Ela gozou três vezes

A conheci em 2010, quando estava ainda namorando com minha ex-esposa.
Baixinha, cabelos à meia altura, bem branquinha. Era fisioterapeuta num hospital aqui do litoral de São Paulo.
Demorei bastante tempo até reparar no seu “derrière”, que bunda maravilhosa!
Certo dia fui em sua casa levar um queijo mineiro que havia comprado. Quando cheguei lá, ela estava bem à vontade, só de camiseta e pela primeira vez fiquei de pau duro por ela, que estava com os seios marcando a camiseta… ela percebeu que fiquei alterado e cruzou os braços para cobrir os biquinhos…
Somente depois de muito tempo, como já narrei quando ela me deu a chupada perfeita, foi que consegui provar como ela era realmente deliciosa.


Certa vez, numa de nossas escapadas para o motel, mal entramos no quarto e ela já foi tirando a roupa, mostrando sua pele branca e os seios maravilhosos… Naquele dia parecia que estava com mais tesão do que o habitual. e me abraçava e beijava com intensidade, me ajudando a me despir-se e me chupando ali mesmo na porta…
Sempre gostei de curtir bastante, investir nas preliminares, deixar a bucetinha bem molhada… mas naquele dia devia ter acontecido algo, ela não queria esperar e ja ficou de quatro, pedindo pra eu meter bem fundo… não tive duvida quando vi aquela bunda maravilhosa empinada para mim e a xoxota suculenta, com aqueles pelinhos ralos e loirinhos…

Me acomodei ao pé da cama e comecei a entrar, primeiro devagar e depois aumentando a intensidade, vendo o pau se acomodar inteiro em sua buceta. Ela gemia baixinho (como eu adorava ouvir seu gemido de prazer!) e empurrava o corpo contra o meu… A visão do seu bumbum me deixava ainda mais cheio de tesão. Então pela primeira vez desde que começamos a sair, eu falei baixinho em seu ouvido: “Morro de vontade de comer tua bundinha, deixa?” Ela respondeu que não tinha coragem, que achava que iria doer… como bom cavalheiro eu deixei pra lá, mas não sem antes molhar o dedo em sua xaninha e brincar com o cuzinho enquanto metia.
Quando fiz isso, percebi que ela começou a rebolar mais. Não sabia se era para eu parar de brincar com o cuzinho, que era realmente muito apertado, ou se estava gozando.

Nossa! Vê-la gozar era algo mágico. Ela começava a tremer a barriga e tinha uns espasmos, apertando meu pau com a buceta. Parecia sexo tântrico!
Fiquei ali metendo gostoso, indo e vindo, e ao mesmo tempo tocando seu buraquinho apertadinho. De repente ela soltou um grito! E só então percebi que estava gozando loucamente. Pediu para eu não parar, mas para ir mais forte. Contei uma gozada… ai fui socando mais, e mais, e vi que ela gozou de novo… pois deu aquela tremida que eu achava o máximo…

Então ela pediu pra eu deitar na cama de barriga pra cima e sentou bem devagar no meu pau… que mulher deliciosa… como eu disse, ela era fisioterapeuta, e conhece muito bem cada parte do corpo. Ela começou a subir e descer, e eu só curtindo de olhos fechados… ela pediu pra eu beijar seus seios, eu fui beijando e mordiscando os biquinhos deliciosos. Então, como eu já estava quase gozando também, ela deitou e ficamos de papai e mamãe… comecei a bombar com força, sentindo entrar até o fim em sua bucetinha apertada… ela começou a gemer de novo, me puxando com força e pedindo pra eu gozar dentro dela….

Quando já não aguentava mais segurar, comecei a derramar meu leite em sua buceta e ela gozou de novo, pela terceira vez, e tremendo toda e dizendo que me amava…
Depois nos deitamos um do lado do outro… rindo… e ela se aninhou em meu lado como eu gostava… disse que tinha acordado naquele dia com muita vontade de transar e que não via a hora de me dar a bucetinha, que tinha passado a manhã inteira esperando pela hora do nosso encontro…
Assim ficou explicado porque pulamos as preliminares aquele dia e ela gozou tão intensamente…

1 comentário sobre “Ela gozou três vezes

  1. Sou louco para pegar uma evangelica casada ou uma mae e filha juntas ou tira uma virgindade ou pegar uma casada na frente do marido quem estiver afim me chama no zap 11.9.4.7.8.4.1.2.4.6

Deixe um comentário

CAPTCHA