Dividindo a minha esposa com um amigo

Minha esposa é muito fogosa, fomos passear em Porto Seguro, ela com seu mini biquini audacioso, estavamos numa barraca de praia, tomando uns drinks, quando chegou meu amigo que por sinal, haviamos combinado de nos encontrar ali, me cumprimentou e sentou-se entre nós, deu um beijo discreto na bochecha dela, ele e moreno , porte atletico, e nós somos branquinhos, ficamos ali batendo papo por algum tempo, após algumas rodadas, chamei ele para ir ao hotel onde estavamos hospedados, chegando lá, tomamos um banho e continuamos a beber e bater papo no sofá, minha mulher estava de vistidinho curto com sua coxas aparentes, com o relaxamento pela bebida, notei que meu amigo olhava demais para as pernas dela, ela também percebeu, notei ela meio que sem graça, mas sabia que

ela estava com muito tesão devido a situação, pois essa situação que nos encontravamos, era analoga a varias outras relatadas em contos eroticos que liamos, e isso com certeza mexia com nossas cabeças, estávamos nos vendo nesses relatos, logo, imaginavamos o que podia ocorrer, considerando o fato de que ela adora um moreno, tudo conspirava a favor, meu pau ja estava duro, só de pensar, mas não tinha certeza de nada, continuamos bebendo e o clima esquentou, pensei comigo, é agora ou nunca, na primeira brecha puxei assunto sobre sexo, e indaguei ao amigo se ele estava sozinho, ele disse que sim, e disse ainda que na cidade existia muitas opções, e relatou que existiam até casais que gostavam de um terceiro no relacionamento, nesse caso outro homem, ele mesmo já tinha participado em um caso assim, isso despertou o interesse de minha mulher, e ela, fez algumas indagações, meu amigo percebeu

maudade nas perguntas dela e todos já desejavamos que rolasse alguma coisa, só faltava o pontapé inicial, foi quando ela olhando e sorrindo pra mim disse, amor, lembra daquela conversa que tivemos semana passada, eu disse sim, então ela virou-se para nosso amigo e abriu o verbo, perguntou se ele toparia participar do sexo conosco, e que seria nossa primeira vez, claro que ele concordou, em seguida ela tirou o sutien deixando a mostra aqueles seios maravilhosos, e ofereceu ao nosso amigo que já massageava sua rola, ela então, passou a massagear a rola dele por cima do shorte, enquanto ele mamava em sua tetas fartas e deliciosas, ela me chamou para perto e lascou um beijo guloso em mim, virando aquela bunda maravilhosa para ele, fiz um sinal positivo e ele sem demora veio e encaixotamos ela entre nós, como estávamos de short, nossas rolas pularam pelo lado de tão dura, roçavamos nela, até que ele abaixou sua calcinha, deu umas roçadas em sua bunda, e virando ela para ele, abaixou-se e começou passando a lingua em sua chana indo até seu cuzinho, aquela cena não sai da minha mente até hoje, agora ela já

chupava o pau dele e eu lambuzava ela todinha roçando em seu rabo, sua chana estava encharcada, eu estava preparando ela para receber a tora do nosso amigo que não era pequena, depois de algum tempo nessas prelimonares, fomos para a cama,, ficamos eu e ela na cama nos amassos, nosso amigo assistia e se masturbava , seu pau estava muito duro, naquela brincadeira, minha mulher se ajoelhou, eu entrei por baixo dela e comecei a chupar sua bucetona, nesse momento, meu amigo veio por trás dela e encaixou sua rola nela, eu chupava a pontinha do se grelo e via a rola dele entrar e sair todinha de dentro dela, ela gemia como uma cadela, que maravilha, eu chupando a boceta dela, ela de quatro em cima de mim chupando minha rola, e aquele pauzão entrando e saindo de dentro dela, nosso amigo não aguentou e gozou dentro dela, vi seu pau saindo todo melado dela, fomos tomar um banho nos tres, e brincando de deixar cair o sabonete, quando ela se abaixou pra pegar, meu amigo segurou ela pela cintura, e dessa vez eu ajudei, abri as nadegas dela e vi ele ajeitar a cabeça do pau na entradinha do cuzinho dela que rebolando foi deixando entrar aquele cacete todinho dentro dela, ele tirava aquele cacete do cuzinho dela e empurrava tudo

novamente, e novamente eu abaixado chupava a boceta dela, ate que ele gozou novamente, só que dessa vez no seu cuzinho, ai ele tirou o pau de dentro dela, terminamos o banho e voltamos para o nosso quarto, começamos a beber mais cervejas, e logo recomeçamos a brincadeira, mais dessa vez eu só assistia, ela começou pagando um novo bouquete nele, e quando seu pau estava o mais duro possivel, ela pediu para ele colocar tudo nela, ficou de quatro novamente na beira da cama, e ele encaxou sua rola que deslizou facilmente para dentro dela, que cena, as estocadas eram freneticas, seu gozo agora demorava, afinal já tinha gozado duas vezes, ficaram assim por bem uns 15 minutos até que gozamos os três juntos, sem que tivessemos combinado nada, eu na punheta claro, depois comentamos e rimos muito com tudo aquilo que aconteceu, anoiteceu nos vestimos fomos para um barzinho na cidade, muita musica, dança, bebida pegação, e tarde da noite fomos para o apartamento e começamos tudo novamente, ela

insasiavel dava o cú pra mim enquanto chupava ele, depois mudava, dava o cú pra ele e me chupava, faziamos dupla penetração, eu metia no cú dela ele na boceta, depois eu na boceta ele no cú, tratamos ela como uma verdadeira puta, minha puta, ela gozou muito, no fim, pedi pra ele gozar na boquinha dela, ela estava doida para sentir outra porra em sua boca, ele esporrou tanto que ela até engasgou. Foi tudo inesperado mas muito bom, queremos repetir muitas vezes, como valeu apena, deviamos ter feito isso a mais tempo, quem nunca experimentou deve experimentar, afinal só se vive uma vez..

1 comentário em “Dividindo a minha esposa com um amigo”

  1. Tenho vontade de tira uma virgindade de uma novinha conhecer mae e filha ou ter uma casada na frente do marido ou ser amigo de uma familia safada rsrs
    Estou aqui pensando sera que ter mae que da para o filho mesmo?
    Me chama no zap vamos bater um papo meu zap e 11947841246

    Responder

Deixe um comentário