Socando a rola no puto passivo

Me chamo Alexandre, alguns mais próximos me chamam apenas de Alex, fique a critério de vocês, tenho 23 anos, 1,86 mtrs e 85 kg, cabelos pretos e olhos castanhos.
O acontecimento que contarei hoje rolou faz uns 03 anos. Só pra lembrar eu curto vários fetiches, entre eles ver outras pessoas transando. Já presenciei altas fodas no bosque dos Buritis em Goiânia! Quem curte putaria e é de Goiânia sabe bem que lá é muito bom. Porém o acontecimento de hoje rola num outro cenário.
Aqui na cidade, principalmente no centro há diversos imigrantes africanos, acredito que em busca de uma vida melhor eles vem pra cá e começam a vender algumas coisas na rua! Pra quem conhece a Anhanguera sabe que a partir do Bretas do Jóquei clube até a avenida Araguaia o que mais tem são aqueles negões maravilhosos!

Outro dia estava lá, lembro que era reta de fim de ano e com o 13° no bolso fui bater perna pra ver se encontrava alguma coisa pra comprar de presente.
Em frente a uma dessas lojas tinha uma bancada de um desses rapazes africanos vendendo DVDs, e ele estava falando ao celular, fazendo o pedido de DVDs e dizendo que havia uma procura muito grande pelo X-Men – Dias de um futuro esquecido – na hora me veio na cabeça que com isso eu ia conseguir o número daquele negão ( nunca pedi na cara dura, vai que eles não gostassem e rolasse treta). Cheguei e pedi justamente o filme dos X-Men, ele disse que não tinha ( era meio difícil entender o sotaque, mais dei um jeito ).
Com a afirmativa que o filme estava em falta, perguntei se ele tinha algum contato que eu podia ligar e pra saber se havia chegado o filme pra eu passar lá e pegar ( Mentira, tava interessado era em ganhar o negão). Ele inocentemente passou o WhatsApp dele, e eu segui com meu plano.
Dei umas voltas, me distanciei dele, e chamei ele no WhatsApp.
Perguntei se ele estava afim de ganhar uma grana pra curtir com outro macho, e ofereci R$ 100,00. Com muita argumentação ( e dá-lhe argumentos, o cara não estava afim, mais precisava da grana) e habilidade pra ler o português que ele escrevia, ele topou mais disse que não iria dar, só comer e queria receber antes.
Resolvido isso, decidi realizar um fetiche de ver alguém levando pica na minha frente.
Naquela época, tinha um amigo meu que morava atrás do Banana Shopping, e a casa dele era bem mais perto que a minha.
Liguei pro Samuel ( Samuel é tão puto e gostoso, que hoje trabalha em São Paulo como garoto de programa). Expliquei pro Samuel o esquema e ele topou, marquei com o rapaz africano em frente ao shopping. Porém antes passei na farmácia e comprei Viagra, pq o africano disse que talvez não ia subir, e se não subisse ele iria dar o fora e não ia devolver o dinheiro, e eu claro não podia perder as chances.
Chegando no shopping, encontrei com ele e fomos pra casa do Samuel.
Lá eu perguntei o nome dele, não entendi e fiquei com vergonha de perguntar de novo, por isso também que eu só chamo ele de rapaz africano, pq o nome era diferente e eu não entendi.
Enquanto o Samuel banhava, fiz um lanche ( suco e pão com mortadela ) e dei pro africano, porém o suco estava com a Viagra dissolvido.
Samuel chegou, fiz meio que as apresentações rápidas e ele já tirou a roupa do negão, e cara, eu fiquei chocado com o tamanho daquilo, não era humano! Estava mole e já era enorme ( tentei tirar foto mais ele vetou ) , Samuel caiu de boca e depois de mamar um pouco ele reclamou que estava fedendo e que ele ia precisar banhar.
Aí a porra ficou loucaaa!!
O pau do africano começou a levantar e se transformar em um monstro, era enorme, e com uma brutalidade imensa enfiou a tora na boca do Samuel.
Ficou ali enfiando, ele simplesmente segurou ele pelos cabelos e bombou a boca dele como se fosse uma boneco inflável. A essa altura eu já estava numa punheta maravilhosa!
Daí o Samuel disse que não ia mais aguentar, que a garganta já estava doendo. Daí foi só a felicidade, o cara nesse meio tempo já estava puxando o Samuel pro sofá, colocou ele de rabo empinado pra cima e começou a chupar o rabo dele. Não havíamos combinado a chupada no rabo, mais ele estava numa loucura só, chupou tão gostoso que o Samuel gemia como se estivesse levando rola já!
Durante todo o tempo estava super excitado em ver a cena, mais excitado ainda em ver o tamanho descomunal do pau do africano, nunca vi tão grande.
Terminando a línguada no cu, o Samuel puxou ele pro quarto e eu fui atrás pra acompanhar a bagaceira kkkkk
O Samuel fez uma coisa errada, e pagou o preço, disse a ele que poderia meter sem dó. Aí ele ficou de frango, o africano deu mais uma chupada no cu ( perguntei ao Samuel se ele queria por capa, mais ele disse que queria sentir na pele o negão ). O africano se posicionou, pôs a pica na entrada do cu ( Samuel tava de frango) e do nada, sem nem mandar aviso, ele enfia de uma vez ( não sou bom de tamanho, mais aquilo ali deveria ter uns 25 cm bem grosso, preto e fedido hahahahah ) entrou rasgando que o Samuel deu um pulo e não deixou ele continuar, e naquela mesma brutalidade na hora do oral, ele encaixou nas pernas do Samuel e meteu de uma vez tudo e se agarrou nele de forma que o Samuel não conseguia se mexer. Ele deu um grito, e ficou gemendo, chorando e nem sei mais o que! O africano nem deu bola, só fez o que havia ido fazer, e começou a socar.
Nessa hora confesso que fiquei preocupado por que o Samuel estava chorando e pedindo pra ele parar, mais eu relevei e só coloquei lenha na fogueira e disse pra ele arrombar mesmo.
Na posição de frango o negão ficou um tempão, suficiente pro Samuel se recompor e começar a gemer de tesão. Nesse intervalo eles mudaram de posição, Samuel deitou de bunda pra cima e ele continuou metendo. Foi aí que cheguei, dei aquele beijo de língua no Samuel e perguntei se estava boa as roladas que ele estava levando, tremi de tesão quando ele disse com a voz trêmula que o cara tava rasgando ele por dentro, que quando ele enfiava tudo doía no pé da barriga.
Daí mudaram de posição, Samuel ficou de quatro ( perguntei se ele queria sentar, pra controlar a penetração, e a vadia disse que não, por que queria mesmo era sentir o africano socando.) E o negão não perdeu tempo e continuou a fuder o Samuel, de quatro ele parecia uma máquina, as batidas do quadril dele na bunda do Samuel estavam altas, pareciam tapas, ele estava socando tão violentamente quando antes. Daí ele começou a gemer, e alto, segurou com força que dava pra ver na cintura do Samuel as mãos dele apertando e as estocadas ficam mais devagar, porém iam mais fundo, ele fazia questão de enfiar até o último milímetro da pica. Aí o Samuel anuncia que ele gozou! O africano deita por cima do Samuel e com a pica ainda dentro dele o cara morde as costas do Samuel! Ele segurou, prendeu ele e sem motivo nenhum mordeu com muita força que chega ficou uma mega marca, o Samuel tentou sair, eu fiquei paralisado meio que tentando entender. Quando ele saiu de cima, ao tirar a pica começou a vazar porra do cu do Samuel e as costas estavam com uma marca enorme.
Só aí entrei na história, pedi pra ver o cu do Samuel antes de entrarmos no banho, e o cu dele parecia uma cratera, dava pra ver as carnes por dentro, estava todo arregaçado.
Fomos pro banho, o negão brincou com o cu do Samuel enfiando os dedos, aí depois eu e ele mijamos no Samuel, infelizmente ele não deixou mijar dentro. Mais recebeu mijo na boca, na cara… e pau do negão não descia, ainda tava duro feito rocha, e eu fingindo não saber de nada.
O negão passou o resto do dia lá, pq não podia voltar pra rua com a tora dura, assistimos uns filmes de graça que ele tinha na mochila kkkkk e antes de ir embora o cara ainda trepou de novo com o Samuel, mais foi rápido e sem muita emoção, o rabo do Samuel ainda estava se recuperando da foda de mais cedo.
Naquele dia mais tarde, coloquei o Samuel pra chupar um morador de rua, que aceitou uns trocados pra dar a rola, infelizmente era pequena, mais a barriga dele era toda trincada e o pau estava todo sujo, e o Samuel limpou tudo com a boca!

Tive inúmeras fodas com o Samuel, usava ele como um boneco, porém ele decidiu ir morar em São Paulo, desde que deixou Goiânia só voltou umas duas vezes, mal nos vimos, e lá atualmente é garoto de programa. Em uma conversa por WhatsApp, me contou que um cliente fez ele sentar no câmbio do carro…

O africano continuei trocando mensagens por um tempo, até que ele aparentemente me bloqueou ou trocou de número, e eu nunca mais o vi na rua.

Na foda o africano sacaneou e não deixou tirar foto.

Cheguei a tirar foto de como ficou o cu do Samuel, e dele chupando o carinha. Só que perdi essas fotos, pois já faz certo tempo que aconteceu.

Até mais, até a próxima!

Deixe um comentário

CAPTCHA