Festa a Fantasia

Era uma sábado, depois de uma semana cansativa de trabalho Leon e Maya resolveram sair pra aproveitar um pouco. Fazia muito tempo que os dois queriam dar uma volta para esquecer dos problemas do dia a dia e sair da rotina, fazia muito tempo que não davam uma saída. Então resolveram aproveitar, já que os filhos estavam dormindo na casa de parentes. Tinha uma festa a fantasia em outra cidade, apesar de não ser tão perto, resolveram ir curtir. Maya é uma morena bonita, e sensual esse conjunto chamava a atenção.


Já estava quase no horário em que os dois haviam combinado de sair, Leon estava pronto aguardando sua esposa, Maya saiu do quarto bem maquiada, cheirosa, vestida de MULHER GATO , ela estava realmente muito bonita e sexy. Leon não hesitou em comentar – Amor, você está linda, vai fazer muito sucesso assim. Ela sorriu e comentou – É bom fazer um pouco de sucesso de vez em quando. Os dois sorriram e foram pra festa.
Ao chegar, a festa já estava bem animada, muita gente dançando, bebendo e com boa música. Os dois pegaram uma mesa Maya não é de beber porem pediu uma caipirinha e depois outra e outra, Leon não tinha ainda presenciado Maya tomar tantas caipirinhas nesses quase 13 anos de casamento. O clima estava realmente muito bom, os dois conversavam, sorriam e até arriscaram dançar algumas músicas. A noite transcorria muito bem e eles já estavam falando em ir embora quando Leon, depois de uma ida ao banheiro, encontrou Maya um tanto nervosa e perguntou se acontecera alguma coisa? Ela sem jeito disse que sim, que enquanto ele havia ido ao banheiro um ANJO MASCARADO .
Teria lhe abraçado por trás e dado uma enconchada ela tinha deixado achando que era o marido e tinha consentindo durante um momento. Leon brincou – E você gostou. Ela sorrindo disse – Claro que não, mas senti algo duro roçando minha bunda. Os dois sorriram e continuaram bebendo e dançando agarradinhos e vez ou outra comentando sobre o assunto. Aquele fato havia mexido com muitas fantasias que Leon a conta no pé do ouvido durante as transas e criou um clima ainda mais sensual. Voltaram para a mesa e Maya já pediu outra caipirinha deixando Leon de boca aberta!.
Leon perguntou se o rapaz ainda estava por ali, Maya disse que sim e que inclusive não parava de olhar para ela. Ele perguntou se ela estava gostando, ela disse que estava adorando saber que estava sendo desejada. Então Leon perguntou – Quer dançar? Maya disse que não, pois se dançasse não sabia o que podia acontecer, vai que ele vem me enconchar novamente eu meto a mão disse ela. A mão aonde brincou Leon! Na cara né disse Maya sorrindo, eu prefiro não correr risco de cometer uma loucura dessas e estragar essa noite maravilhosa.
Maya questionou depois de algum tempo – Vamos dançar mais fica perto e não desgruda de mim. Leon respondeu – Vou ao banheiro e quando voltar nos vamos!
Ao sair do banheiro e retornar pra festa para surpresa de Leon, Maya já dançava com o ANJO MASCARADO. Era uma música animada do jeito que ela gosta, os dois sorriam e conversavam. Quando a música acabou Maya retornou para mesa eufórica falando viu amor como dancei bem você demorou muito me chamaram e eu fiquei com vergonha de recusar. Leon questiona mais não era você que iria meter a mão nele? Maya disse na verdade foi outra pessoa que me chamou para dançar e que no meio da dança o ANJO MASCARADO apareceu.
Tá mais e sobre meter a mão o que aconteceu? Maya responde com um ar sensual a amor! a mão acabei metendo mesmo! mais foi sobre os ombros a cintura no peito e etc…terminou sorrindo muito. Leon questiona e a mão dele? Ela sorriu e frisou a mesma coisa amor…Leon brinca e pergunta qual parte do corpo é esse etc! Caíram na risada e ficaram conversaram banalidades a recates de Maya já tinha passado a tempo, pois em situação normal nem o mínimo de besteira ela tolerava sempre muito envergonhada, a noite ia passando e os dois se revezavam dançando com ela o ANJO MASCARADO já não tinha mais receio em tirar a MULHER GATO para dançar, Maya cada vez mais animada dançava de forma mais insinuante e o clima só esquentava, era inegável que o componente sexual começava a tomar conta da situação, a cada dança o clima esquentava mais e foi depois de ter ido buscar umas bebidas viu a cena que mudaria definitivamente a noite deles.
O dois se beijando de forma escancarada como se não houvesse mais ninguém ali, Maya aproveitava-se da máscara e da distância sentia-se confortável e irreconhecível, ela estava realmente entregue ao prazer.
Leon ficou perplexo, mas resolveu aguardar a música terminar e chegou com as bebidas como se não tivesse visto nada. Maya sem disfarçar a excitação a chegar à mesa com Leon deu um grande beijo no marido e disse.
– Amor, eu sei que pode parecer loucura, mais hoje eu aceitaria realizar todas as nossas fantasias estou com uma vontade de ser sua PUTA hoje à noite, vamos sair daqui. Talvez a bebida tinha feito uma grande transformação na sua mente, pois Maya negava sempre não ter fantasia nenhuma, gostava de ouvir besteiras ao pé do ouvido mais sempre quando o marido perguntava ela negava. Leon sem pensar muito e ainda contaminado pelo momento da esposa disse:
– Hoje você vai dar como como nuca deu! vai ser minha PUTA, Maya deu um suspiro mordeu os lábios.
Leon falou que iria compra a saideira com um plano mirabolante em mente, chamou o ANJO MASCARADO de canto sem ela ver, conversou um pouco com ele e voltou, falou para Maya que deveriam sair dali e colocar a MULHER GATO aonde ela merecia que hoje não teria uma esposa na cama e sim uma PUTA. Os dois estavam saindo da festa quando próximo a porta Maya viu seu parceiro de dança chegar perto do seu marido e perguntar é serio?
– Maya se assustou e disse —- Serio o que é sério.
Leon acenou com a cabeça em gesto de afirmação e continuaram saindo.
O motel mais perto levava em torno de 15 minutos da festa. Leon dirigia enquanto sua esposa passava a mão no seu pau e lê falava besteiras!. Loucos de tesão com uma grande vontade de parar o carro e transar ali mesmo. O clima de sexo estava a mil, o tesão era pleno até que chegaram ao motel.
Ao entrar no quarto Maya já estava completamente transformada muito pelas altas doses de caipirinhas que já tinha perdido a conta. Leon não quis perder tempo e já tratou de arrancar a fantasia sua esposa abaixou a máscara que ela usava sobre os olhos e amarrou de leve seus pulsos e pernas a deixando inercie a suas investidas. Começou beijando sua boca mordendo de leve seus lábios foi descendo pelo pescoço, mordendo e chupando com vontade os seios, Leon foi descendo chegando perto da buceta e fazendo o joguinho que ela gosta muito! Foi passando a língua em volta da buceta na virilha mais sem chegar ao meio aonde ela gosta e a cada movimento ela se contorcia e gemia cada vez mais alto Maya já na alturas evidenciando um gozo muito próximo. Maya se deliciava com a chupada do marido. Nisso a porta do quarto se abre o ANJO MASCARADO entra Maya escuta o barulho da porta batendo mais com um gozo muito próximo nem se importa se preocupa somente com os movimentos labiais do marido. Leon para pôr um momento e Maya reclama ah amor continua…Leon sobe beijando o corpo de Maya chegando aos seios e ao pescoço, chegando no ouvido começou falar as besteirinhas que ela tanto gosta. Começou falando – Quem é você? – Ela respondeu sua PUTA. Ah minha PUTA e do que ela é capaz? Perguntou Leon. – De tudo amor quero tudo quero ser sua PUTA. Leon colocou um dedo na boca de Maya que chupava como se fosse um pau e continuou falando besteira no ouvido e ela cada vez mais excitada falando mesmo com o dedo na boca – Para amor vai me fazer gozar com as palavras. Então Leon começa a penetrar Maya que se contrai e gemi muito alto, Leon mantinha um ritmo firme nas estocadas e pergunta bem próximo do seu ouvido quer um pau no lugar desse dedo ela responde sim da mais um pau para essa PUTA, Leon faz um sinal para o ANJO MASCARADO que que assistia tudo e sem nenhuma palavra chega próximo e tira seu pau pra fora que já está duro a muito tempo e vai me direção de Maya, que sente algo tocando os lábios abre a boca novamente esperando o dedo do marido mais se surpreende com o tamanho, e sente que não é mais o dedo, achando estranho isso sem muito esforço forca o braço que logo se solta da amarra e levanta a máscara que cobria seus olhos, se depara com aquele que dançou se esfregou, desejou e beijou em uma noite de loucura olhou para o marido ainda com o pau do ANJO MASCARADO na boca, ajeita a máscara para continuar no anonimato olhava para o marido com uma cara de satisfação e chupou com muito desejo. Eles ficaram nessa posição por alguns minutos.
O tesão era tanto que Maya não se controlou, enquanto Leon metia num ritmo bem devagar pra não gozar de tanto tesão, Maya dizia – come essa PUTA enquanto ela chupa um pau… ela delirava com a situação e não parava de dizer coisas como; é muito bom chupar dando a buceta vai amor fode ai enquanto chupo aqui ela não aguentou e gozou molhando completamente o pau de Leon.
Depois de mais alguns minutos naquela posição, resolveram inverter, agora era o pau de Leon que Maya chupava enquanto o rapaz se preparava pra meter naquela buceta quente toda melada. Maya ficou de quatro e ANJO MASCARADO mal posicionou o pau e Maya foi rebolando o fazendo escorregar pra dentro da buceta. Era muito tesão, ela chupava um e rebolava no pau de outro, Leon contaminado pelo tesão dizia…o que você é? Maya respondia uma PUTA…mete que ela está adorando dizia ela! e o rapaz metia com força e dizia.
– Que buceta gostosa, que PUTA gostosa…o que ela ouvia a deixava com mais tesão entregue aos desejos e entregue ao prazer.
A noite estava maravilhosa, os dois se revezavam comendo a buceta de Maya e recebendo uma maravilhosa chupada. Maya estava perto de gozar novamente e pediu para chupar a sua buceta.
Enquanto o ANJO MASCARADO chupava Maya, Leon chupava e mordia lhes o seios e falava besteiras no ouvido, logo ela goza lambuzando a boca do ANJO MASCARADO, Ela descansou por alguns minutos e voltou a chupar o ANJO MASCADO e disse para ele deitar foi para cima dele e começou a cavalgar e rebolar no pau subia e descia com força, o ANJO MASCARADO estava deitado a segurando pela bunda apertando e abrindo deixando seu cuzinho exposto. Maya dizia em voz baixa – mete…mete nessa PUTA, ela estava dominando a situação, adorando a sensação. Leon se posicionou atrás de Maya esperando o momento certo para investir naquele cuzinho a tanto desejado o ANJO MASCARADO começou a gemer mais alto levando Maya a loucura nem percebendo que Leon começou a roçar seu pau no cuzinho da Maya que não dava de jeito nenhum gostava muito de umas belas passadas de língua mais dar nunca tinha medo receio.
Leon então começou a colocar bem devagar enquanto a segurava pelos peitos, o jeito que ela rebolava permitia que o pau de Leon entrasse com mais facilidade.
Ela não parava de gemer e dizer – Amor ai que delicia mete me fode come essa PUTA.
Quando Maya anunciava aos gritos que iria gozar os dois começaram a revezar as metidas fazendo um sanduíche com Maya metendo muito forte colocando tudo, quando um ia o outro voltava e não demorou muito para Maya sentir os jatos de porra inundar sua buceta e seu cu a sensação a fez gozar como nunca antes.
Assim que terminaram o ANJO MASCARADO foi embora sem ao menos se despedir sem nenhuma palavra, mais com um imenso sorriso no rosto.
Maya já em casa pela manhã acorda e diz a Leon.
– Nossa amor nunca tinha bebido tantas caipirinhas lembro de ter tomado quatro depois disso não me lembro mais de nada.
Será que não lembra mesmo rsr.
Leon

Deixe um comentário

CAPTCHA