Meus pensamentos de orgasmo

Boa noite a todos, me chamo Ana e sou de Belém do Pará. Só pra saberem, não sou garota de propaganda, nunca fiz nada do tipo (nada contra rs), e o maior objetivo de ta escrevendo é pq já não aguento mais meus pensamentos “criativos” a todo momento, tenho muito desejo sexual, fetiches que crio em mente e não posso falar com ninguém por vergonha, portanto contarei historias que crio na minha mente. Espero que gostem!

Sobre o meu professor… era um dia de visita técnica como todas as outras, a maioria chata, mas nesse dia o professor gostoso que eu sempre me imaginei ele arrombando minha buceta greluda me olhou de forma diferente. Não sei como aconteceu, esse dia eu tava com a minha buceta latejando com tanta vontade de ser fodida por ele que talvez ele tenho sentido de longe essa minha sede, a visita era em uma obra, sou estudante de Eng. Civil, ele me olhava com olhos de predador e eu tava ficando cada vez mais excitada, tava usando uma calça de tecido claro e tava até

preocupada que aparecesse o quanto estava molhada, no fim da visita eu mandei um wpp avisando que precisava tirar umas dúvidas sobre a disciplina, ele pediu que eu ficasse pra me ajudar. Era tudo que eu queria, meu coração acelerava de tanto nervoso, então, quando todos foram embora eu dei um jeitinho de distrair minhas amigas e voltei pra obra, agora sim, estávamos sozinhos, quando cheguei não precisei dizer absolutamente nada, ele me puxou forte pra próximo do seu corpo e me disse que já sabia o que eu queria, eu só balancei a cabeça com o sinal positivo e ele já foi tocando meus seios, disse que sempre teve vontade de tocá-los pq são pequenos e cabem todinho na palma da mão, então eu mesma o distanciei de mim e fui tirando toda a roupa lentamente e dizendo “sabe, sempre me

imaginei engolindo teu pau na mesa da sala de aula, quero ser devorada por ti AGORA”. Imediatamente ele agarrou meus cabelos com uma só mão e me fez engasgar com o pau na minha boca, era tão grande, grosso, uma delicia, depois me fez deitar em cima de uns papelões que havia na obra e foi metendo beeem devagar na minha buceta, eu tava tão excitada que só sabia implorar pra ele meter logo tudo e com muita força, só pensava em ser arrombada por ele naquele momento, queria a todo custo que ele me fizesse a sua puta, uma vadia… ele me comeu, me maltratou, me fez implorar pra ser fodida, pra ser chupada, aquela língua quente na minha boceta, só de imaginar eu já fico toda molhada…

1 comentário sobre “Meus pensamentos de orgasmo

Deixe um comentário

CAPTCHA