contar a cara d safado q ele tem e o olhar penetrante,nossa ele realmente me tira o folego, eu poderia ficar olhando o dia todo pra ele sem me

cansar… mas ele tem uma namorada e ? super ciumento com ela tb?m e ela ? super legalzinha… Semana passada Mateus chegou aki em casa procurando meu marido pra chamar ele pra tomar uma cerveja… na hora mandei ele entrar e sentar no sof? pois meu marido tinha ido na casa da m?e dele e n?o ia demorar(mentira eu sabia q ele ia demorar)eu tinha acabado de tomar um banho e d secar meu cabelo, estava com um vestidinho colado bem curtinho preto tipo os que a juju q era do panico usa sabe… enfim sentei numa cadeira q estava na sala d frente pra ele e comecei a encaralo d verdade, nisso eu j? estava todo molhadinha em minha cal?inha minuscula preta, ele realmente me tira o folego mas at? ent?o ele numca tinha tentado e enm demostrado nada, como ele ? muito novo ? um moleque d 18anos na verdade e me pare?e q tem medo do meu marido… pois bem sabia q era agora ou numca cheguei perto dele e o encarei me sentei em seu colo de frente pra ele e na hora ele gelou me perguntando oq eu estava fazendo e foi onde lhe disse Mateus vc realmente ? muito gostoso e eu estou com uma vontade loka de te provar mas vc vai ter q me obedecer e fazer tudo oq eu mandar, nessa hora dei um tapa na cara dele e em seguida o beijei fervorosamente… ele ficou sem saber oq fazer… eu continuei falando, e se vc contar pra algu?m ou pro meu marido eu nego e falo q ? mentira e ainda mando lhe darem um pau d deixar vc roxo… ele nessa hora estava sem cor no rosto, gelado d verdade mas seu cora??o e sua respira??o estava muito acelerados, ele quis argumentar e perguntar d meu marido e eu disse q ele ia demorar… at? ent?o ele estava com as m?o coladas no sof? e eu em cima dele olhando dentro dos seus olhos e aquela boca carnuda me chamando… ele mordia o labio inferior mas n?o se mexia, tive q pegar a m?o dele e direciona-la at? minha coxa… nisso j? senti um volume crescendo sobre meu fio dental… come?ei a beijar e sentir o cheiro do seu pesco?o onde cheguei em seu ouvido e disse bem baixinho q eu queiria ser fodida com for?a sem d? e q era pra ele se controlar pois queria sentir a pica dele por um bom tempo dentro d mim… nisso ele tomou coragem e come?ou a me esfregar em seu pau… passando suas m?os por dentro das minhas coxas e por cima da minha calcinha, colocou meu peitos d fora por cima do vestido mesmo e chupou gostoso nossa nessa hora eu quase gozei eu apertava meu corpo no dele e beijava aquela boca carnuda onde eu mordia e chupava… ele esfregando minha bucetinha por cima da cal?inha q j? estava encharcada… pedi pra ele enfiar dois dedos dentro d mim e meter forte… nossa gente s? d lembrar eu gozo… q sensa??o maravilhosa e a cara dele quando eu pedi… tadinho ? realmente um moleque mesmo mas ele soube enfiar os dedos e mexer gostoso, depois d um tempo puxei a m?o dele e chupei os dois dedos dele sem tirar o olhar dos olhos dele nossa achei q ele ia gozar nessa hora… mas na hora se levantou comigo em seu colo eu com as pernas tran?ada eu seu quadril e ele segurando minha bunda com as duas m?os… nossa meu marido numca me pegou assim pois ele n?o me aguenta… ainda em p? o Mateus ficou me esfregando em seu pau em seguida me jogou no sof? onde fiquei sentada e ele na minha frente come?ou a tirar a cal?a justa q ele estava e colocou a pica pra fora nossa realmente era tudo q eu imaginava… grande, grossa e com umas veias lindas saltadas… nada parecida com a pica do meu marido… nossa n?o me aguentei e j? puxei aquela rola com as minhas m?os e come?ei a chupar q gosto maravilhoso… eu chupava olhando em seu olhos q as vezes ele fechava e abria um pouco a boca soltando um gemido rouco d tanto prazer, chupei e chupei aquela tora dele engolindo cada centimetro dele as vezes at? me dando ansia de t?o grande q era a pica… ele me surpreendeu e me virou com tudo de quatro no sof? com as m?o na guarda e a bunda empinada… ele puxou meus cabelos com sua m?o direita e o enrolou me for?ando a ficar com a cabe?a pra tr?s e com a esquerda foi tirando minha calcinha, ele come?ou a beijar meu pesco?o… nossa foi um susto pois eu queria comandar a festa mas na verdade fui comandada… ele falou em meu ouvido q quem ia obedecer algu?m aki ia ser eu pois n?o era d hoje q ele via meus olhares pra ele e q percebia q eu fica toda sem gra?a quando ele chegava sem contar os suspiro q eu dava… nossa realmente senti um n? dentro d mim, uma mistura d tes?o e medo… ele puxou mais meu cabelo e me deu um tapa forte na bunda onde dei um grito de susto e prazer… nessa hora eu implorei pra ele me comer e ele rindo falou q ele n?o ia me comer ele ia me foder com muita for?a… nossaaaa quase gozei com essas palavras, era tudo oq sempre quis… sem eu esperar ele meteu d uma vez a pica grossa dentro da minha buceta e parou l? dentro d mim, puxando mais meu cabelo e beijando meu pesco?o… nessa hora meu corpo tremeu e eu gozei d verdade… ki maravilha…ele falando em meu ouvido q eu era gostosa pra cacete e q meu marido com o pau pequeno q tem n?o deveria nem me fazer gozar, e que minha buceta j? estava larga d tanto eu fuder com outros… nossa que gozada maravilhosa, realmente numca tinha sentido tanto prazer… e tb?m numca tinha achado nenhuma pica do tamanho da do Mateus… ele esperou um pouco com a pica dentro d mim sentindo meus espasmos d gozo e mordendo minha orelha falou q agora ele ia come?ar a me fuder d verdade… e nisso puxou forte meu cabelo e deu um forte tapa na minha bunda ao mesmo tempo que come?ou a estocada metendo forte dentro d mim tirando e colocando aquela pica grossa… nossa q delicia… sem brincadeira ele meteu acho q e por uns dez minutos sem parar comigo de quatro e no mesmo ritimo q come?ou, forte e r?pido… gente q muleque que sabe meter gostoso hem… nossa eu j? estava indo pra minha terceira gozada quando ele fala em meu ouvido que vai gozar dentro de mim e q vou sentir a porra dele la dentro… nessa hora gozamos juntos… nem com meu marido a onze anos numca gozamos juntos ele sempre goza primeiro… que maravilha que foi essa ultima gozada viu… ele desmorona em cima de mim e ficamos mais uns cinco minutos assim… ele sai de dentro d mim com a pica ainda dura e fala q se eu quiser ainda dava pra mais uma foda… mas nessa brincadeira j? se passaram trinta minutos e meu marido j? ia chegar… ele me levanta do sof? e arruma meus peitos pra dentro do vestido me encarando nos olhos… pega minha cal?inha q estava no ch?o e cheira com os olhos fechado e respira profundamente nela… nossa que vis?o maravilhosa… ele me faz colocar a calcinha e fala sem desviar nosso olhar que n?o ? pra eu me lavar, q ? pra eu sair assim com meu marido, com ele e a namorada dele… eu n?o consigo dizer nada apenas obede?o e ele me d? outro beijo de tirar meu folego me abra?ando forte contra seu corpo e presionando sua ere??o contra minha barriga… Pois ?, ele foi embora antes do meu marido chegar e 30 min depois meu marido chega liga pro Mateus para combinarmos d sair, fomos jantar fora eu toda fodida com a porra do Mateus na minha cal?inha… realmente numca me esquecerei dessa noite e depois disso ainda n?o encontrei com ele novamente mas espero que n?o falte oportunidades…

1 comentário sobre “Orgia Deliciosa com o amigo do meu marido

Deixe um comentário

CAPTCHA