Brincadeiras entre primos gays

O que passo a narrar a partir de agora aconteceu comigo há 25 anos atrás, hoje tenho 38 anos, casado, mas na minha juventude, houve aquelas brincadeiras entre primos tipo troca-troca.
Meus primos muitas vezes vinham passar as férias escolares aqui em casa, e eu adorava, eu era o mais novo de todos, éramos 4 primos, e sempre gostávamos de brincar. Até que um dia, um deles propôs brincarmos de salada mista, em meu quarto, mas de um modo diferente e apesar de achar estranho, acabei aceitando.

Meu pai trabalhava até tarde e minha mãe costurava em um cômodo separado de casa, então tínhamos a casa para nós. Fomos para meu quarto, fechamos as janelas pronto estava feito o local para a brincadeira. E chegou a hora de brincar, as regras eram a seguinte, um de nós teria os olhos vendados, e os outros teriam que pegar a mão de quem estava vendado e colocar em alguma parte do corpo para que a pessoa adivinhasse, e essa pessoa ia ficar até adivinhar, caso não adivinhe na próxima rodada teria que irar uma peça de roupa. Escolhido que iria adivinhar começa a brincadeira, claro que seria eu, afinal eu nunca tinha participado dessa brincadeira, sentei em minha cama e esperei um deles pegar minha mão e coloca em algum lugar para que eu adivinhasse, quanto toquei, apalpei bastante e tentei adivinhar, na primeira rodada errei todos, então tirei a camisa. Na segunda rodada também errei tudo e acabei tirando a bermuda.
Partimos para a terceira rodada, e novamente aguardo alguém pegar em minha mão e fazer algo para que eu adivinhe quem é. E para minha surpresa dessa vez senti algo diferente e um deles colocou o pau em minha mão, senti ele crescer em minha mão, tentei adivinhar mas, como nas rodadas anteriores errei todos e tive que ficar sem cueca, e na quarta rodada como eu não tinha mais o que tirar, eles decidiram fazer diferente, era eu ficar em pé e só sentar depois que alguém autorizasse, então assim foi feito, senti que alguém estava sentando na cama e me pediram para sentar, quando sentei sentir aquele pau duro na minha bunda, e o pessoal rindo e falando:
_Já que com a mão você não adivinha quem sabe assim?
Sentei no pau e senti alguém tentando me penetrar, nunca tinha sentido aquilo, mas continuei, na hora senti muita dor, mas aos poucos relaxei, por instinto ou sei lá o que, comecei a subir e descer devagar e depois rebolava, aos poucos falei vários nomes, mas claro que que se eu tivesse acertado, eles nunca iam falar, aos poucos fui tentando sair, mas ele me puxou e não deixava, até que senti aquele jato dentro de mim e ele relaxando.
Ele pediu para que eu levantasse, eu obedeci e esperei o próximo, sentei e como o anterior já tinha gozado dentro de mim o pau entrou mais fácil e mas esse enquanto me comia ele segurou meu pau e batia uma punheta pra mim, eu gemia nem tentei adivinhar quem era, só gemia e rebolava naquele pau. No final só sei que gozamos juntos , o terceiro nem mandou eu sentar, quis que eu adivinhasse de quatro, obedeci e ele me comeu ali de quatro, achei muito bom e eles, me chamavam de putinha e sempre que viessem em minha casa iriam querem brincar muito.
Desse dia em diante nos brincamos muito, mas isso já é outra história, se tiver muitos votos eu conto mais….

Deixe um comentário

CAPTCHA