Transando com a policial coroa

A coroa policial sou um cara que adora a vida noturna. sempre atras de festas e sexo.certo vez num fim de semana fui em uma raven aqui na minha cidade. muitas pessoas de varias classes sociais participavam da festa. ja era la para 3 da manha e de repente chega uma batida policial. alegavam eles que teriam menores de idade no recinto da festa. ja mandaram desligar o som e todo mundo em posiçao de revista. e ai aquele tanto de PM mais ou menos uns 12 estava ali naquela abordagem. nisso e quando avisto aquele monomento aquela deusa nortica da beleza e gostosura. meu deus nunca havia visto uma pm tao gostosa quanto aquela. ela e uma loirona coroa ja. mas com um par de seios volumosos e uma bunda bem proporcional para seu belo corpo. fiquei louco de tesao quando a vi. vou mencionar um nome ficticio para ocultar sua verdadeira identidade. vamos chama- la de cida. ela quando

revistava as mulheres toda braba e gritando e esnobando chamando todos nos de drogados. e aquilo me deixava com mais tesao vendo aquela coroa policial arrogante e marrenta. foi quando eu falei baixo com meu colega que estava perto. vou mexer com ela vc duvida? ele falou que sim e entao foi o estimulo para mexer com ela. eu modestamente sou um cara boa pinta como dizem por ai sou um rato de academia. entao voltando a cantada eu fui e falei: nossa vc esta esperdiçada aqui na policia em sua gostosa. ai meus caros ela veio duma vez e me deu um chute nas pernas e um tapa na minha cara. ficou bastante tempo a marca dos dedos dela na minha cara.diga se de passagem. ai fomos para a delegacia eu e mais uns 20 pessoas e ficamos ali detidos mais ou menos uma 10 horas na delegacia. depois fomos liberados. o mais engraçado foi que a cida nao deu queixa de minha cantada sobre ela para o delegado de plantao daquela quente madrugada de sabado. e ai passaram mais ou menos umas 2 semanas eu fui em uma festa de bacanas de pessoas ligadas a prefeitura de minha cidade. foi quando eu a vi ali no canto da parede. e ai veio aquele flash me lembrei na hora dela. ela a cida estava fazendo bico de segurança nesse dia foi ai que eu pensei vou la falar com ela fingindo tirar uma duvida com ela de onde era o banheiro. entao ai na hora ela se lembrou de mim mas fingiu que nao se lembrava. mas ai eu fui e falei e vc lembra daquele dia que vc e seus amiguinhos pms fizeram a abordagem la na raven do mineiro. ela desconfersou mas nao teve jeito ela foi e falou que se lembrava. ela foi e falou que eu fui muito corajoso em desacata- la daquele jeito. ai eu fui e pedi desculpa e conversa vai conversa vem ela me perguntou se sou casado eu disse que nao. eu fui e perguntei para ela se ela era casada. e ai veio asurpresa era divorciada e tinaha uma filha de 22 anos. quase da minha idade falei para ela. ela foi e falou que tinha 39 anos e tinha sido mae aos 17 anos. foi quando eu falei que ela era uma coroa bem enxuta pela idade dela. ela foi e deu um sorrisinho safado e disse mesmo e. eu disse sim e parti para o ataque e disse na maior cara de pau vc gostou da minha cantada aquele dia policial cida. ela meio que desconfersou mais confessou que gostou de ser cantada por mim disse ela que ficou com tesao. a i entao falei para ela que por ser divorciada ela estava era com necessidade de rola. entao ela disse quer levar outro tapa na cara? eu disse sim mas so se for em cima de uma cama enter 4 paredes. ela foi e disse fvc e abusado. conversa vai ela foi e me passou seu telefone. no outro dia eu liguei e falei e aquela pendencia entre nos qundo vamos resolver. ela foi e disse vem hj a minha casa depois das 22 horas pois minha filha vai sair com seu namorado e ficaremos a so ate ao amanhecer. fui no horario combinado levando umas brejas. fui e a chamei pelo interfone.ela foi e abriu e quando cheguei na sala para minha surpresa ela ja do quarto me chamava. adentrei no quarto ela fardada de pm mandou eu a satisfaze- la sexualmente ou seria punido. ai foi quando começou o pega para capa. ela foi se despindo me chamando de vagabundo e começou a chupar meu pau e com muita maestria. quase queimei a laragada. ai comecei chupar aquela buceta lisinha e cheirosa. foi quando eu disse quero comer seu cu e prontamente ela ficou de quatro e entao comecei a comer aquele cuzinho apertado da policial cida. fiquei bombando ali por uns 15 minutos e prestes a gozar pedi para ejacular no seu belo par de seios. e la disse goza. eu fui e jatiei aquele meloes. ela foi e disse como uma policial arrogante que e: ta satisfeito seu filho da puta?. e u fui e respondi ainda nao. ela foi e disse porque nao? eu respondi ainda falta isso. fui e saltei um tapa na cara dela e disse agora estamos kits. e ai para minha surpresa ela gostou de ter levado aquele tapa. disse que gosta de levar uns tapinhas. entao galera depois disso eu a comi por varias vezes ate ela ser transferida para outra cidadezinha aqui da regiao. ai perdemos contato. e nunca mai eu a vi ou tive noticias. e entao senhores este foi meu relato aqui para o forum. valeu galera.

Deixe um comentário

CAPTCHA