Casado Safado chupando meu amigo

Após ter partilhado com meu amigo também casado, que via fotos e filmes em que travestis e garotos transavam e se tocavam e ele também me confidenciar que também fazia e se excitava muito e ate se masturbava, confidenciamos que gostaríamos de fazer essa experiência, mas na nossa condição héteros, casados e sem nenhum sentimento homossexual, resolvemos compartilhar um vídeo em que jovens militares, bonitos bem feitos se excitavam e transavam entre si. Ele veio ate meu trabalho, em final de semana, em que fazia um horário extra, e conectei na internet e começamos a assistir o vídeo e fazermos comentários sobre os jovens envolvidos no vídeo 05 rapazes americanos bonitos e corpos malhados sem exagero e membros normal como os nossos.

Estávamos muito encabulados e não conseguíamos firmar o olhar no olho do outro, pelo constrangimento e revelação, que corpos de homens, estavam nos excitando. Eu pessoalmente estava tão nervoso, que meu pau tinha muchado, embora eu tivesse tido uma pequena ejaculação e estava todo molhado, e ele com um volume, que mesmo usando uma calça folgada social, dava pra notar sua ereção.
Eu fazia comentários das bundas lindas e dos pênis lindos também, um assim outro de outra forma, uns mais grossos outros mais finos uns mais longos outros menores……Acabado o filme, ele falou que já ia embora, se desculpando, e dai perguntei se ele estava de pau duro, o que ele afirmou que sim, e que desde que sairá de casa estava de pau duro, o que pedi a ele para ver.
Ele então levantou-se e eu apalpei seu pau por cima da calça, o que ele soltou um suspiro, falando que nunca tinha pensado que poderia acontecer isso com ele. abri seu cinto e desci sua calça, me deparei com aquela imagem, o pênis rijo forçando a cueca, abaixei a cueca e o pinto colou na barriga dele, de tão duro, e se formava uma gota de esperma em sua glande toda exposta, pois tinha feito fimose.tiramos toda a nossa roupa e mostrei a ele que eu estava sem ereção porque estava super nervoso.
Perguntei pra ele se poderia provar dar uma chupada em seu pau, o que ele afirmou que sim.então puxei ele para junto da cadeira e puxei o pau dele para afasta-lo da barriga e coloquei a glande em minha boca e comecei a lamber e beijar e dizer pra ele que era gostoso esta chupando ele, pois era meu amigo e eu confiava nele, então ele segurou minha cabeça e começou a fazer os movimentos, como se tivesse fudendo e eu engolia toda a sua extensão peniana, ate chegar a minha garganta, o que me dava anciãs, e fui desenvolvendo a felação com base no que via nos videos de mulheres chupando e garotos chupando, até que ele anunciou que estava chegando e iria gozar e tentou se afastar de mim, mas eu pedi para que gozasse em minha boca, o que achei estranho mas muito excitante, três grandes esguichadas de porra cremosa e branca, engoli a primeira a segunda, e fiquei curtindo o sabor e viscosidade da terceira esporrada forte brincando com seu pau na boca e sorvendo as gotas que advinham daquele gozo tremendo, ele ficou na ponta dos pés na hora da ejaculação e me fodia a boca como se fedesse uma buceta.
Olhei para ele, com um fio de porra escorrendo de minha boca, o abracei e agradeci por ter realizado meu desejo de chupar um pau e sentir toda a ejaculação e gosto de seu esperma, que tinha um sabor diferente de tudo o que havia provado.
Eu estava agora com vontade de aproveitar a situação e completar a experiencia de ter um macho me comendo a bunda, então perguntei, você quer me comer?, ele afirmou que queria tudo o que tinha direito.
Falei pra ele que fosse devagar pois o comentário é que doía muito, então encamisei aquele mastro que tinha acabado de sugar, passei vaselina em meu cuzinho e coloquei um dedo depois dois dedos, e deitei de bruços por cima de um bureau e afastei as pernas. Ele começou a passar o pau em mim e procurar meu orifício anal, para alojar aquele pau que antes só havia percorrido canal vaginal de sua esposa, em atos de papai/mamãe.
Quando encontrou meu cuzinho foi forçando e forçando ate que senti uma dor alucinante com um ardor terrivel, pedi para que parasse e novamente bezuntei meu anus com pomada e a extenção de sue pau.
Ele estava muito agoniado e doido para meter em mim a todo custo e foi forçando e eu gemendo e choramingando, quem pensar que dar o cu não doí, que se atreva para ver, sabendo que depois vai querer de novo, rsrsrsrsrs
De repente senti seus pentelhos em minha bunda, e eu todo arreganhado sentindo aquele pau lindo dentro de minhas pregas.
Ele começou a me foder, me segurando pela cintura e ardia e doía, mas era gostoso partilhar com meu amigo, aquela experiencia de ser sodomizado por ele, e ele metia com vontade e gemia e dizia que meu cu era gostoso e apertadinho, que se soubesse disso a mais tempo ja teria me comido, dai comecei a rebolar e me jogar para traz e sentir aquela foda mais intensamente, mesmo que me custasse passar uns dias assados.
Meu pau começou, mesmo mole a soltar líquidos seminais, que seria um pregozo e ele anunciou que iria gozar, e o fez entre urros e gemidos e ficou metendo ainda um pouco, até que pedi para ele tirar, e aproveitei para com um espelho olhar e mostrar a ele que ele tinha tirado o meu cabaço anal, ele riu e disse que tinha sido bem legal, e que eu tinha me comportado legal e que as reboladas e as metidas em seu pau tinha marcado que nunca esqueceria aquele dia. Retirei a camisinha que tinha ficado suja de fezes, e limpei seu pau com uma toalha.
Fomos ao banheiro nos banhar e ali demos a nossa segunda trepada, encostado na parede inclinando meu corpo para traz e arrebitando minha bundinha pra ele. ali já foi mais tranquilo e fui comido pela segunda vez nessa tarde, o que ele fez coladinho em meu corpo e metendo seu pênis com força em minha bunda e anus, e estávamos embaixo do chuveiro, ele apertando meus mamilos que estavam durinhos e falando que meus peitinhos eram gostosos, imaginei eu sendo minha esposa naquela hora e sendo comida por ele, desejei ter uma buceta, para transar sem limites e pudor, até falei pra ele do que tinha pensado e que gostaria de velo comendo a minha esposa, enquanto eu chupava sua buceta, para sorver os líquidos misturados dos dois, mas isso ficara para uma segunda história

9 comentários sobre “Casado Safado chupando meu amigo

  1. Ola GIL eu tbm sou casado , comecei a dar o CU em agosto de 2012 , no inicio me sentia muito mal depois da foda , em culpava muito da minha atitude de ser VIADO , tentei demais parar com isso , mas não consegui , com o tempo tive que aceitar minha situação de ser VIADO ,mesmo casado com mulher e sendo pai de familia continuo dando a BUNDA , meu tesão no cu é insaciável , não consigo ficar 3 meses sem dar o RABO , como tenho tesão demais resolvi colocar um anúncio no site VIVA LOCAL e deu certo cara , consegui um amante um NEGÃO PAUZUDO casado tbm e hoje somos amantes , ele gosta de falar que é meu MARIDO o que me da mais tesão ainda , a gente mete todo fim de semana .
    Se quiser minha amizade meu imail é [email protected]

Deixe um comentário

CAPTCHA