Loucuras na Viagem

Eae galera, primeiramente gostaria de agradecer todos que entraram em contato comigo, e se alguém mais quiser conversar, só falar de putaria mesmo, ou quiser conversar algo mais sério meu e-mail é [email protected], estou a disposição. Mais agora vamos ao que interessa, hoje gostaria de contar as aventuras que rolaram durante uma viagem que fiz com a família da Fernanda.


No final do ano passado os pais dela me chamaram para ir para Caudas Novas com eles, eu claro que aceitei né, comprei roupas, tanto pra mim quanto algumas para a Fernanda, e fomos de carro, os pais dela no bando da frente e eu e ela atrás, ai já começa a aventura. A mãe dela dorme em viagens e assim e o pai dela, é daquele tipo de motorista concentradão na estrada por medo de acidentes, então a Fernanda, já com segunda intenções se deitou no meu coloco ente a minha barriga e uma sacola cheia de travesseiros que coloquei no meu joelho para ela ter mais espaço para deitar. Eu estava de bermuda daquela de academia, bem fininhas e com elásticos e ela, para me provocar e me deixar louco de tesão tipo meu pai pra fora e começou a chupar a cabecinha do meu pau, como os travesseiros estavam na frente o pai dela nem percebia nada, meu pau logo que ela encostou o lábiom ficou gigante, e ela como uma boa safada pegou minha mão e colocou no peito dela por dentro da blusinha que vestia só para me provocar ainda mais. Ela me chupou por uns 100 km de estrada, até eu pedir para ela parar por que eu ia gozar nela toda ,e ela até parou com o movimento frenético, mais ainda continuou a ficar passando a ponta da língua. Como ela tava de mini saia eu consegui a um certo custo chegar com a mão até a calcinha dela, e ai foi a minha vez de descontar tudo que ela tava me fazendo passar, eu comecei a provoca-lá e rapidamente ela já estava com a calcinha encharcada (ela se lubrifica meu i fácil e muito rápido, por qualquer coisinha a calcinha dela fica com uma manchona de melzinho), e ai eu chegando pro lado até ter acesso linho aquele clitóris dela (que é super sensível ao toque ). Eu comecei a masturba-la da forma que ela gosta, um pouco no clitóris, com os dedos estendidos por toda a buceta dela, ela começo a arquear o corpo pelo prazer, e de quebra abonhou meu pau completamente, não fazia movimento de sobe e desce mais, estava massageando meu pau inteiro. Sempre que eu ou ela acelerava nos movimentos o outros fazia a mesma coisa , e depois de uns 10 minutos ele começou a gozar enquanto mordia os travesseiros para não gemer (até hoje não sei como ela conseguiu, não gemer, por que ela é bem escandalosa na cama) .
Terminamos de chegar em Caldas e depois no hotel que íamos ficar, fizemos o check-in e subimos para o quarto, assim que chegamos desfizemos um pouco as malas e os pais dela saíram para comprar algo para comermos. Foi oque precisávamos para extravasar o tesão do carro. Logo que saíram eu já joguei ela na cama, ela já avia colocado o biquíni então eu fui descendo e logo cai de boca naquela melzinho delicioso da buceta, chupe ela por uns 5 minutos.
‘’Amor me come anda, quero gozar no se pau” ela disse
Eu a virei de costas e a penetrei com vontade, infelizmente ela nunca agüentou meu pau inteiro se eu bombasse forte. Então eu media rápido mais não muito forte, por que senão ela se machucava.
“nossa filho da puta, goza vai, por que vo gozar agora, caralhooo ahhhhhhhh, safadooo!!”
Logo depois de gozarmos ela foi ao banheiro limpar a porra e como os pais dela ainda demoraram uns 20 minutos pra volta, eu ainda ganheiro um oral com direito a espanhola. Depois de comermos os pais dela falaram pra gente ir pra piscina do hotel por que ela queriam durmi um pouco (eu não acreditei muito nisso por que depois minha sogra chegou suada na piscina)
Agente desceu e a piscina não estava lotada mais tinha algumas pessoas, acho que por ser meio de semana tinha tão pouca gente. E claro que rolou putaria na piscina. Ela começou a me masturbar com a mão dentro do calção e eu depois de ficar louco de tesão a arrastei até uma sauna que vi que o hotel tinha, nem olhei se era feminina ou masculina só entramos, e para nossa sorte estava vazia foi então que ela me sentou no Banco e subiu encima de mim. Afastou a calcinha pro lada e tirou meu pau pra fora da bermuda pra ficar se esfregando enquanto agente se beijava. Logo ela mesma foi empurrando o pau pra dentro e começou a sentar devagar, subindo até a cabecinha quase sair e depois descento até onde a buceta dela conseguia engolir sem que ela sentisse dor.
“Ai que pau gostoso porra, senti a buceta da sua puta sente, cada sentimetro dela engolindo esse picona sua, cachorro safadoo”
Ela ficou assim até ela começar a gozar e querer meter mais forte. Ai eu agarrei na bunda dela e comecei a ajudar ela a quicar mais gostoso encima de mim. Assim que ela gozo ela ficou de 4 no banco virou e disse.
“Agora é a sua vez de gozar, só não vai muito fundo por que eu quero ter dar muito nesse hotel ainda”
Foi dito e feito eu bombava moderadamente e descontava o resto do tesão puxando o cabelo dela dando uns tapas na bunda e e ainda puxando o tronco dela pra cima pra eu pode masturba-la enquanto eu bombava.
Depois de eu gozar ainda transamos mais 2 vezes naquela sauna, ela teve 3 orgasmos ao todo, e deixamos uma poça de porra no chão e no banco. Quando saímos e voltamos pra piscina minha sogra vinha descendo pra piscina também. Nessa viagem ainda transamos de noite no quarto, em um cantinho das escadas do hotel de madrugada e na piscina, foi delicioso, ela voltou com a buceta esfolada de tanto dar.
Se alguém quiser entrar em contato como já avia dito, seja homem ou mulher, meu e-mail é [email protected] Me manda um e-mail que se quiser te passo meu whatssapp.

Deixe um comentário

CAPTCHA