Corneei meu marido com o amigo dele

Olá, vou fazer um breve relato do que me acontece nesse início de 2020, mais precisamente dia 05/01/2020. Os nomes que postarei aqui serão fictícios por uma questão de sigilo. Me chamo Rosana, sou maranhense apenas de nascimento pois, sempre morei no DF, tenho 39 anos e um corpo bem legal, sempre gostei de malhar, embora esse ano fiquei parada por motivos pessoais. Eu estou muito chateada com meu marido, porque na sexta feira anterior ele havia me mandado tomar no cú na frente de uns amigos nossos e confesso que fiquei arrasada, não gosto de xingamentos, salvo na hora do rala e rola. Fiquei tão magoada que só pensava em trair meu marido, e olha que sou casada a 15 anos e nunca pensei em fazer isso. Então uma amiga me chamou para ir com ela a um forró, e meio sem querer pois estava bem para baixo fui. Estava na minha quando por volta de meia noite vi um amigo de meu marido, fiquei mais de 20 anos sem vê-lo, até que a uns dois fins de semanas atrás o encontrei num barzinho, mas não dei

muita bola, pois é amigo do corno safado. Voltando ao domingo, dia 05 em questão, encontrei o João novamente e começamos a dançar, minha amiga já estava tão bêbada que nem se dava conta do que acontecia, mas como sou casada e estava dirigindo não bebi muito e mantive a pose. Enquanto eu estava no forró, meu marido me ligou algumas vezes, mas não atendi e como eu estava muito brava, ele não disse nada e também é habito eu sair com essa amiga. Bom, comecei a dançar com o João e vi que ele estava afim de mim, deixou até as “amigas” dele de lado. Mas minha amiga ficou muito ruim e pediu para ir embora, foi então que me despedi dele. Deixei minha amiga em casa e voltei, juro que a essa só pensava em dá, primeiro pelo ódio do meu marido e segundo porque estava com muito tesão. Então voltei rapidinho e quando cheguei no estacionamento ele estava saindo e pensei é agora ou nunca. Perguntei para onde ele iria e ele disse que me seguiria então eu disse ok. Fui para um lugar um pouco deserto,

morrendo de medo kkk, mas o tesão era maior. Sai para fora do meu carro ele também e já foi se explicar para mim e eu disse que não queria saber da vida dele, que não me desrespeitada e João entendeu tudo e já foi me atacando. Me beijou, já colocou as mão nos meios seios, que são pequenos e por isso não caem, acho kkk. Já respondi abrindo sua calça e segurando seu pau com firmeza e ele respirou fundo, gosto muito disso. Em seguida foi pegação total, ele passava a mão na minha buceta, por cima do shorte, e eu me abria toda, amo a mão de um macho me pegando; então me abaixei e fui fazer aquele boquete, juro que João tremia enquanto eu chupava ele. Embora temos a mesma idade, acho que ele só pegou mulheres mais “educadas” na cama. Quando já não aguentávamos mais, pedi para ele me fuder e deixei bem claro que queria trepar, fuder, dá… ele ficou maluco, mas o lugar em que estávamos era perigoso e percebi que ele estava muito preocupado, até me chamou para um motel, mas eu disse que não, que queria cornear

meu marido na rua, no mato… então fomos para o carro dele, ele tirou a roupa dele todo e eu tirei só a parte de baixo minha. Ele queria me chupar e falei que não, porque sou muito molhada e quando estou com tesão fica muito “fácil” o vai e vem. Pedi para colocar a camisinha, mas num dado mento João pediu para tirar, fiquei com medo, mas deixei, queria sentir um pau diferente, coisas que nunca senti antes na vida. Ele começou a me olhar e me elogiar muito, falando do meu corpo, que eu era muoto gostosa, do que ele havia imaginado e que sou muito fogosa, realmente sou em especial antes da menstruação, nesse período só penso em sexo kkkk. Ele disse que havia batido uma pra mim, confesso que isso me deixou maluca e pedir para ele me fuder violentamente, aaaaaamoooo isso. Ficamos uma hora fudendo e num dado momento pedi para sair do carro para rebolar no pau dele, e ele ficou malucoooo, pediu para eu bater na cara dele eprontamente bati, eu falava que meu marido era corno e mandava ele comer a casadinha e ele

pirava mais ainda é net os gostoso demais. Então não aguentamos e gozamos, dei um berro que ele abafou minha boca com a mão. Queríamos mais, mas já eram mais de 4 da madrugada e eu precisava voltar para casa. João disse que quer ser meu amante, mas não quero; na verdade quero só conhecer outros mercados. Agora quero conhecer um pau bem grosso, sou tarada num e principalmente se for moreno ou negro.
Essa é Minha história verídica que aconteceu nos primeiros dias desse ano.

7 comentários em “Corneei meu marido com o amigo dele”

  1. U sou doido por contos como esse onde o marido e completamente manso e onde o marido as vezes nem sabe ou sabe e finge não saber,,,eu adoro imaginar minha esposa sendo a personagem do conto adoro mostrar umas foto pra amigos no Skype e receber comentários sobre como seria sendo a minha esposa a mulher dos contos
    meu Skype e esse [email protected] serve de email também,

    Responder
  2. Tenho vontade de conhecer mae e filha ou ter uma casada na frente do marido ou ser amigo de uma familia safada rsrs
    Estou aqui pensando sera que ter mae que da para o filho mesmo?
    Me chama no zap vamos bater um papo meu zap e 11947841246

    Responder

Deixe um comentário

CAPTCHA