Dominando o casal na casa de Swing

Olá gente sou eu de novo Jeniffer professora mulata de 32 anos,Cabelos cumpridos Bumbum arrebitado além de ter um bom par de coxas.Gosto muito de fazer gozar e gozar gostoso.
Estava em Minas gerais com uma amiga Chamada Larissa ela me apresentou os lugares turísticos da cidade,depois acabamos indo pra uma casa de swing ficamos lá conversando até dar tarde da noite, ela foi embora enquanto eu fiquei conversando com os casais.
Sou fã de casas de Swing indo em diversas em muitas cidades, Estava batendo papo até que começo a conversar com Juliana loira de 26 anos casada com William de 27 ele era um negro não era sarado nem nada mais tinha um ótimo corpo físico.

Ler maisDominando o casal na casa de Swing

Chupamos o entregador do iFood

Num Sábado destes a Flávia me chamou para bebermos em sua casa, ela estava aproveitando que ela estava sozinha em casa, Alcides estava viajando a trabalho. Neste dia rimos demais contando nossas peraltices. Só que gente, com Flávia é impossível ficar só nisso. Olha, com toda certeza do mundo eu posso falar que eu conheci alguém pior do que eu no quesito safadeza com outros homens.

Já havíamos bebido bastante, ou seja, já estávamos bem alegrinhas e soltinhas quando do nada uma moto parou na frente da casa e buzinou.

– Chegou! – disse a Flávia, mas eu nem sabia que ela havia convidado alguém ou pedido algo, sei lá. Flávia que usava uma camisola curtinha voltou-se para mim e disse – Me ajuda a pegar uns salgados que pedi? Precisamos comer algo também.

Ler maisChupamos o entregador do iFood

Priminha Fernanda

Estou, eu Edu, morando em SP há alguns anos. Fui criado com a Fernanda, minha prima, pois morávamos em casas no mesmo terreno. Na adolescência tivemos muitos encontros sexuais enquanto nossos pais trabalhavam. Fernanda e eu íamos pro quarto para bater punheta e tocar siririca completamente nus, um para o outro.
Agora, Fê precisa de mim. Vem pra SP para tentar nova vida.
Desistiu do marido que achava ela uma puta de tanto sexo que ela queria.
Ela veio num sábado com suas malas. Tivemos que correr no comércio providenciar uma cama, armário e outras coisas.

Ler maisPriminha Fernanda

Pegando a Morena da Raba Gostosa

Não sou uma pessoa que vai muito a praia, porém quando vou sozinho reparo que cada vez as mulheres tem uma bunda mais linda que as outras. Na minha ultima ida repaarei numa morena muito gostosa com uma bela de uma bunda que engolia o mine biquine que usava deixando aquela obra de arte da natureza a mostra. Porém fiquei na minha dando rápidas olhadas para ela que se mostrava linda por inteiro, mas com uma bunda se sobressaindo ao resto do belo corpo. Mais tarde fui ao quiosque próximo comprar uma água e quem encontro a delicia cor de chocolate que eu vinha observando de longe.

Ler maisPegando a Morena da Raba Gostosa

Encoxada marcada

Olá amigos, meu nome é Jones, sou do RJ. Sempre fui fã da arte de encoxar mulheres consensualmente em transportes ou shows.. até que um dia no site de contos “eu confesso adultos” narrei uma história que tinha acontecido comigo, no final do texto deixei meu email caso algum mulher quisesse entrar contato. Dito e feito. Depois de alguns dias uma menina/mulher de 22 anos que chamarei de Raquel veio falar comigo que tinha interesse em encoxadas e que ja tinha acontecido situações com ela. Marcamos para semana seguinte devido aos horários de trabalho e faculdade de ambos.

Marcamos no BRT na estacão alvorada ansiedade tomava conta aquele misto de medo e tesão ao mesmo tempo, ainda não tinha visto fotos delas mas sempre conversamos bem pelo zap foi tranquilo de encontra-la combinamos próximo a roleta de entrada, chegando na hora fiquei um pouco receioso pois ela parecia ter menos idade mas uma jovem bonita e doce.. conversando mais um pouco e aguardando o busão n°18 mato alto fiquei mais tranquilo, ela é branquinha baixinha , magra, bundinha pequena mas redonda e empinada, seios grandes e cabelo até as costas.

Ler maisEncoxada marcada

Comendo minha empregada casada

Me chamo João Paulo mas meus amigos me chamam de JP ,estou com 63 anos e me sinto ótimo , sou careca então uso raspar bem a cabeça , tenho 1,77 e peso 75 kg , não tenho vícios e cuido da minha saúde , faço caminhada todos os dias , sou aposentado e também tenho 7 quitinetes de aluguel , sempre fui pervertido na hora do sexo ,sou viúvo há 2 anos, minha esposa me satisfazia na cama pois era um fogo só aquela mulher , bem o fato é que minha perversão sexual aconteceu depois de minha mãe se separar do meu pai e com dois filhos se amontoou com outro homem , eu e minha irmã mais velha que eu 3 anos ouvíamos ela gemendo e a cama rangendo com o seu companheiro metendo a rola nela , com isso eu e minha irmã acabamos perdendo a virgindade um com o outro , e um tempo depois eu e minha mãe acabando trepando ,mas isso é para outro dia .

Ler maisComendo minha empregada casada

Recordações Sexuais

Tenho um escritório de advocacia bem pertinho do Shopping e moro um pouco distante de minha residência. Sou casado pela segunda vez e tenho dois filhos do primeiro casamento e dois do segundo. Divorciei-me da primeira, porque ela soube de minhas andanças sexuais com outras mulheres e resolveu fazer o mesmo. Dava para quem quisesse. A segunda fervorosa católica e leva a religião a sério. Com as duas casei com elas virgens. Pois bem, certo dia, fui fazer um lanche no shopping, como de costume, às quinze horas. Pedi um lanche no Mc Donald e sentei-me numa mesa, bem ao lado de uma mulher e três crianças. Nossos olhares se cruzaram e instintivamente senti uma atração sem igual por ela e parece que foi recíproco. Meu número apareceu na placa da loja e fui receber meu lanche.

Ler maisRecordações Sexuais

Eu, minha esposa e nosso amigo

Me chamo Roberto e minha esposa Ana ( nomes fictícios). Comecei de brincadeira a ler os contos eróticos desta home page e… me tornei fã. Minha mulher é do tipo “carro sem bateria”. Calma que eu me explico: Ela custa a pegar, a maioria das vezes só no tranco, contudo, depois que pega…… Faz todas as loucuras que um homem possa imaginar. Muito embora reconheça serem excitantes os contos de fetiche em que há troca de casais, somos monogâmicos e nos amamos intensamente, só que, confesso, a leitura dos textos nos deixa muito excitados e curiosos. Não somos hipócritas em dizer que nos causa nojo, ou que ficamos horrorizados. Gostamos mesmo de tudo que lemos mas, para os outros, pois sequer passa pela nossa cabeça estarmos, fisicamente é claro, com outros parceiros. Um desses dias

Ler maisEu, minha esposa e nosso amigo