Ela Quer…

Estamos casados a mais de 20 anos, ela loira linda, corpo ótimo para uma mãe de 2 meninas, entre 40 e 50 anos, cabelos até ombros, olhos azuis, seios lindos com sardas, aureolas estufadas e bicos pequenos o que permite mesmo ela lutando para não ceder usar roupas sem sutien, quadril largo e uma bunda linda toda certinha, coisa de genética.
Eu moreno claro, nem gordo nem magro talvez fora da media para homem de 49 anos, me cuido, barriga querendo crescer mas luto para não deixar, bebidas de alcool somente vinho e batidinhas, bonito também, a proposito somos um casal bonito conforme confirmação de nossos amigos.


Marcamos uma viajem para comemorar nosso casamento que apesar de anos, ainda está mais ativo que no começo, porque priorizamos a qualidade e não a quantidade.
Se quando casamos fazíamos quase todos os dias e mais de 1 vez por dia, hoje fazemos toda semana porem com muita qualidade, já que somos íntimos o suficiente para nos proporcionar gozos espetaculares, quer quando fazemos amor ou quando trepamos. Eis ai uma diferença enorme.
Para agendar a viagem estávamos em casa tomando um vinho e começamos a nos pegar porem nosso tesão nos direcionou para uma trepada fenomenal onde combinamos nos liberar para algumas fantasias, uma vez que iremos para uma cidade onde possivelmente não seremos reconhecidos e podemos dar liberdade a tudo que quisermos.
Na trepada para combinar eu em seu ouvido falava coisas a instigando a se revelar, já que sua timidez e formação rigida não permite muita coisa, porem entre 4 paredes ela mesmo confessou que faz tudo que eu pedir.
Baseado nesse tudo, quando ela estava pré gozo perguntei novamente se esse tudo poderia ser tudo mesmo, ela disse que sim até as maiores loucuras e como prova me relembrou uma vez que apostamos e ela perdeu e vendada teve que gemer em um consolo pela primeira vez na vida de um tamanho que eu acredito que ela merece gozar lembrando certinho media 22cm.
Vou descrever com foi:
Estavamos em São Paulo em um hotel no 12 andar, após temos passeado pela cidade e a deixar doida para trepar porque eu havia escolhido a roupa dela e ela ter sido muito paquerada.
Ela na cama deitada com os olhos vendados e prometido que acontecesse o que tivesse que acontecer ela não tiraria a venda e depois de eu a ter chupado muito e ela ter tomado meia garrafa de vinho senti que estava pronta para o que ela receberia, fui até o banheiro do quarto e deixei o consolo debaixo da torneira de agua quente para esquentar o mesmo, queria que ela se assustasse com o que viria pois poderia sentir que o mesmo estivesse quente o mais próximo do real, voltei a chupei novamente e a peguei pelas mãos e a levei até a janela do 12 andar do hotel e abri a cortina a exibi para quem quisesse olhar
Ela vendada só gemendo pois eu relatava a ela que tinha um cara olhando ela que usava somente uma micro calcinha enterra na bunda linda que ela tem.
Ela me perguntava como era o cara e eu a fazia imaginar e revelava a ela que o cara estava de pau para fora e era enorme e perguntei se ela queria um daquele tamanho.
Ela responde, você deixaria? Eu digo que sim, ai ela fala: Então eu quero agora, arruma um para mim.
Falo para ela esperar um pouco que vou arrumar e a levo para cama novamente
Ela deita de abre as pernas e se toca, pedindo o pauzão.
Vou até o banheiro e pego o brinquedo, bato a porta e ela assusta e tapa os seios, eu falo para ela não assustar porque o que ela estava pedindo eu tinha arrumado.
Ela leva as mão aos olhos e eu peço para ela não tirar e confiar em mim, ela obedece e agora ela volta a se tocar eu subo na cama e chego perto dela e falo no ouvido dela, você quer mesmo um pauzão amor?
Ela fala:
– Hum Rum!
Digo: Abre a boca então minha putinha que ele vai entrar na sua boca
Ela imediatamente abre a boca e eu coloco o brinquedo na boca dela, ela imediatamente sobe a mão e toca meu pau e como estava quente o brinquedo ela tira da boca e fala, quero ver quem é.
Eu falo é segredo curte que é só seu, ela é esperta e passa a língua na cabeça e sente que não sai liquido e chupa gostoso o brinquedo, eu agora que a toco com meu dedo e pergunto se ela esta gostando e se aguentaria tudo aquilo dentro dela
Ela com ele na boca fala que sim e pede para chupar o meu pau
Eu agora troco de pau na boca dela, ela sorve deliciosamente meu pau e com o brinquedo na mão passa por seus seios e leva para sua buceta melada.
Ela tira meu pau da boca e pede para eu enfiar o grandão dentro dela bem devagar, eu coloco uma camisinha no pau e encho de lubrificante tanto o pau quanto a buceta e vou enfiando devagar, sentindo entrar cada centímetro dentro dela, uma sensação única e linda.
Minha linda e deliciosa esposa putinha que é toda certinha, me revela o que não sabia que aguentava tanto pau dentro dela, enfiei tudo ficou só o saco do consolo para fora, tinha 22cm dentro dela, ela gemia e pedia para eu deixar ele lá que ela queria ficar sentindo o preenchimento que ele proporcionava a ela.
Ela me puxa e começa a me beijar e faz juras de amor e fecha as pernas e tem o mais longo gozo que eu já vi ela ter.
Ela gozou com o brinquedo dentro dela e depois do gozo ela tirou ele devagar e vi o buraco que ficou aberto para mim, não resisti e lambi os lábios vaginais dela e ela abriu bem as pernas e ficava passando o pau de borracha na buceta e no rabo e eu segui o brinquedo com minha língua.
Ela levou até a boca e consolo e começou a chupar e me chamou para eu ver de perto e chupava e me beijava, sua outra mão não largava meu pau.
Ela começou a bater uma punheta para mim e pediu para eu gozar no pauzão, eu fiz isso e ela levou ele melado até a boca dela e chupou e lambeu tudo, me puxou e me beijou com a língua melada e no meio do beijo ela enfiou o pau na boca dela me beijando ao mesmo tempo.
Foi muito tesão isso, meu pau continuou duro mesmo eu tendo gozado.
Ela falou em meu ouvido que tinha amado o presente, eu desci minha boca e chupei os bicos dos seios dela e perguntei se ela teria essa coragem com dois de verdade, ela nada falou, somente brilho os olhos e voltou a enfiar o consolo inteiro na buceta e ficou de 4 para mim e pediu para eu lamber o cu dela, nossa que delicia foi isso.
Depois de lamber peguei o gel e passei no meu dedo e no cu dela e enfiei 1 dedo, depois 2 ela gemia e pedia mais.
Me posicionei atrás dela e coloquei a cabeça ela somente disse, vai devagar.
A cabeça foi difícil entrar por que o espaço estava preenchido na buceta mas depois que entrou o restante foi fácil.
Assim que meu pau entrou tudo e o outro na buceta ela vira e me fala que sim quer dois de verdade dentro dela e goza muito.
Eu gozo junto com ela, amolecidos caímos na cama ela se aconchega em meus braços e dorme com um baita consolo dentro dela.
Acordei primeiro pela claridade porque não fechei a cortina e tomei um bom banho e vou acordar ela, a mesma toda dengosa me beija e agradece pela noite doida e fala para eu ir devagar com o que falamos na noite anterior porque ela não estava preparada para sair do campo da fantasia.
Eu somente a beijo e ela tira o consolo de dentro dala e vai para o banho.
Nos trocamos para descer para o café e ela colocou um vestido de alça que deixa os seios dela mais lindos ainda e sem sutien, coisa que ela nunca tinha feito porque ela dizia que quem olhasse de cima para baixo veria os seios dela
A beijei e falei que ela estava mais gostosa e que estava se tornando uma esposa bem safada e putinha, ela riu e passou um gostoso perfume e fomos.
No restaurante ela foi a atração.
Isso já é outra historia.
Mas agora estamos prontos para curtir essa comemoração de casamento, sabendo que ela me deu a deixa que pode tudo.
Se acontecer e for expontaneo, acredito que vamos amar, mas já falei para ela que qualquer coisa que vier a acontecer seria única em nossas vidas.
Semana que vem conto se rolou alguma coisa.

1 comentário sobre “Ela Quer…

Deixe um comentário

CAPTCHA