Levando leite na bucetinha

Tenho 19 anos,morena, alta, seios bem grandes, bunda média, porém redondinha, coxas grossas. Desde de nova sempre chamei a atenção dos homens na rua e isso me deixava louca, porém só perdi a virgindade com 18 ( contarei em outro conto). Enfim, esse rapaz já conhecia desde os 13/14, ele ficava com uma amiga minha e eu um amigo dele, dps ficavamos anos sem nos ver e voltamos a nos falar no Facebook, dps WhatsApp e já foi aquele fogo, de que a gnt queria foder loucamente.


Então, marcamos dele vir na minha cidade ( 30 minutos da dele), aconteceu q no dia eu menstruei e, disse para deixamos para outro dia, e para minha surpresa ele disse que não se importava e que queria muito me comer, aquilo me deixou doida de tesão.
Enfim, ele veio, nós fomos para um lugar mais afastado, em frente a uma creche q tinha uns bancos para ajudar rs
Eu estava de macacão, bem curtinho, e com decote q deixava meus peitos quase pulando para fora. Chegando lá, ele já veio me beijando loucamente, me passando a mão, já botou meus peitos para fora e mamando tão gostoso, que eu já estava toda molhadinha, sentei no banco e ele ficou em pé, e comecei mamar aquela pica enorme ( 20 cm e grossa, MDS) ele dava cada gemido, eu enfiava tudo na boca, chupava as bolas. Aí ele pediu para ficar de 4, logo fiquei, mas minha bct é bem apertadinha, não entrou. Então, ele sentou e fui sentar nele, de costas e entrou tudo, senti me abrindo, e sentava com força e gemendo gostoso, rebolava, ele batendo na minha bunda, eu olhava para trás com cara de safada e ele ficava doido com isso.

Ele disse que ia gozar, logo me pedi para gozar na minha boca, já ajoelhei de boca aberta, mas não gozou. Deitei no banco ele veio por cima, metendo gostoso e eu pedia mete com força na sua puta e ele ia,
” vai, fode essa cachorra” como ele gostava, me chamava de vadia, de gostosa, de puta, confesso que isso me deixa louca.
Aí, ele me botou de 4 e foi socando e eu pedia mais, me batendo, e eu falei continua que eu vou gozar, nisso ele me deitou no banco de novo, e foi metendo e eu falando” vai faz sua puta gozar” mete na minha bucetinha” ” vai com força” e ele ia, eu ainda puxava sua cintura para sentir aquela tora bem lá dentro. Nisso eu gozei, dei um gemido baixinho, e tremi as pernas ele percebeu e foi bombando mais forte, que eu sentia batendo no útero, ele começou gemer e gozou dentro da minha bucetinha e que delícia, ele tirou o pau e senti escorrendo aquela porra quentinha, passei o dedo e chupei, ele sorriu todo satisfeito.
Transamos outras vezes.
Ps: hj ele é noivo e eu tô doida para fazer aquela magrela de corna, e gozar gostoso naquela pica e ele me fazer de puta.

Deixe um comentário

CAPTCHA