Sobrinha Safada Sabe Como Meter com Vontade

Eu tenho 35 anos, sou casado a algum tempo e minha cunhada depois que se separou do marido veio morar aqui com a gente e de quebra trouxe a filha, uma garota linda chamada Camila, que tem 18 anos e tem uma carinha de safada. Ela adora ouvir funk e ficar dançando pela sala usando um shortinho.

Sexo Por Telefone

Várias vezes já peguei a safadinha fazendo isso e corri pra o banheiro para tocar uma bronha. Minha mulher e minha cunhada trabalham juntas num call center e por isso as vezes elas dão plantão e eu acabo ficando só em casa com minha sobrinha e confesso que nunca foi fácil ver essa gatinha dos peitinhos durinhos, bunda empinadinha e cara de ninfeta ali todos os dias e ter que me acabar na punheta, mas a minha sorte acabou mudando depois de um tempo.

Um dia nossa relação mudou de uma forma que ela começou a ser mais descarada a ponto de andar de calcinha e sutiã pela casa eu que não resistia as vezes dava um tapa na bunda dela, até que a coisa foi evoluindo e comecei a tocar nos peitinhos dela. Eu sabia que ia ser só questão de oportunidade comer a minha sobrinha e sabia que ela também tava doidinha pra me dar.

Eu um dia na madrugada sabendo que a Camila tava no quarto dela, tirei uma foto do meu pau e mandei para o whats dela e ela ficou doida, disse que eu era muito safado e mandou uma foto da boceta dela. Foi a primeira vez que eu vi, era uma delícia, toda lisinha e com um grelinho gostoso saliente. Eu tinha que meter o pau naquela gatinha logo, eu não tava aguentando mais comer minha mulher pensando nela.

Esse ano, no comecinho do ano minha esposa e a minha cunhada estavam tirando muito plantão pra fazer uma graninha extra e aí eu fiquei todo animado e combinei com a Camila da gente fazer alguma coisa. Ela topou e quando as duas saíram eu fui para o quarto dela umas 19 horas.

Avisei que ia tomar banho e pedir uma comida pra gente e assim que chegou ela desceu toda sexy usando um shortinho e um sutiã preto bem pequeno que deixava seus peitos quase pulando pra fora. Na hora minha rola ficou dura, sentei na mesa e comecei a comer mas ela não queria saber de comida, ela veio pra perto de mim, se ajoelhou e começou a beijar meu cacete por cima da bermuda.

Enquanto fazia isso ela me olhava com uma carinha super safada que me deixava doido. Ela de repente botou pra fora da cueca e desceu a boca na minha pica que tava dura e latejando de tanto tesão por essa garota gostosa. Ela sabia bem o que tava fazendo, eu achei aquilo tudo uma loucura mas eu tava no paraíso, finalmente ia comer minha sobrinha.

Finalmente senti sua boca no meu pau

Ela ficou ali me chupando enquanto eu tocava nela inteira, apertava seus peitinhos e toquei na sua buceta pra ver como tava e quase meus dedos entram de tão molhada que ela tava e exalando um cheiro gostoso de mulher. Antes que eu não aguentasse e gozasse na boca dela, peguei ela pelo braço, joguei ali em cima do sofá e abri bem as perninhas dela.

Comecei a linguar aquela bucetinha gostosa e deixei minha sobrinha se contorcendo todo, a safada tava sem calcinha, então só foi tirar o short e me acabar naquela buceta gostosa do caralho. Ela tem um grelinho gostoso todo durinho e uma xaninha bem inchadinha, do jeito que eu adoro, aí deixei ela doida quando comecei a chupar gostoso, a sugar aquele grelo enquanto ela gemia e se contorcia toda.

Eu comecei a lamber o corpinho inteiro dela, chupei o bico dos seios, ela começou a gemer, a pedir pra eu chupar com mais força e foi de um jeito que deixei até uma marca. Eu tava sem aguentar e pedi pra ela deixar eu comer ela todinha e ela só respondeu com um sorriso safado que fez meu pau latejar mais ainda.

Abri mais as pernas dela, fui no quarto, peguei uma camisinha e meti de uma vez só enquanto apertava seus seios durinhos e metia a boca neles. Ela delirou no meu pau, gemia, respirava fundo, falava que tava uma delícia, que minha pica era grande e gostosa e modéstia parte meu pau é grande e bem cabeçudo.

Ela pedia mais e eu socava com força, meu pau escorregava muito fácil dentro dela de tão lubrificada que tava. Ela uivava como uma cadela, não aguentou a pressão e acabou gozando antes de mim, tremeu toda, apertou meu pau com sua buceta e ficou respirando fundo.

Eu chupei ela mais uma vez, botei de quatro, dei um tapa naquela bundinha linda dei uma olhadinha no cuzinho dela todo rosadinho e fiquei louco pra comer, mas ela é toda fresca disse que doi e me deixou só na vontade de fazer anal.

Passei os dedos na entrada do seu cuzinho, esfreguei meu pau, fiquei batendo com minha pica na bunda dela e ela empinava e rebolava gostoso, então eu soquei, atolei meu pau todinho na buceta dela, segurei a putinha pela cintura e comecei a controlar a foda, trazendo ela pra frente e pra trás para entrar tudo de uma vez só.

Ela ficou doidinha, me chamou de safado, disse que minha pica era a mais gostosa que já tinha fodido ela e que ia querer me dar sempre. Meti, fiz ela gemer mais, não demorou e eu sabia que ia gozar então avisei pra ela e pedi pra ela me chupar. A safada me chupou e quando o gozo veio soltei um jato forte de porra na boca dela, ficou escorrendo pelo queixo e ela ficou lambendo o resto que saia da minha pica.

Foi uma delícia, no outro dia perguntei se ela gostou, ela disse que sim mas que tava morta de vergonha porque eu sou o tio dela, mas deixei ela tranquila e disse que ninguém ia ficar sabendo. Aí até hoje quando a gente tem uma oportunidade eu como minha sobrinha.

1 comentário sobre “Sobrinha Safada Sabe Como Meter com Vontade

Deixe um comentário

CAPTCHA