Minha amiga tesuda

A pouco tempo atrás conheci uma menina que me tornei amigo e aos poucos fomos pegando mais amizade.
Em um dos dias que conversávamos, chegamos no papo de putaria, comecei perguntando se ela era safada, para minha surpresa ela disse que sim e perguntou novamente a mim e eu disse que também era.
Alguns dias depois começamos a falar muita putaria e sempre sentíamos tesão um pelo outro. Até que tive coragem e chamei ela para transar de uma forma bem inusitada. Perguntei se ela preferia a camisinha de chocolate ou menta, ela me respondeu que chocolate era seu sabor favorito.


Quando finalmente chegou o dia, estávamos com tanta tesão que nem sequer conseguimos chegar na cama antes de começar a foder. Ela tirou o sutiã e aqueles peitos dela me deixou paralisado eu não me segurei me pau já estava duro como uma pedra, comecei a chupar aqueles peito chupei por alguns minutos quando ela disse para mim chupar sua buceta. Sem pensar duas vezes tirei seu short e sua calcinha que já estava toda melada com o tesão que ela sentia, aquele cheiro maravilhoso de buceta me deixava louco, chupei como se o mundo fosse acabar ela dava altos gemidos e pedia cada vez mais para que eu chupasse, depois de alguns minutos ela gozou na minha boca e foi delicioso poder sentir seu gosto.

Ela ainda mais louca pediu para finalmente comer aquela buceta. Eu me deitei na came e ela subiu em cima de mim fazendo uma deliciosa cavalgada, ela sobia e descia de uma forma que nunca tinha visto antes, parecia que meu pau ia explodir, o melhor de tudo era que ela alterava os ritmos as vezes lento e as vezes rápido isso só me deixava cada vez mais com vontade de gozar.

Não aguentando mais pedi para gozar dentro e ela deixou, gozei como se fizesse anos que não gozava, enchi sua buceta de porra ela finalizou com um boquete maravilhoso deixando o meu pau limpo.
Fomos ao banho e lá rolou mais umas chapadas e esse foi o dia que nunca me esqueço.
Logo voltarei com mais contos, espero que tenham gostado.

Deixe um comentário

CAPTCHA