Putinha de travesti

Então sou eliza nome ficticio, tenho 25 anos sou branco pele bem clara peso 60 kg pes numero 38 faço as unhas e me depilo tenho o cabelo nos ombros.

Vou contar como foi dar para um travesti de balneario camboriu.
O nome era jessica aryane eu estava em casa e louco pra dar então decide entrar em um site de travestis ate que encontrei a jessica.
Uma morena bahiana com dote grande e grosso
Na descrição falava em 20cm por 7 de grossura.


Logo me ancantei e fui.
Chegando la bati na porta e ela me atendeu, nua.
(Perguntei no telefone se ela era deprava e tals e se curtia comer alguem ate o limite)
Ela estava pelada, mas vom o pau mole me deu um celinho e pediu que eu entrace quando passei na porta, ela me deu um tapa na raba e disse.

Jessica : te prepara pq hoje vc vai ser minha putinha.

Chegando no quarto vi que la tinha um roupinha e ao lado varios chicotes e consolos olhei fei um sorriso e disse.

Eu : então vc é sadomasoquista ?

Jessica : lhe interessa ? Puta, veste essa roupa senão vai ter que juntar seus dentes do chão.

Eu: …..

Quanfo peguei a roupa perguntei onde era o banheiro ela sorriu, puxou uma cadeira se sentou e comessoi a se punhetar abriu uma cerveja acendeu um.cigarro e disse .

Jessica: se vista na minha frente.

Comessei a tirar a roupa.

Jessica: nossa olha so lisinho, cu rosinha, (ela se punhetanto bebendo e fumando)
(Ela se levantou) quando acabar ai vaa ate a sala que quero ser chupada em frente a tv.

Me maquiei com um batom bem vermelho lapiz de olho e muito po branco, me vesri com vestidinho azul chaleira com coração por todo o vestido um calcinha 7/4 e uma sapatilha.
Chegando na cozinha ela tinha ligado no jogo. (Acho que ela se ligou qye curto chupar tiozao kkk)

Eu: estou pronta.

Jessica : me olhou, ta, esta esperando o que ? Fica de quatro e me chupa sua puta burr.

Eu fiquei assustada pela brutalidade mas tava muito escitada.
Fiquei de quatro em frente, a chupei no sofa muito mamei mamei tinha uma espelho atraz de mim e ela falava arreganha esse cu bate nessa raba deixa ela vermelha,

Eu dei uns tapas mas não forte.

Jessica : mete o pau todo na minha boca e fala, assim caralho bate forte ai comessou o espancamento me deu un 5 tapas no mesmo lugar com muita força ao ponto de adormecer.

Jessifa : assim caralho assim que gosto.

Ela me segura pelos cabelos e comessa a me forçar ir ate o final varias e varias vezes tipo freneticamente eu engasgava e salivava e babava muito, ele me batia e fala issso isssssooooooo vai caralho abre mais erra boca porrra, vc não é a minha puta ? Engola e forçava forçava muito ate eu centir o pau dela na minha garganta bem la dentro. Minha testa prensava conta a virilha dela e meu queixo encostava nas bola.
Eu podia sentir o cheiro de porra que exalava do pau. dela

Ficamos nessa durante uns 20 min.

Jessica : agora sentar no meu pau babado sua puta nojenta.

Eu: sim rainha.

Eu me levantei me apoiei com os braços nas pernas dela ela encaixou o pau dela e disse.

Jessica: a partir do momento que entrar meu pau no seu cu não ter mais volta. Se pedir pra parar não vou para se implorar tambem não vou para, se chorar tambem não vou, se desmair eu tambem não vou so vou para quando eu gozar entendeu ?

Eu : sim rainha

Jessica : quer continuar ? Vai aguentar essa rola ?

Eu : sim

Entao ela mete e não para mate muito ficou assim 15 min, eu sentia meu cu se alargar minjas pernas ficaram bambas e so não cai pq ela me segurou, ela falava.

Jessica: chora na minha rola puta pede pra para.

Eu 🙁 confesso que nem eu me acreditei mo que falei)
É so isso que vc tem?

Jessica : O que ? Quer mais então toma me pegou pelos cabelos e me levou ao quarto, ao gritos escolhe um chicote puta, (escolhi) ela me bota fe brusso e me chicoteia pega um consolo lambe meu cu e mete ele e fica repitindo, quer mais um pau ai ?

Eu : sim queto o seu pau quero vc me come.

Mas quando ela meteu os 2 ai eu pedi implorei e esperniei.

Mas ela so sorria e falava. Metrnfo freneticamente.

Jessica : cala boca e aguenta vc não é a minha putinha ? Então vai ter que aguentar. Ela metia me bati e puxava meus canelo me fazia chupar o pau dela com cheiro fe cu e outro consolo.

Foi quando ela anunciou que ia gozar,

Jessica ” vou gozar dentro de vc puta quero que cague porra sua puta e gozou, nossa era muita porra serio.
No final eu limpei a casa dela com um consolo enfiado no rabo, e durante alguns momentos ela me parava e me botava pra mamar.

Ate hoje eu do o meu cu pra ela.
Adoro ser a putinga da jessica aryane.

1 comentário em “Putinha de travesti”

Deixe um comentário

CAPTCHA