Massagem em mim, caraca que delicia….

Certo dia estava eu de bobeira zapeando pela rede (net), eis que me vem à vontade de procurar uma massagista, olhei vários anúncios, uns bem tentadores outros nem tanto, mas resolvi não sei bem o por que procurar em outras esferas. Achei vários e um me chamou a atenção não tenho dessas coisas mais por curiosidade resolvi marcar uma sessão com o tal massagista.

Chegando no local onde marcamos uma casa simples, mas bem tranquila, pouquíssimo movimento nos arredores, a sala de massagem ficava nos fundos da casa como um puxadinho, mas aconchegante, Marcos me deixou bem à vontade, forte, alto, simpático, mas enfim ele me disse como preferia ficar de cueca ou totalmente nu, pensei comigo a dane-se vou ficar é nu mesmo, nunca tive pensamentos desses mas me senti estranho ao deitar na maca (parecia uma cama de tão firme), então Marcos começou espalhando óleo pelas minha costas, e massageando firme tirando

meu nervosismo em certo ponto estava relaxado ele espalhava óleo e massageava, estava muito gostoso por sinal. Em dado momento não sei em que hora ele tirara toda sua roupa, e perguntou se queria completa a massagem, eu disse que sim, sua mão passeava pelo meu corpo então me virou de costas e massageava minhas pernas, chegando bem perto da minha bunda, então teve um momento em que ele foi além e abriu minha bunda e espalhou óleo bem no meio e passava o dedo no meu cú, caralho velho que sensação estranha e gostosa ao mesmo tempo, (não sou homossexual, mas adorei a sensação), a cada passado dos dedos dele eu arrepiava e meu cú piscava não dava pra controlar, então ele voltou para perto da minha cabeça eu estava com a cabeça para o lado e ele bem devagar passou a língua na minha nuca, arrepiei até os cabelos do cú literalmente, senti seu pau pulsando perto da minha boca, e ele falou bem baixinho (CHUPA BEM GOSTOSO VAI, VOU TE DAR TRATAMENTO ESPECIAL), abri a boca e pude sentir seu pau entrando até chegar no fundo da minha garganta, ele bombava na minha boca e ao mesmo tempo alisava minha bunda.

Então ele desceu abriu minha bunda novamente e meteu a língua, nessa hora não resisti e soltei um gemido, ele entendeu e estava a ponto de fazer algo que eu nunca tinha feito lambia meu cu e chupava meu pau e minhas bolas caracas estava quase gozando com as linguadas que estava tomando. Então ele parou por um breve momento e então senti mais óleo escorrer no rego, então senti seu peso em cima de mim, na hora deu uma travada nunca alguém tinha me comido, mas naquele momento eu senti que era o momento, fui relaxando e senti o pau dele bem na entrada , então ele me disse bem suave, relaxa não vou te machucar, fui relaxando então senti a cabeça daquela rola me invadindo, nossa que delicia, devia ter uns 20 cm aquele pau, então eu não resistindo mais soltei outro gemido e senti seus pelos pubianos encostarem na minha bunda, doeu pra caralho aquilo tudo dentro do meu cu, ele ficou imóvel por um período, até eu me acostumar e ficar mais relaxado, então começou a bombar devagar e passou mais óleo para poder meter em mim com vontade, nessa hora eu já não sabia mais o que estava fazendo, eu rebolava

sentindo aquele pau entrando até o talo e saindo até quase a cabeça, cada estocada vigorosa que ele me dava, eu sentia mais tesão com a situação, meu pau latejava de tão excitado que eu estava, ele então saiu me deixando um vazio momentâneo me virou de frente apoiou minha pernas em seus braços e enfiou de novo aquela Jeba em mim, nunca senti tanto tesão assim na vida meu pau pulsava e babava eu rebolava feito uma puta naquela vara, então senti o pau dele latejando dentro de mim, estava tão gostoso que eu gozei sem ao menos tocar no meu pau, ele não parava de me enrabar e gozar parecia que não comia alguém a meses. Fiquei de perna bamba, meu cu estava piscando ainda com tudo que tinha acontecido. Então ele me ofereceu uma ducha para tirar o suor daquele ato, fui me banhar então esfregando meu corpo pude sentir o estrago feito meu cu estava meio alargado porque ele além de grande era grosso também, nem percebi o momento mas ele também veio se banhar comigo e não aguentou me comendo de novo

dessa vez embaixo do chuveiro meu pau ficou duro na hora, Marcos estava muito excitado pois nunca havia comido um cuzinho tão apertado como o meu, ainda mais sabendo que tinha tirado meu cabaço, o que o deixava mais entesado ainda, bombou forte em mim e pediu pra mim ajoelhar pois encheria minha boca de porra, ajoelhei e pude sentir sua gala bater no fundo da minha garganta. Foi estranho mais foi maravilhoso fazer e sentir tudo o que senti naquele dia…, ele ainda me disse que poderia procurar novamente seus serviços que da próxima poderia melhorar a tratamento, estou tentado pois ele disse que poderia fazer a massagem a 4 mãos com um amigo dele.. estou pensando

Comentem a vontade…

6 comentários sobre “Massagem em mim, caraca que delicia….

  1. Tenho vontade de tira uma virgindade de uma novinha conhecer mae e filha ou ter uma casada na frente do marido ou ser amigo de uma familia safada rsrs
    Estou aqui pensando sera que ter mae que da para o filho mesmo?
    Me chama no zap vamos bater um papo meu zap e 11947841246 Amo loirinha branquinha deve ter a bucetinha rosinha

  2. Eu tenho muita vontade de dar para um massagista, e tem um bem interessado em me comer, entrei em contato com ele pelo Whts, e ele fica mandando vídeos em que ele come os clientes, adoro ser putinha, só estou aguardando o final deste confinamento para ir ao encontro dele, adoro dar meu rabinho para homens bem dotados, sempre gostei desde criança sempre fui o putinho dos machos que modelaram meu corpinho, meu corpo tem o formato bem feminino, cinturinha, bunda lisinha, coxas grossas bem lisinhas, apertadinho, e muito puta, sou gauchinha de Porto Alegre, caso haja interesse estou a disposição de homens maduros e bem dotados, voltando ao massagista, quero muito deitar na maca e me entregar totalmente a este macho gostoso, meu e-mail…[email protected], se tiver alguém de Porto Alegre ficaria muito feliz em poder entrar em contato, na cama….na cama sou uma puta, na rua um cidadão comum estou carente precisando muito de homem.

Deixe um comentário

CAPTCHA