Uma noite alucinante

Sempre fomos bem reavidos na vida, eu vinha de duas separações ela também.
Nossa vida sexual sempre foi à todo vapor sem preconceitos ou tabus. O melhor é que combinamos em tudo vida e prazer, mas como tudo veio a rotina e uma calmaria chata, mais o desejo era o mesmo , buscando achar uma saída compramos alguns filmes de sexo para apimentar, ela escola do gosto dela e ei do meu gosto, no que era quase a mesma coisa, eu escola de sexo à três com duas mulheres e um homem e ela de suruba o que percebi que alucinava ela.


Nossas transas ficaram intensas , até que numa dessas ela falou , podíamos experimenta uma loucura dessa, fiquei surpreso e pensativo, estávamos transando e ela passou a narrar como seria ser pega por dois ou três homens enquanto eu me dividia com outras mulheres.
No calor do momento me deixei levar pela sensação daquela narrativa e fui as nuvens.
Terminado tudo fiquei quieto pensando, mas ela quebrou o silêncio questionando se faríamos mesmo, pois percebeu que eu havia gostado da ideia, confesso que gostei , mais assimilado a ideia de ver outro homem fodendo minha mulher, mais no decorrer dos dias e principalmente na hora do sexo, e ficava tagarela sobre o assunto até numa dessas acabei concordando, então ela se liberou de tal maneira que transamos até esgotar naquela noite.
Passado os dias ela contou que revelou para uma amiga do trabalho sobre o assunto e que à mesma também era casada e adepta de tudo relacionado a troca de casais e tinha nos convidado para uma festinha na casa de alguns amigos que também praticavam troca de casais, fiquei nervoso e inseguro mais ela não para de falar o quanto seria bom para nós, sábado a noite eladisse.
Chegamos as nove com a amiga dela e seu marido que não tirava o olho de minha mulher rornando-se o guia para tudo naquela festa bebiam vinho enquanto eu tomava cerveja, por volta das 0h fomos convidados para piscina onde todos ficaram à vontade despindo-se de suas roupas , minha mulher olhou-me e fez o mesmo no que acompanhei , entramos todos na piscina no que começou rolar uma pregação as mulheres revesavam entre as bocas dos homens sem rodeios enquanto eu beijava duas minha mulher passava de mão em mão daqueles homens, no que Sílvia falou, é sangue novo todos querem provar , saímos da piscina e ficamos na sala onde rolava uma música lenta e sex , Sílvia que me beijava na piscina passou à chupa meu membro enquanto eu buscava ver o que minha mulher fazia, ela se revesavam num boquete entre dois paus , claro um do marido de sua amiga que não a deixava solitária , comecei um 69 com sua amiga enquanto todos faziam o mesmo, comecei um frango assado na amiga dela, quando vi o marido da amiga gozando na boca de minha mulher que engolia tudo enquanto o segundo penetrava sua vagina , num impulso levantei e lhe dei um beijo de língua sentido o cheiro do esperma que havia bebido.
Éramos quatro casais e todos se revesavam em minha mulher por ser nova no grupo gozando hora na boceta hora na boca, depois cada um buscou sua parceira para satisfaze-la , minha mulher estava com o rosto es os peitos melados de esperma sua boceta escória leite daques homens , mais seus olhos brilhavam de prazer, me abraçou e me beijava de língua dizendo que me queria do jeito que estava, me deitando na mesa da sala por cima de mim começamos um 69 me fazendo sorver todo esperma que escória da boceta.
Foi uma nite de loucuras gostosas que repetimos sempre que podemos.

Deixe um comentário

CAPTCHA