Gozando muito no ônibus lotado

Meu nome é Nathalie, moro em Copacabana, tenho 25 anos, sou morena de praia, cabelo longo bem preto e franjinha. Sou o tipo bem carioca: pernão malhado, bundão e cinturinha! Tenho os seios médios, bem redondos e empinados. Ah! E é lógico que adoro praia…

Uma das minhas maiores fantasias é ser bolinada dentro de um ônibus lotado! Então, quando estou na seca, coloco uma roupinha bem de periguete, saia bem curta, uma calcinha minúscula, uma blusinha “tomara que caia” que deixa bem à mostra as minhas marquinhas de biquíni e pego algum ônibus coletivo bem cheio! Só ando cheirosa e raspadinha, pois sou tarada, ninfomaníaca mesmo… E nunca se sabe quando pode acontecer uma transa casual!

Então, por volta das cinco e meia da tarde, eu subi em um coletivo que já estava meio cheio. Parei ao lado de um rapaz um pouco mais alto do que eu e dei uma olhada pra ele. Ele correspondeu imediatamente me secando de cima a baixo. Passamos por mais alguns pontos e logo o ônibus já estava totalmente lotado, afinal era o horário do pessoal sair do trabalho. O rapaz, espertinho, sacando meu jeito de piranha, foi se chegando até ficar atrás de mim. Então começamos um “roça-roça” embalado pelo chacoalar do busão! Nessa hora eu senti seu membro, que estava colado no meu rabão, ir crescendo e ganhar tamanho de um mastro de responsa!

Seu pau já estava duro como uma pedra e eu achando aquilo tudo uma delícia! De repente, senti sua mãozona acariciando minha coxa e senti a calcinha ensopar na hora!!! Nossa! Que tesão que me deu!!! No balanço do ônibus, ele ia roçando em mim e dava pra perceber cada vez melhor o tamanhão daquele pênis. Eu estava doida, imaginando aquele pau me preenchendo, que delícia seria transar com ele ali mesmo, de quatro, no chão sujo daquele busão, trepando igual a dois cachorros no cio e na frente de todos! Eu pensava como isso seria gostoso e aquela cena que eu imaginava me deixava cada vez mais molhadinha.

A mão dele passou pra minha bunda, dando um beliscão delicioso… Devagar, ele pegou minha calcinha pequenina, colocou de ladinho e enfiou um dedo com tudo em minha bucetinha raspada e lisinha que já estava mergulhada na minha excitação… Revirei os olhos de tanto tesão! Ele começou um movimento de vai e vem e minhas pernas foram ficando bambas. Nisso, ele começou a sussurrar sacanagens no meu ouvido, me chamando de vadia e de gostosa ao mesmo tempo! Uma loucura!!! Eu empinava minha bunda pra facilitar a masturbação, mas talvez nem fosse necessário, de tão molhada que eu estava o dedo entrava e saia facilmente.

Senti dois dedos me invadirem e em seguida, o polegar dele entrou no meu cuzinho que também já estava piscando… Nessa hora, eu não quis nem saber da senhora sentada na nossa frente, que parecia já ter percebido nossa sacanagem, coloquei minha mão pra trás segurando naquela caceta e comecei a punhetar o rapaz por cima da bermuda sem nenhum pudor. Nossa! Gozei na hora, com o ônibus lotado e nem me importei se alguém viu a cena! Mas acho que ele gozou também!!! Depois que ele me viu gozar, tirou os dedos de dentro de mim e chupou, dizendo que meu sabor era delicioso e que eu precisava provar o dele. Senti a buceta latejar de novo, louca de vontade de ter aquele pauzão me preenchendo…

Trocamos mais alguns olhares sacanas e ele desceu logo depois. Eu desci uns dois pontos mais pra frente, satisfeita por ter chegado ao orgasmo, mas querendo uma pica de verdade dentro de mim. Atravessei a rua e fui pra parada de ônibus esperar que na volta pra casa eu encontrasse alguém pra me fazer gozar no ônibus de novo!

8 comentários sobre “Gozando muito no ônibus lotado

  1. Kd vc
    Sou do rj também
    Vamos marcar uma viagem gostosa e prazerosa
    Os vccccccccccc
    Email
    so tem elite @ hot mail . Com
    (Tudo junto)

    Poxa Vc relata é some.. n deixa um contato.. n da uma dica 🙁

Deixe um comentário

CAPTCHA