A Gordinha Casada

Olá, me chamo Vinicius tenho 37 anos. Sou branco, magro tatuado e pirocudo (elas falam), o que vou contar aqui é mais um relato do que um conto..

Aconteceu de verdade!

Sempre fui muito tímido, porém dava em cima das mulheres disfarçadamente, uma.vez em uma festa dessas de rua em MG, estava eu com minha esposa aproveitando as comidas e bebidas, até que avistamos um amigo nosso que estava com mais algumas pessoas, dentre essas pessoas tinha uma mulher acompanhada que se chamada Aline, Aline devia ter aproximadamente uns 1.70 de altura e pra mais de 150 quilos, bem distribuídos o que me chamou bastante atenção pois era o tipo mulherão, ela era bem pra frente mesmo, bebia, dançava e não estava nem aí pra

opinião dos outros, minha esposa de papo com alguma amigas que tb estavam no local. Comecei a reparar em Aline que estava soltinha, soltinha, já que o marido dela era bem mais velho e anti social, Aline estava vestindo um vestido azul marinho com fenda lateral e saltos altos, ela percebeu que não tirava os olhos dela até que em determinado momento ela me olhou e apontou para a igreja, que era a parte de cima e aonde tinha os banheiros, ela foi e imediatamente avisei a minha esposa que precisava mijar… chegando próximo ao banheiro ela estava no canto e me chamou, e perguntou o porquê não parava de olhar pra ela, já na maldade respondo que estava doido pra poder tirar aquela calcinha dela e chupa lá, na mesma hora ela respondeu que estava sem calcinha e que se eu quisesse alguma

coisa era só providenciar o local, voltamos para o nosso lugar e fiquei imaginando e bolando um plano, foi aí que pensei em ir verificar o carro, pois tinha estacionado na rua e estava com medo de ser rebocado, minha esposa falou pra eu ir ver logo isso e Aline se ligou e foi tb, chegando lá Aline já encostada no meu carro, abri e o carro e tirei do local aonde estava, Imediatamente assim que parei o carro Aline subiu o vestido e me disse… quero gozar na sua boca, Prontamente Abaixei entre as pernas lisa dela cheguei próximo a sua linda, rosada e cheirosa buceta e comecei a maestria de lambe-lambe, e em 7 minutos consegui o que ela tanto queria gozou deliciosamente na minha boca, eu dr pau duro já saindo aquele líquido, pensei comigo, tô fudido vou ficar só na vontade, foi então que ela disse

Vinicius agora senta aí que eu vou por cima e deixo pra outro dia a mamada, pq agora eu quero te fazer gozar dentro de mim… E foi.. ela sentou chegou perto do meu ouvido começou a gemer baixinho e falar putaria e em 4 minutos me veio a sensação eu tentando segurar pra não gozar rápido ela percebeu aumentou o ritmo e disse… me da seu leitinho quente.. aí é impossível resistir… gozei dentro dela mesmo, ela tirou a calcinha da bolsa vestiu e me disse que mais tarde iria mostrar pro corno dela que ela deu na festa e ele nem percebeu… fiquei preocupado pra não arrumar confusão e ela explicou que ele gosta disso…. voltamos para aonde estávamos, minha esposa já veio perguntar o motivo da demora aí falei algumas coisas lá e ela aceitou de boa…E já vendo que ela estava alterada já me preparei , pois quando ela estar bêbada ela gosta de me dar o Cool, mais isso é pra outro conto….

Obrigado pela atenção e desculpe ae não consegui lhe deixar com tesao.

A disposição para qlqr coisa

1 comentário em “A Gordinha Casada”

  1. Sou doido pegar uma mulher dos olhos claro nunca transei com um mulher de olhos verdes, azul kkk besteira né mais tenho vontade uma japonesa
    11
    9
    5
    4
    4
    8
    5
    0
    5
    0

    Responder

Deixe um comentário