Minha Primeira vez com meu primo

Era domingo, eu estava no quarto jogando videogame quando meu primo chamado Paulo chegou em minha casa, nos dois carecemos juntos, o que nos tornou bastante proximos e íntimos, ao ponto de fazermos algumas brincadeiras, mas nenhuma comparada com o que viria a acontecer.Nesse dia eu estava sozinho em casa e nem percebi que ele havia chegado la ate que ele entrou no quarto, eu o cumprimentei e o convidei para jogar videogame, ele aceitou e se sentou ao meu lado.Ficamos jogando por muito tempo ate que percebi que ele estava pegando no pau por cima da bermuda, e ao ver aquilo eu fiquei cheio de tesão, ja que tinha muito tempo que não fazíamos as nossas brincadeiras e ficava imaginando como seu pau tinha ficado depois de tanto tempo. Meu primo e alto moreno, musculoso, um colirio para os olhos, eu sou alto, moreno, tenho uma bunda bem

redondinha.Eu fiquei olhando ele massagear aquela delicia sobre a bermuda, estava cheio de tesão nem prestava mais atenção no jogo, so ficava olhando admirado para aquela cena, ate que ele disse com aquela voz grave.___Pode pegar.Não pensei duas vezes e agarrei aquela pica sobre as roupas e fiquei a massageando, perguntei se podia tira la para fora e com sua permissão logo a tinha em minhas mãos nua e crua. E quando a vi levei um susto não imaginava que ela tão grande devia medir uns 20 cm, ela tinha a cabeça grande e rosada e seu corpo era cheio de veias e grosso, aquela pica maravilhosa estava babando e ezalava um cheiro que parecia me hipnotizar a cada vez que eu a masturbava, meu primo vendo que eu estava basicamente controlado pelo desejo colocou a mão em minha nuca e guiou minha cabeça ate eu abocanhar aquele pedaço de carne. Minha lingua dançava sobre ela, eu chupava, lambia, sugava, chupava suas bolas e me empenhava cada vez mais a cada gemido que ele dava, ele dizia coisas como.____Chupa viadinho, como eu senti saudade dessa boquinha, mama seu macho.Eu o chupei por mais ou menos meia ora ate ele gozar e me fazer beber todo o seu leitinho enfiando tudo na minha garganta.E quando eu pensei que tinha acabado, ele me agarrou pela cintura e disse no meu ouvido.____Agora eu vou foder esse cuzinho e encher ele de porra.Eu disse a ele que era virgem e que não aguentaria a pica dele, mas ele ensistia e para falar a verdade eu estava com o cuzinho piscando.Entao ele me colocou de quatro, passou saliva no pau e no meu cuzinho enfiando os dedos me fazendo pirar de tesão, e logo estava forçando aquela pica sobre o meu cuzinho, a cabeça foi dificil entrar e doeu muinto, eu tentei sair mas ele me segurou, ficou parado para eu me acostumar e enfiou tudo de uma vez, eu vi estrelas e quando ele começou a bombar doeu bastente, mas eu me acostumei com a dor e logo estava rebolando naquela pica maravilhosa, ele me chamava de puto, vadio, viadinho do primo, dizia que eu tinha um cuzinho gostoso e falava que ia me viciar na sua pica. Ele quis trocar de posição e então ficamos na posição de frango assado, ele me fodia lunaticamente me fazendo soltar altos gemidos de prazer como se fosse uma puta, o tesão era tanto que eu dizia que queria receber aquela rola todos os dias, então ele se abaixou e me deu um beijo delicioso e anunciou que ia gozar, então ele agarrou o meu pau e começou a me punhetar, gozamos juntos, ele inundou meu cuzinho de porra e eu nunca tive um gozo como aquele antes.Quando ele tirou o pau eu pude ver o estrago que avia sido feito.Depois desse acontecimento fodemos sempre que podiamos mas isso fica para outro conto.Essa historia é verdadeira ,e e o meu primeiro conto  erótico

Deixe um comentário

CAPTCHA