Fodendo a puta da minha esposa na praia

Oi, me chamo Roberto e minha esposa Rosane, tenho 42 anos 1,73, moreno, olhos castanhos e uma rola de 16cm bem grossa, ela 37 anos, morena clara, 1,60, corpo violão, um rabo grande e muito atraente, peitos fartos e siliconizados, e barriguinha tanquinho. Somos um casal muito safado e gostamos de boas e sacanas aventuras. Hoje vou contar uma das quelas sacanagens que sempre fazemos.

Num belo final de semana resolvemos ir até a praia de Macaé com minha cunhada e seu esposo, chegando lá montamos nossas barracas, pois iríamos acampar por dois dias. Eles eram mais reservados, porém eu e minha esposa gostamos de uma putaria, sendo assim pensarmos: vamos procurar um lugar para dar uma boa foda, e assim fizemos.


Andamos um bom pedaço a procura de um lugar para trepar e fuder bastante, achamos uma pedra ideal para nossa sacanagem, forramos uma canga na pedra e começamos a nos acariciar, com beijos quentes, e começamos a nos tocar, sua buceta estava molhada, e minha rola latejando, ela não resistiu e colocou minha pica pra fora e caiu de boca, pagando um louco boquete, eu delirava, peguei no seus longos cabelos e ajudava a puta da minha esposa a subir e descer mamando e deixando minha piroca toda molhada com aquele boquete, derrepente olhamos para o lado e vimos um cara parado nos olhando, pensei que a safada da minha esposa iria tomar um susto, mas para minha surpresa ela ficou mais puta, mudou a posição do boquete, empinou aquele rabo na direção do camarada e começou a chupar e rebolar seu rabo gostoso, percebi que o cara começou a tocar uma punheta e ela quando viu isso começou a gemer bem alto para chamar a atenção dele, tenho certeza que ela queria algo diferente, mas naquele momento eu só queria foder aquela buceta que nessa altura já estava toda molhada. Não me importei com o cara olhando e se masturbando, fui para trás dela e carquei minha rola naquela buceta gostosa, ela gritava e pedia pra fudê la mais e mais forte, ” me fode caralho, fode porra, fode pra aquele filho da puta ver o quanto eu sou piranha”, aí é que eu fudia forte a puta da minha esposa, depois de fudê la bastante eu gozei como um cavalo, ela ainda deu a última chupada para limpar minha rola de toda aquela porra.

O cara ficou sentado e com o pau na mão, infelizmente naquele dia não pude fazer nada por ele.
Voltamos para o meio da galera como se nada tivesse acontecido.
Temos outras fantasias, mas vamos deixar para uma próxima vez.

2 comentários sobre “Fodendo a puta da minha esposa na praia

Deixe um comentário

CAPTCHA