Minha esposa buscando nova pica

Olá, Tenho uma esposa linda, pequeninha, deliciosa, sorriso fácil, encantadora e carinha de sapeca, corpinho de menina até hoje. Ela tinha 18 anos quando nos casamos, temos filhos e estamos casados a muitos anos. O amor não acaba, mas a tesão diminui. Eu, sempre tarado e muito safado, ela mais conservadora. Mas com o tempo as coisas vão perdendo aquele fogo na cama. Para apimentar a gente está sempre em busca de aventuras, novas emoções. Eu sempre fui muito safado, tudo começou assim, o relacionamento foi esfriando para dar mais tesão começava a falar besteira no ouvido dela, observava que o seu corpo pegava fogo, daí a gente metia gostoso. Ultimamente nem isso estava fazendo efeito. “Lembrando que aqui a gente conta só aquilo que realmente valeu a pena, fatos que fez ela

pegar fogo e a gente trepar gostoso depois”. Desde a primeira vez que disse que queria vê-la metendo, rebolando em outra pica ela deixou bem claro, eu não deixo você sair com outra. Eu, lógico concordei. É ela minha tesão. Desta vez a convidei para ir a um barzinho, começamos a tomar uma cervejinha, batendo papo e logo eu lhe disse; estou querendo te fazer uma proposta ousada. Está pronta para brincar? Ela deu de ombro e disse; Depende. O que é desta vez? Pensei em você todo sábado ou domingo a tarde sair para se divertir. Encontrar uma pica nova para você rebolar, se divertir. Você sai para esses shopping, lojas em busca de aventura. Veste uma roupinha linda e sai por ai

em busca de novas emoções. Se acontecer ótimo, caso nada aconteça nos divertimos. Ela disse; se você quer porque não querer? Falou assim me olhando com aquela cara de safada que a tempos não via. Definimos alguns limites, e vamos nos divertir. Sábado seguinte a safada se arruma e sai toda lindinha, fiquei tarado quis pega-la ela disse; Nem pensar! Agora vou a caça,você não quer? Agora sou eu quem quero, disse. Verificamos que o celular estava carregado e que iríamos nos comunicando por whatzap. Eu já estava de pau duro, imaginando. Ela foi para um pequeno

shopping no centro da cidade, bem frequentado, por pessoas bonitas. Sentou, pediu um drinque e ficou ali observando o movimento e conversando comigo no whatzap. Logo um homem mais ou menos de sua idade, uns quarenta e poucos anos senta em uma mesa bem perto e algum tempo depois lhe dirige a palavra. Ela sorriu e respondeu. O papo foi rolando, ele sentou em sua mesa e foram conversando. Logo ele observou pela aliança que ela

era casada, ela disse que sim. Papo vai, papo vem, depois de algum tempo ela levanta para ir embora dizendo que já era tarde, ele se oferece a leva-la. Ela foi saindo e ele a acompanhou até lá fora onde o carro dela estava estacionando, pediu o telefone, ela lhe passou e disse para que ele tomasse cuidado que seu marido era ciumento. Dias depois eles começaram a trocar mensagens e eu curtindo. Marcaram de sair em um sábado a tarde. Fiquei tarado, louco! Depois que eles começaram as trocas de mensagens nossas transas melhoraram, o corpo dela pegava fogo, uma delícia

trepar assim. Mas ela não abriu mão, queria sair com ele. Dias depois ela saiu com o Fabio. Me prometeu que ligaria pra mim e deixava o telefone no viva voz debaixo do lençol para que eu pudesse ouvir tudo. Foi uma delícia, a safada chegou em casa já escurecendo acabada.. Ela trepou muito, gozou como a muito, por outro lado bati muita punheta, gozei como a muito não gozava também, uma tesão diferente, não sei explicar. Depois que chegou em casa, toda carinhosa, me pediu desculpas, estava muito cansada, tomou banho e dormiu a noite toda. Na manhã de domingo encostei em seu corpo ela estava pegando fogo! Tirei sua roupa, chupei ela todinha, beijamos na boca como dois adolescente, metemos até ela desfalecer. Em outro momento ela me contou mais detalhes que me deixou mais tarado ainda.

2 comentários em “Minha esposa buscando nova pica”

Deixe um comentário