Ensinando ao Sobrinho toda a Putaria

Meu sobrinho passou para a Faculdade no Curso de Administração na Federal e minha irmã que mora em outro estado me pediu para que meu sobrinho vinhesse morar comigo por um ano, no próximo ele iria para uma República.

Me falou por telefone que as despesas dele ela mandaria. Aceitei sem muito entusiasmo.

Moro só e não tenho costume de ter alguém comigo, ele iria mudar a minha rotina. Mas enfim!

Ele chegou no domingo e fui busca-lo na Rodoviária. Me surpreendi, um rapaz de 26 anos, mulato claro como nossa família, alto, sorriso largo, calmo pouco malhado e resolvido com suas malas.

Ler maisEnsinando ao Sobrinho toda a Putaria

Engenheira transando com os peões na obra

Na Espanha tomando um cafezinho num Bar peguei um rapazinho refugiado. Ele sem banho mas com uma rola grossa que me encheu a xota de gozo.

Em Portugal numa praça mirei num homem de gestos europeu e conversamos e fomos num lugar discreto e ele me comeu na xota e no cuzinho. Delícia.

Sou engenheira de 42 anos morena, tipo gostosa, solteira e com tara em homens rudes. Tenho um caso com dois peões da Empresa que trabalho.

Voltei das férias com a xota em brasa doida para dar a eles.

Ler maisEngenheira transando com os peões na obra

Coroa Cachorra Dando a buceta pro novinho

Tenho 41 anos, mulata fogosa, de 1:12 de quadril bem redondo, 1:02 de busto e 88 de cintura, e viçando de tesão.

Me casei cedo aos 23 anos, meu marido faleceu, era mais velho 25 anos. Me deixou bem financeiramente.

Tenho um ano e meio de viuvez, e sinto o corpo pedir o clamor do sexo. Como tenho seios fartos os homens se insinuam querendo mamar.

Ler maisCoroa Cachorra Dando a buceta pro novinho

Comendo o Cuzinho Da Cunhada Ninfetinha

Ola, meu nome é Lourival, o que vou relatar aconteceu a começo do ano de 2012, estou casado a 6 anos e não tenho filhos, minha mulher e do interior de Santa Catarina, e quando casamos ela veio morar comigo em Comburiu, trabalho como engenheiro civil em uma empresa de construção civil, minha esposa é psicóloga e da assessoria a empresas de recrutamento. Na virada do ano 2011 veio passar uns dias em nosso apartamento sua irmã de 14 anos, linda é seu nome, mas na verdade seu nome tinha que ser tesão, porque é um tesão mesmo apesar de pouca idade e uma gostosa, loira, uns peitão que é uma delicia, aquela bundinha empinada e sabe se arrumar pra deixar qualquer homem maluco, muito boa mesmo, mas voltando ao assunto ela veio na virada do ano para ver o show do Michel Telo e já ficou mais alguns da de suas férias escolares para passear na cidade que é linda como minha cunhada. Na segunda feira dia 09 de janeiro minha mulher e minha cunhada queriam ir a praia eu ofereci uma carona para elas, minha cunhada vestiu um biquíni bem pequeno e minha mulher como e muito conservadora disse que era muito pequeno e que ela precisava por outro, e falou pra ela por uns de seus que estavam guardado no closet, ela foi la para trocar e eu estava no banheiro da nossa suíte fazendo a barba que fica dentro do closet . Quando percebi um movimento e achei que era minha esposa e nem dei bola, terminei de me barbear e sai do banheiro apenas de cueca e do de cara com minha cunhada peladinha, que visão realmente era uma delicia, seus peitos era bem empinados e tinha uma bucetinha com uns pelinhos douradinhos. Ela se assustou de minha presença e deu em gritinho colocando a mão na boca. Eu pedi desculpa e entrei no banheiro de novo já com o pinto duro sem tirar do pensamento aquela visão. Como minhas roupas estavam todas no closet, continuava ainda de cueca e derrepente escuto ela me chamar.

Ler maisComendo o Cuzinho Da Cunhada Ninfetinha

Meu Amigo Me Arrombou Todinha

Olá, meu nome é Danielle e o conto que vou narrar abaixo é totalmente verídico. Sou de Campinas, interior de São Paulo. Tenho 1,62 de altura, 50 kg bem distribuídos, cabelos lisos e castanhos com luzes, olhos azuis, peitos grandes, bunda média e coxas bem definidas. Bom, meu melhor amigo, Pedro tem cabelos claros e cacheados, olhos verdes, magro, corpo bem definido e alto, um verdadeiro tesão. Sempre tivemos um relacionamento bem aberto, falavamos sobre tudo um com o outro. E em uma dessas conversas, estavámos falando sobre sexo. Ambos erámos virgens e ele me perguntou: ‘ Dani, com quantas anos você quer transar? ‘ – eu respondi: ‘ Não sei, ‘ ele: ‘ Se eu pudesse hoje mesmo hahahaha ‘ então eu disse: ‘ É, mas eu quero fazer sexo com alguém que eu confie e ame muito. ‘ ele: ‘ Tipo eu? ‘ e eu respondi: ‘ hahahaha é ‘ então conversa vai, conversa vem, Pedro disse: ‘ Vamos fazer um pacto? ‘ eu: ‘ Que tipo de pacto? ‘ ele: ‘ Vamos perder a nossa virgindade aos 16? ‘ eu concordei na hora e então ele selou o nosso pacto com um beijo. E ele beijava bem, e tinha uma pegada… Neste momento, mal sabíamos que iríamos concretizar o pacto muito antes disso…Passaram-se 2 semanas e havia uma festa na casa de um amigo nosso. Eu e Pedro fomos juntos e ele me

Ler maisMeu Amigo Me Arrombou Todinha

Comendo o meu irmão mais novo

Tenho um irmão chamado Sandro, ele tem 18 anos e sempre foi meio gayzinho. Eu sempre fiquei puto com isso porque meus amigos zoavam por causa do jeito dele, e sempre tinha um pra comentar que se ele era, eu também, por isso passei um tempo sem falar com meu irmão.

Eu tenho 25 anos, sou malhado, tenho 1,80 e pareço fisicamente com meu irmão, só que ele é mais baixo e magrinho. Ele tem cabelos lisos cortados arrepiados e é branquinho. Eu confesso que sempre fui um pouco preconceituoso, mas como dizem que os preconceituosos são os que curtem a parada…

Ler maisComendo o meu irmão mais novo

Transando com o sogrão roludo

Estou namorando uma gatinha linda, ela tem 19 aninhos, com um corpinho maravilhoso, peitinho empinadinho e durinho, perninhas grossas e um bumbum de enlouquecer. Sempre que estamos juntos percebo os olhares para ela. Seus pais são pessoas muito agradáveis, especialmente o pai. Ele tem 37 anos, é engenheiro e adora malhar e jogar futebol. Talvez por isso tenha um físico de garotão. Patrícia diz que sempre que estão juntos, todos pensam que são namorados. Sua mãe tem 37 anos e também é lindíssima. Alta, corpo muito bem definido, tipo mulherão de parar o trânsito. Ela é sempre muito gentil comigo. Mas o pai de Patrícia, o seu Marcos, desde que nos conhecemos, pouco tempo depois que comecei a namorar sua filha, passou a me acompanhar todo sábado ao clube para uma pelada. Isso fez com que ficássemos cada vez mais próximos. No início eu estranhava como um cara com 12 anos a mais que eu curtisse minha companhia. Mas não me preocupava com isso, pois ele era um cara muito bacana e sempre conversávamos muito, enfim, nos dávamos muito bem.

Ler maisTransando com o sogrão roludo

Dando uma Rapidinha deliciosa no Elevador

Essa coisa de escrever contos eróticos tem sido algo extremamente interessante. Alguns são fidedignos, outros uma junção de momentos e fantasias.

Seja como for, me obriga a relembrar coisas que há muito não pensava. Como já relatei aqui, perdi minha virgindade com meu primeiro namorado. Ele tinha a minha idade (18) e não era muito experiente. E isso tinha um lado espetacular, estávamos determinados a fazer tudo e em todos os lugares juntos.

Certa feita fomos ao prédio dos meus primos, de onde iriamos depois para a praia. Esse prédio é antigo, da década de 1970. Dentre as características de seu tempo, tinha o elevador, que paraba entre andares e tinha um botão de emergência no painel.

Sexo no elevador era algo que estava no início da nossa “check list”, por ser difícil de fazer sem ser interrompido e pela adrenalina pela possibilidade de sermos surpreendidos.

Ler maisDando uma Rapidinha deliciosa no Elevador