Nosso amigo, meu fetiche

Olá, me chamam de cigana, cigana por ter um espirito livre , onde nunca prendo a fera que existe em mim, bom , sou uma mulher casada , e muito bem casada, amo meu marido e adoramos nós amar fazer sacanagens, nós provocamos muito um ao outro ,na cama a gente libera nossas fantasia ,colocamos outros pessoas na transa ,e é muito maluco porque ele consegue dar uma veracidade a história que tudo no momento parece real, Porém na integra nunca aconteceu pois ele não permitiria me ver transando com outro homem, mas nas nossas brincadeira sempre há um personagem um amigo nosso que se chama joão, um homem de uns 42 anos alto, corpo definido forte , moreno , e

com um volume entre as pernas que não tem como não perceber e ficar babando, o joão frequenta muito a nossa casa, e confesso que ficou cada vez mais difícil encarar ele ,pois ele é o meu fetiche responsável por um tesão louco avassalador que sinto por ele, pedi varias vezes para que meu marido tirasse ele de nossa cama ,pois já não estava mais aguentado de tanta vontade de ser possuída por ele, mas meu marido continua com essa deliciosa e perigosa brincadeira e me deixando cada vez mais louca de desejo por esse homem, O joão chega na minha casa, quando ele chama no portão meu coração dispara meu copro fica tremulo , me exito no ato ,ai meu marido grita dizendo , já vou abrir joão , filho da mãe ele diz isso olhando bem dentro dos meus olhos, ai eu disfarço pra que ele não perceba o

tesão que já estou , Ai, kkkk ele chega por trás de mim faz aquele gesto de homem safado cheira meu pescoço, e diz , deixa eu ver o quanto você já está molhada, e sem que eu tenha tempo de fugir daquela situação ele me prende em seus braços e enfia sua mão dentro da minha calcinha, E lá está a prova do quanto eu serei capaz de me entregar para o joão, meu mel escorre entre minhas pernas , e vejo que isso de certa forma incomoda meu marido, Na verdade isso não é nem um conto, mas um desabafo, quero esse homem ,e ele já começou a perceber o quanto ele me perturba, Sinceramente acho que meu marido quer me ver transando com o amigo dele , só não tem a coragem de me pedir

isso, Humm, mal ele sabe que eu toparia no ato, me entregaria a esse homem com loucura, fantasio chupando aquele pau grande que ele tem, lambendo a cabeça do pau me deliciando toda , hum, quanta vontade , sinto cheiro de macho que ele isala , sinto seu corpo forte me preparando para ser pega por trás , sinto seu pau passando deliciosamente em movimentos delicados na minha bucetinha molhada cheia de tesão se contraindo e chamando por ele , fantasio ele me possuindo já enfiando seu pau dentro de mim me completando por inteira , com sua mãos firmes segurando meu quadril , me possuindo como a um animal, ai que vontade, minha xoxota nesse exato

momento está escorrendo ,******** joão coloca na minha boca , me pega por trás me deixa cavalgar em você sem direção,******E o jõao continua conversando rindo com meu marido, e me olhando discretamente também sedento de vontade de me pegar , ele sente meu cheiro, cheiro de mulher cheiro de fêmea que quer ser possuída por ele, está insuportável ficar no mesmo ambiente que ele e nada posso fazer , estou tão molhada que sinto que meu vestido molhou, E agora como faço para me levantar desse sofá , quero ir para meu quarto pois não aguento mais ,tenho que me tocar, tenho que gozar, Num ato de coragem , e para que os dois veja mesmo, eu me levanto , dou um beijo caloroso e molhado em meu marido, estendo minhas mãos para me despedir do joão , e digo, joão hoje eu não vou me despedir de você com beijinho no rosto, e surpreso ele me pergunta, Porque não cigana, o que foi que eu te

fiz——Nada joão, não me fez nada, ainda,***** e me viro, faço questão de parar de costas para os dois, para que eles percebam o meu vestido molhado de tesão, Meu marido , há meu marido , sempre testando meus limites, disse ironicamente , amor seu vestido está molhado sentou em alguma coisa , e se molhou, Calmamente eu me virei pra ele , e disse , ainda não amor, Boa noite vou me deitar, Senti o olhar daqueles homens passeando no meu corpo enquanto caminhava para meu quarto, Bom, meu recado está dado , louca de vontade , fui para meu quarto me despi, e me amei loucamente sem me importar com eles , se vão escutar meus gemido de prazer ou não, precisava colocar aquele tesão pra fora, acariciava minha bucetinha , meu grelinho louco de tesão latejava , minhas mãos

passeia sobre meu corpo acaricia minhas coxas meladas com meu mel, meus seios cheios de prazer sedentos para serem sugados, estou completamente tomada pelo desejo, completamente descontrolada , pronunciando o nome daquele homem sem que eu mesma perceba, João,*** João*** hum joão, me pega me possui , me coma , coloca todo esse pau dentro de mim, me deixa gozar na sua boca joão, a joão ai que gostoso coloca na minha boca, vem*** põe na minha boca seu pau põe, Hummmm João que pau gostoso, ai joão assim mais forte vai , vai me come ai tesão ************Ai tesão, e nessa hora eu solto um gemido avassalador , E com essas palavras eu digo, Toma*** toma*** toma João é todo seu, toma meu mel, Eu tinha acabado de dar o meu gozo todinho para aquele homem,,,,,,,,E quando olho para porta do quarto , lá estava o meu marido, observando toda aquela cena,,,, I em meios delírios ainda , voltando ainda daquela viajem, confesso ,***fiquei um tanto quanto desconsertada e sem graça ,por ele está ali naquele momento,,,,,Não sei onde essa historia vai nos levar ainda, mas se eu tiver a oportunidade volto para contar o desfecho, Só sei que preciso mesmo ser possuída por esse homem. beijosss;

Deixe um comentário

CAPTCHA