Gozando na cara da novinha casada

A novinha gostosa casada gostava de me visitar de manhã. Ela entrava no trabalho às 8:00. E o marido saía pra trabalhar às 6:00. Então o melhor horário pra ela dar uma escapada era sair de casa logo depois dele e dar uma passada aqui pra uma trepada rápida.
Eu chamo ela de novinha porque apesar de casada ela tinha apenas 22 anos. Morena, magra, corpo perfeito. A bunda durinha era um tesão do caralho. Veja a foto abaixo, que eu tirei dela na primeira vez que ela me visitou. E gostava de me provocar. Entrava no banho e fazia chamada de vídeo comigo no whatsapp. Avisava antes em texto que era pra eu fazer silêncio que o marido estava em casa. Colocava o celular na pia, apontando para o chuveiro, e ficava se esfregando só pra me provocar. Gostosa demais.


Ela gostava também de mandar mensagens safadas. Sempre na véspera das visitas, ela ficava escrevendo o que estava com vontade de fazer. Resultado: eu ficava de pau duro 24 horas esperando o momento de foder aquela delícia.
Um dia ela me disse que estava com um problema, que estava com muitas espinhas no rosto. Perguntou se eu conhecia algum tratamento. Eu na hora saquei o tratamento que ela queria. “Ah se quiser posso te arrumar um creme especial”. Ela topou na hora Hummmmmmmm

Nem dormi direito esperando minha visita maravilhosa que chegaria cedo. Ela chegou e estava com fogo. Chupou meu pau com vontade e depois pediu pra eu meter na buceta. Hummmm aquela buceta apertadinha era uma delícia. Depois que ela gozou, falei pra ela ficar de quatro pra eu foder o cuzinho. Ela disse pra eu foder só um pouco e não gozar, que ela queria meu creme em outro lugar. Hummmmmmmm
Arrebitou a bunda durinha pra eu meter com gosto. Fui até o fundo de uma vez. Hummmm que delícia. Segurei o quadril dela com as duas mãos e fui metendo. Mas de repente tocou o alarme do celular dela. Ela deixava armado pras 8:40, pra não se atrasar para o serviço. Na hora dei uma desanimada. Nosso tempo era curto demais pra tantas atividades. Não ia dar tempo de eu gozar na cara dela e ela ainda tomar banho pra ir trabalhar.

Mas pra minha surpresa, ela se virou e me olhou com cara de safada. “Está na hora do meu tratamento especial. Vem gozar na minha cara, vem.” E foi se deitando e colocando o lençol em volta do rosto, pra proteger o cabelo. Hummmmmm que tesão. Me ajoelhei na cama ao lado dela e direcionei o pau para o rosto dela. Ela já segurou firme e começou a me punhetar gemendo baixinho. Vi que ela estava morrendo de tesão e nem me segurei muito. Logo meu pau explodiu toda a porra que estava preparada desde as mensagens da véspera. Foi cobrindo o rosto dela todo. Ela fechou os olhos e ficava passando a língua em volta dos lábios na esperança de saborear um pouco da minha porra. Que cena maravilhosa hummmmmmmm

Segurei meu pau ainda latejando e dei uma última apertada pra sair até a última gota. Ela abriu os olhos, que essa hora estavam rodeados de porra, e deu uma risadinha com cara de satisfeita. Se levantou e foi para o banheiro. Pra minha surpresa, não quis tomar banho, como geralmente fazia. Passou uma água no rosto na pia mesmo. Nem sabonete usou. Deu uma enxugada com a toalha e já vestiu a roupa. Me deu um selinho e saiu correndo para o trabalho. Quando ela encostou os lábios nos meus, senti que estavam meio grudentos e que o cheiro da minha porra ainda exalava no seu rosto. E saiu pra trabalhar. Plena e satisfeita.

Deixe um comentário