Motorista do Uber me chupou gostoso

Essa conto erotico que vou narrar acabou de acontecer, ainda tô com o pau durão só de lembrar a sensação da boca dele. Me chamo Pedro, tenho 25 anos, cabelos pretos, pele branca, 1,77, 70 kg, corpo definido com alguns pelos e um pau de 17 cm grosso.

Hoje (22/06) tive que ir revolver umas coisas perto da praia, coloquei uma bermuda de moletom, uma camiseta e sai. Não tenho muito o costume de usar cueca, só quando coloco calça jeans mesmo, então quando to de bermuda assim sempre acaba ficando um volume. Chegando lá resolvi dar uma volta na região dos decks que fica no fim da praia, tava um dia meio gelado então não tinha muita gente por lá.

Depois de alguns minutos passa um cara de uns 30 anos, barba, um pouco mais alto do que eu, falando no telefone, ele ficou me olhando, não sabia muito bem o que era, continuei seguindo em direção as trilhas e subi, logo reparei que ele estava vindo também logo atrás. Parei e dei uma esperada, ele passou e seguiu para outra saída da trilha, logo achei que ele não queria nada e segui mais pra dentro da trilha, quando decidi voltar percebi que ele tava vindo na minha direção.

Ele chegou e ficou encarando o volume do meu pau na bermuda, que na hora começou a subir, eu comecei a alisar o volume que logo ficou duro, ele morrendo de medo de alguém aparecer deu uma apertada no meu pau e disse que ali era perigoso já que podia vir gente dos dois lados, nós começamos a descer a trilha e eu provocando ele esfregando meu pau duro na bunda dele, até que chegamos até a saída e decidimos que ali não ia rolar nada. Então botei o pau pra fora e perguntei:

-Não vai rolar mesmo?

Ele agarrou meu pau e ficou batendo um pouco, morrendo de medo de alguém ver e pediu para irmos embora, ele saiu na frente e abaixou a calça mostrando a bunda deliciosa dele pra mim, e falou:

– Vamos no banheiro ali só pra você sentir a boquinha.

Chegamos lá e fui em direção ao mictório e fiquei esperando ele entrar, ele veio e já foi direto chupando a cabeça do meu pau, mas o banheiro tinha um espelho enorme, então não daria pra fazer nada ali, trocamos telefone e fomos embora.

Agora a noite meu pau tava estourando, depois de toda aquela brincadeira sem gozar, mandei uma mensagem ele tava na mesma, ele me falou que era uber e que vinha aqui pra perto da minha casa, em 10 minutos ele chegou aqui na esquina e pediu pra mim ir com a bermuda de moletom que estava hoje cedo.

Entrei no carro, saímos ele veio apalpando meu pau por cima da bermuda enquanto dirigia, quando paramos no farol ele enfiou a mão dentro, eu me levantei e tirei a bermuda, ele disse que eu era louco, já que o carro não tinha filme, nessa hora meu pau já tava durão e babando, ele ia dirigindo e e batendo pra mim, enquanto procurava um lugar tranquilo. eu falei:

– Para em qualquer lugar rapidinho e da chupada aqui.

Ele parou o carro e começou a chupar, cara como chupava bem, engolia o meu pau inteiro lambia a cabeça, brincava com a lingua, mas ele ficava com medo e logo subia e voltava a dirigir, eu só dava risada do medo dele enquanto me masturbava, passando o dedo na ponta da cabeça do meu pau e depois lambendo, sentindo o gosto do meu pau que já babava bastante.

Paramos em mais um farol, ele morrendo de medo de alguém ver abaixou e me chupou, mais um pouco, levantou voltou a dirigir até que achamos uma outra rua, ele abaixou começou a me mamar, lambia meu saco, o safado começou a bater com meu pau na cara e aquilo me deixou doido, eu segurei na cabeça dele e comecei a socar com mais força, bem nessa hora um carro veio bem de frente e eu tive que tirar ele do meu pau. Ele se assusto achou que eu fosse gozar, mas avisei que era um carro vindo. Com medo ele preferiu ir embora, chegamos perto de casa e paramos, ele abaixou e deu mais umas mamadas, com medo ele preferiu deixar pra terminar amanhã na casa dele, ele falei que tudo bem e pedi pra ele abrir a janela dele. Desci do carro, dei a volta cheguei na janela dele e botei o pau pra fora, ele chupou um pouco e com medo pediu pra ir embora.

Eu dei risada e guardei o pau na bermuda e fui embora. E agora estou aqui em casa na duvida se bato uma pra matar esse tesão ou se deixo pra ele terminar o serviço amanhã.

Deixe um comentário

CAPTCHA