Perdendo cabaço do cuzinho

Primeiramente quero me apresentar como T. Sou morena 1,65 de altura nem gorda nem magra “gostosa”, serei bem sincera sempre li contos e me melava toda só de imaginar e me por no lugar daquelas pessoas até que enfim decidi contar um pouco das minhas aventuras sexuais também, espero que gostem!
Era um dia meio frio meados de junho, eu estava solteira e sempre fui tarada, sempre gostei de provocar os rapazes por onde eu passava, então naquele dia eu estava decidida a sair com alguém pois já estara quase um mês sem sexo; coloquei um shorts curto bem intalado um fiozinho de cor azul sem sutiã e só com uma jaqueta por cima, pronta pro crime, fui pra rua. Fui andando em direção a vila onde eu moro quando de repente ouvi uma buzina atras de mim eu ja estava acostumada afinal de contas a roupa que eu estava usando condizia com a atitude dos caminhoneiros que passavam por mim, enfim, olhei pra trás e avistei um conhecido meu das antigas bem mais alto, bonito e com um sorriso lindo, perguntou se eu queria uma carona e para onde eu estava indo, falei

LibidGel

que só estava dando uma banda então recebi um convite para entrar no carro e ir com ele; é obvio que aceitei na hora e claro que na minha cabeça eu ja estava prevendo onde isso iria acabar, fomos conversando tal ele entrou numa rua meio deserta perto da casa dele e eu ja fui ficando melada, ele olhava pra mim passava a mão nos meus cabelos falava como eu estava bonita e sexy, que estava com belas pernas e tal, elogiei ele também ai então ele me perguntou: esta namorando? kk ai eu só dei uma risada olhei para o dedo dele não vi aliança alguma então resolvi responder com um jeito mais legal,me calei sai do carro ele também, olheis dentro dos seus olhos e lhe dei um beijo muito gostoso foi então que começou a mão na bunda, nos peitos ele tinha um caralho tão grande que me deixou mais feliz ainda! Porem ele me surpreendeu com um convite, eu ja achei que iria rolar la mesmo estava muito louca de tesão (agora vem a parte que muitos vão ficar de mimimi) ele perguntou se eu ainda fumava um, quem sabe vai entender, e eu que agora com 18 anos ainda fumo, na época tinha 16 disse que sim, então ele me levou ate na casa dele fumamos, e eu piro fico completamente tarada,safada nós estavam,os no quarto dele ai ele pegou umas três camisinhas e me puxou para o bosque na casa dele la no meio do nada nem perdi tempo havia um pano no chão e foi ali a cena do crime kk ja abaixei sua calça e vi aquela pica latejando de tesão por mim, chupei ela toda sem do da minha garganta, era um vai evem, lambia as bolas, e socava enquanto ele gemia, depois ele abriu meu casaco começou chupar deliciosamente meus peitos que são moderadamente grandes (enchem uma mão de homem) e tocava uma siririca em mim e eu que já estava tanto tempo na abstinência já estava quase gozando com o toque das mãos dele, então ele desceu e lambeu meu clitóris e foi descendo e se lambuzando, lambeu meu cuzinho e eu fui estremecendo a cada lambida que ele dava, foi quando eu gozei a primeira vez então ele olhou para mim e disse que era só o começo. Eu estava la implorando para ele me penetrar com aquela imensa daquela pica,me levantei ele se deitou colocou a camisinha e comecei a sentar e quicar no caralho dele eu subia e descia loucamente enquanto ele me dava tapas na bunda e me chamava de gostosa, vagabunda, cachorra e eu pedindo mais.. Ele se levantou me mandou ficar de quatro e começou me penetrar e vamos combinar de quatro é mais gostoso enquanto ia socando na minha buceta ia enfiando o dedo no meu cu e eu falei que nunca tinha dado e também não queria dar naquele dia ele olhou pra mim mandou eu relaxar que se doesse muito ele pararia(só papo) o dedo dele ia entrando e saindo e isso doia e ao mesmo tempo era tão gostoso até que ele gozou, tirou aquela camisinha, pediu pra eu deitar de lado começou massagear meu grelinho e falou relaxa não vai doer, quando eu vi pimba! ja tinha entrado doeu pra caralho mas ele enfiava seus dedos na minha bucetinha e socava no meu toba e eu como estava em uma viajem me sentia atriz de filme porno, comecei a gritar de tesão e mais uma vez gozei, ele começou a dar umas estocadas bem fortes, eu sei que parece que foi tudo rápido mas ate este momento passaram se 30 minutos de puro prazer os melhores da minha vida eu acho. Voltando, ele tava estocando cada vez mais forte até eu perceber que ele gozou no meu cu, que por vez estava sem camisinha e foi muito gostoso ele tirando sua pica grossa do meu cuzinho que agora estava arrombado e cuspindo porra fora.
Ficamos ali mais uma meia hora conversando pelados olhando para o céu, depois nos despedimos com mais uma foda fantástica, fumamos de novo comemos e voltamos ser somente conhecidos de infância, ele me levou pra casa e dentro do carro paguei mais uma gulosa pra ele até ele gozar na minha boca. Obrigado pessoal espero que tenham gostado da minha história! outras virão!

Deixe um comentário

CAPTCHA