Virei uma putinha

Há alguns anos conheci Flávia uma mulher linda 1,85 de altura, o sexo com ela era fantástico, até o dia em que fazíamos um 69 maravilhoso e ela quase gostando, enfiou um dedo no meu cuzinho, virgem até então.
Não sabia se parava ou si deixava. A sensação naquele momento foi inesplicavel. Acabei gozando tbm.
Fui ao banheiro, minha cabeça estava a mil, afinal de contas nunca tinha pensado em algo assim. Quando voltei Flávia havia dormido, mi deitei e peguei no sono até ser acordado altas horas da madrugada por ela, cochichando em minha orelha, adorei meter em seu cu, quero mais.


Eu dei um pulo da cama e no escuro falei com ela que nem pensar, Flávia sem falar nada ajoelhou diante de mim e começou um boquete delicioso e aos poucos foi agarrando minha bunda e abrindo deixando meu cuzinho a mostra, logo ela retirou uma das mãos da minha bunda chupou os dedos, voltou para minha bunda e enterrou o dedo até o talo. Eu simplesmente não fiz nada, a sensação era estranha mas deixei sem saber porque, Flávia me colocou de quatro e me petrou com um, depois dois e três dedos enquanto me punhetava, meu cuzinho que a essa altura não parava de piscar já estava bem dilatado e acabei por gozar MT.
Depois dessa vez virou rotina a Flávia me comer, comprou vários consolos, cintas e pênis de tamanhos diferentes, confesso que acabei adorando ser comido por uma mulher.
Sou de BH, e si alguma mulher que goste de comer um homem intersar estou sempre a disposição.
Logo postarei as minhas aventuras com minha atual esposa.

1 comentário sobre “Virei uma putinha

  1. Delícia minha ex esposa começou assim a brincar com meu cuzinho em um 69 lambia um dedinho quando fui me dar conta já era putinha dela rebolava em seus dedos!

Deixe um comentário

CAPTCHA