Minha noiva com o meu melhor amigo

Sempre tive no Osvaldo um grande amigo, daqueles que sempre contavá-mos todas as experiências. Num sábado de tarde, ele passou na minha casa para irmos tomar umas, e como minha noiva estava comigo, foi junta. Lá no barzinho, ela encontrou uma amiga e ficou sentada na mesa dela, enquanto eu e o Osvaldo conversavá-mos sobre sexo. Depois de muitas cervejas, decidimos ir embora, minha noiva já tinha percebido minha cara de safado. Ao sair, pedi para ele entrar numa rua tranquila( ele estava dirigindo e ela ao lado), sem entender ele entrou e já perguntei se ele gostaria de uma surpresa. Abaixei a blusinha dela, mostrando-lhe os seios, ele ficou olhando para ela, que nada

fez a não ser dar um sorrizinho de safada. Ele começou a pegar e logo estava com a boca neles, chupando e mordendo como um tarado. Ela ficou bem avontade e começou a ficar cada vez mais louca de tesão. Beijavam um ao outro com muito vontade, as mãos dele já alisavam sua chaninha, o que lhe impressionou por tamanha umidez. Falei para ele chupa-la, que atendeu de prontidão e começou a enfiar a linhgua na sua gruta ensopada. Ela olhou para mim e puxou minha cabeça para seu peitinho gostoso, enquanto ele chupava e enfiava um dedo na chaninha e outro no cuzinho. Foi estocando cada vez mas forte, ela gemia e mordia minha nuca até chegar numa explosão deliciosa.Então ele subiu e ficamos cada um em um peito dela, mas ela queria era ele, se beijaram novamente, com

ele dando umas mordidas fortes na nuca dela que a deixavam com muito tesão e um pouco de dor, então ela tirou o pau dele para fora e começou a pagar um belo boquet nele. Ela dava um belo trato no cacete dele, engolia ele quase todo, deveria ter uns 18 cm, lambia a cabeçinha dele, e chupava com a ajuda da mão numa punheta boquet deliciosa que logo resultou no gozo, jorrando jatos de porra na sua boquinha. A sacana engolia um pouco e deixava um pouco escorrer para me mostrar a porra dele, passou o pau dele nos seios para lambusá-los tbém. Não deu para ter penetração pois sempre passava um carro, ela vestiu a roupa e ele nos deixou em casa para uma transa muito quente como a muito tempo não tinhamos, não tive coragem de beijá-la depois, mas sentia o cheiro da porra dele isalando de sua boca, mas ela acabou colocando seus seios em minha boca, que não tive como escapolir e sentir um gostinho salgado na boca. Somos de Goiânia, eu tenho 27 ela 21, se gostarem mande-nos um e-mail,

2 comentários sobre “Minha noiva com o meu melhor amigo

  1. Noivinha gostosa deve ser essa sua.Tesao do caralho.Vcce é bem corninho corninho mas sabe viver a vida.Sr vc quiser abreviar contato,trocar idéias de putarias ou até má dar uma imagem da sua noivinha que deve ser linda e safadinha sem.mostrar o rosto dela me chama.Homens casados noivos ou que tenham namoradas,sigilo total e discrição me chama Sou de SP região do ABC honesto simples educado
    Nove cinco dois sete três meia dois quatro três

Deixe um comentário

CAPTCHA