Cunhadinha

Cunhada Ruiva, Olá me chamo Thomas tenho 20 anos, namoro com a Bruna, ela tem sua irmã a Paula novinha 18 anos branca ruiva, só que vamos ao que interessa, meu relacionamento não estava tão bem até que certo dia Paula veio passar uma temporada na nossa casa, eu não começo não sentia nada devido ainda tá focado no meu relacionamento, porém minha Cunha chegou e as brigas com minha mulher começou a crescer mais e mais, até que um dia ela foi trabalhar e fiquei sozinho com a irmã dela, começamos a conversar sobre muita coisa, a gente a cada dia que passava ficava mais próximo, já tinha passado duas semanas eu e minha mulher já não tínhamos mais aquele mesmo fogo, nem estávamos saindo também, até que um dia a gente resolveu sair os 3 juntos, minha mulher é linda, corpão, e no dia que a gente estava começando a arrumar as coisas pra sair de noite, lá eu e minha mulher brigamos de novo, ela saiu foi andar no parque com raiva, eu fiquei em casa e minha cunhada estava em casa e perguntou.


-thomas já tem muito tempo que vocês estão brigando o que aconteceu, parecia que vocês se davam tão bem.
Eu fui e falei que tinha visto umas mensagens de um ex da irmã dela e falando coisas bem pesadas e fora a festa que ela foi com uma amiga do trabalho e acabaram ficando e eu perdoei.
Minha Cunha olhou bem e disse não esquenta com isso amanhã a gente fala mais, foi para o quarto e eu fiquei na sala até que minha mulher chegou a gente resolveu sair e fomos juntos até um restaurante , na hora eu estava no meu quarto minutos antes de sair , minha cunhada foi para o banheiro, e passou correndo pelo corredor de calcinha e sutiã, aquela imagem não saiu da minha cabeça aquela pele branquinha, cabelo ruivos e aquela bunda com aquela calcinha fio dental me deixaram louco, aí começou minha tara, na hora de irmos ela colocou uma calça jeans bem colada com uma blusa branca e sem sutiã eu fiquei olhando sem minha esposa perceber e nisso fiquei de pau duro porq sempre deixava ela ir na frente andando só pra ver bunda dela naquela calça apertada, voltando pra casa eu resolvi passar no bar que ficava na minha rua, minha esposa não ligou e seguiu com minha cunhada, até que meia

hora depois minha cunhada voltou com um shortinho bem curto e falou que minha esposa estava me chamando e que já iria dormir, ela me olhou e falou porém ela já estava deitada na hora que eu sair e já estava quase dormindo, e sentou comigo no bar, as horas foram passando a gente já tinha tomado 4 garrafas de cerveja e meio litro de pinga, paguei a conta e fomos pra casa nisso ela veio bem do meu ladinho e disse que estava com frio, na mesma bora tirei minha camisa coloquei nela, e ela veio até em casa bem colada comigo segurando seu quadril, na hora que a gente outro em casa ela foi devolver minha blusa e quando tirou apareceu seu peito eu fiquei olhando e logo ela percebeu o volume que fez na minha calça , eu deu uma risadinha dizendo, – vc não viu nada ok? Eu comecei a ficar vermelho e virei o rosto quando senti aquele corpo me abraçando e falou no meu ouvido, sabe que eu te adoro né? E eu sentia ela pressionando sua perna contra meu pau, cada um foi pro seu canto e no dia seguinte resolver chegar mais cedo pq sabia que minha esposa chegaria tarde, chamei minha cunhada para o mesmo bar a gente bebeu muito, eu havia passado o dia pensando naquele corpo, no abraço nos seios lindos dela

Foi então que eu resolvi tomar uma atitude, ela sempre gostou de dançar a gente começou a fica bem animado ela bem mais já que eu estava fingindo que estava bebendo, fomos pra casa liguei o som começou a tocar funk e eu vi ela dançando até o chão, na mesma hora fiquei atrás dela ela me colocou na cadeira e disse vamos brincar um pouco e começou a dançar em cima do meu pau, eu falei que estava adorando aquilo e ela tirou a blusa e ficou só de sutiã eu olhei e disse que já estava pronto se ela quisesse, peguei ela no colo, levei na direção no quarto que ela ficava, joguei ela na cama e comecei a tirar toda roupa dela, fui bem em baixo e comecei a chupar aquela bucetinha que estava encharcada e comecei a olhar pra ela, ela segurou no meu cabelo pressionando minha boca na direção da sua buceta e ficamos uns 10 minutos ali naquela posição até que coloquei ela de 4 e falei que queria fuder aquele cuzinho ela disse que tinha uma condição, ela teria que gozar duas vezes eu já tinha feito uma só faltava mais uma vez, coloquei meu pau naquela buceta comecei a fuder com minha cunhada loucamente, até que ela começou a me chupar e fizemos um 69 aquela foi a posição que eu amei dava pra ver sua bucetinha na minha cara e aquele cuzinho piscando, comecei a lamber aquele cuzinho dela até que ela falou pra eu colocar meu pau, e que estava um pouco com medo já

que meu pau tem 22cm e também é bem grosso, ela então ficou de ladinho enquanto eu colocava meu pau no rabo dela até que foi difícil no começo depois entrou tranquilo e começamos a deixar fluir, ela gritava dizendo para eu fuder aquele cu gostoso, me beijava e dizia para eu não parar de fuder com ela, até que depois de muito suor ela gozou e pediu para eu gozar dentro dela, eu pensei e logo coloquei meu pau lá dentro e comecei a bombar naqua bucetinha até que gozei e ela ficou me chupando , ficamos deitados e logo a gente foi tomar banho, passou meia hora minha esposa chega, minha cunhada já estava dormindo eu cansado e fomos deitar, no dia seguinte fiquei de tomar café em casa minha cunhada já estava cedo na cozinha com uma camisa da academia e sem sutiã ela me olhou e disse que não via a hora de fazer de novo….. E foi essa minha primeira experiência com minha Cunha, estamos tendo um caso até hj se gostaram deixei nos comentários se querem um novo conto erótico .

Deixe um comentário

CAPTCHA