Um encontro que se transformou em paixão

Eu sou Katherine, funcionária de Stoner. Um dia entro na sala de Stoner para despachar alguns processos, quando Stoner e eu nos devíamos da conversa, e encerramos Stoner me perguntando o que era o amor.
Resposta que naquela hora, eu casada ele tbm, não tínhamos naquele momento.
Stoner tinha o corpo atlético, competidor. Isso me deixava muito excitada, desde de quando fui trabalhar para ele, ficava olhando a elevação sobre a sua calça, logo me dava um tapa na cara e pensava, cria vergonha sua safada.
Foi só Stoner me perguntar o que era o amor, e eu decidir mandar uma msg. Falamos na quinta-feira, no Sábado já estamos no motel. Cheguei no motel ainda no carro já fui subindo em cima dele, (Urrah que tensão) quando ele começou a me chupar eu gemia bem fraquinho, quando ele tirou aquele pau enorme eu chega suei, caraca, fiquei louca para ele meter logo.
Quando ele enfiou aquele pau macio, eu fiquei louca.
A melhor transa não foi no primeiro encontro e sim nas inúmeras vezes eu era o almoço dele.
Nós tornamos amantes. Ja me comeu até com sorvete, ui que delícia.
Ele me chupava e já passamos 6horas de sexo intenso com poucas pausas e muitos orgasmos.
A conexão era forte, chega eu sentia choque.
E escrevendo sinto como se fosse hoje.

1 comentário sobre “Um encontro que se transformou em paixão

  1. Tenho vontade de tira uma virgindade de uma novinha conhecer mae e filha ou ter uma casada na frente do marido ou ser amigo de uma familia safada rsrs
    Estou aqui pensando sera que ter mae que da para o filho mesmo?
    Me chama no zap vamos bater um papo meu zap e 11947841246 Amo loirinha branquinha deve ter a bucetinha rosinha

Deixe um comentário

CAPTCHA