Ensinei meu marido a ser corno

Me chamo Cris, tenho hoje 48 anos, nunca fui magrinha, tenho um corpo cheinho mas com curvas deliciosas. Meu marido se chama Roger e estamos casados a 19 anos, porém desde as primeiras transas a gente sempre fantasia alguma putaria, tanto que que muitas delas acabamos realizando.

Nossas últimas fantasias com frequência entrava um amigo na história e ficava nítido o quando ele ficava excitado com a ideia, gozava muito rápido quando falava que ia chamar um amigo pra me comer ne frente dele. Confesso que a fantasia me deixava louca, mas até ai partir para um encontro real, ja nao estava nos meus planos.

Algumas vezes saíamos para casas de swing e embora nunca tivesse transado com outro homem nessas casas, adorava andar pelos corredores escuros e sentir as mãos passando pelo meu corpo, peitos bunda e os mais abusados se deliciavam na minha boceta sempre molhada.

Acho que a mistura das fantasias e a sensação deliciosa que eu tinha de ser “bolinada” nas casas de swing foram me dando coragem para topar achar um outro macho para me devorar na frente do meu marido e foi assim que em uma de nossas transas disse pra ele: “vou realizar seu sonho de ser um corno, pode achar um comedor gostoso que eu vou dar pra ele na sua frente”. Não demorou 5 segundos, meu marido tirou o pau da minha bocetinha e jorrou porra lavando meus peitos, barriga, rosto e tudo mais que estava pela frente.

Passamos a buscar nos sites de relacionamento adultos algum perfil de single masculino que eu me interessasse e depois de muito tempo achamos um que parecia ser bacana. Não perdemos tempo e depois de uns dois dias trocando mensagens resolvemos marcar direto em um motel, não sei se teria coragem de ir para um bar e depois pro motel, tinha a sensação que se nao fosse direto pro motel poderia desistir no meio.

Marcamos para um dia da semana no período da tarte em um motel que gostávamos de ir. O marido conseguiu fugir do trabalho e chegou em casa pra me buscar já de pau duro de tanto tesão de imaginar sua esposinha sendo comida por ouro macho. Eu estava suando de nervoso e um misto de medo e excitação.

Chegamos no motel e imediatamente mandei mensagem para nosso novo amigo dizendo que que suite estaríamos, nao demorou muito tempo e o telefone do quart toca anunciando que uma terceira pessoa havia chegado, era ele, fiquei gelada, com muito medo, mas ja estava lá e agora iria ate o fim.

Finalmente ele entra no quarto, educadamente cumprimenta meu marido e me cumprimenta com um beijo no rosto. super gentil e agradável. conversamos alguns minutos sobre nossa vida, o que nos levou até essa decisão de fazer um menage masculino. Papo vai papo vem e ele começa sutilmente inserir na conversa temas mais picantes e vou ficando mais excitada e relaxada.

Em determinado momento ele peli licença e vai até o banheiro, foi a deixa para meu marido me puxar da cama , me colocar de pé e me dar um beijão no meio do quarto. Eu ja estava ensopada de tesão e nem percebi quando nosso amigo saiu do banheiro, se sentou em uma cadeira e ficou admirando aquela cena.

Eu estava de vestido, tipo um kimono, amarrado na cintura, tecido super levinho sem sutiã e com uma calcinha super cavada, meu marido me beijava e levantava meu vestido mostrando para nosso amigo a minha bunda com a calcinha minúscula. Meu marido sentindo que eu estava cheia de tesão, fez um sinal com a mão para nosso amigo que prontamente respondeu e vio por tras de mim colando seu corpo no meu e beijando meu pescoço. Nessa hora deu pra sentir aquele pau duro ainda dentro da calça jeans pressionando minha bunda, nao aguentei e comecei a rebolar naquela rola enquanto meu marido ja enfiava seus dedos na minha boceta. Passei a segurar com uma mão o pau do meu marido que estava na minha frente e com a outra mão, habilmente abri a calça do nosso amigo e coloquei o pau dele pra fora, revesando entre uma punheta e uma pincelada na minha bunda….

Virei de frente apara nosso amigo e passei a beija-lo com vontade, meu marido se abaixou e tirou a minha calcinha. Foi a vez do marido assistir, sentou-se na cadeira e passou a ver aquele macho beijando e acariciando sua esposinha. Ele sabia o que vazia, abriu meu vestido ainda sem tira-lo todo, enquanto me beijava foi passando a mão pelos meus peitos, descendo até a minha boceta e eu como uma verdadeira cadela apoiei o pé esquerdo sobre a cama para deixar a boceta bem acessível para aquelas mãos safadas.

Após alguns minutos, com as pernas tremulas sentei na cama e pude ter a visão completa daquela rola que eu estava prestes a engolir. Não perdi tempo e apos apreciar seu tamanho e grossura com os olhos, passei a lingua sobre aquela cabeça pulsando e por um segundo achei que os jatos de porra invadiriam minha boca, mas não, nosso amigo era experiente e nao iria me decepcionar.

Chamei meu marido e tive pela primeira vez o prazer de ter uma rola em cada mão me sentir uma verdadeira puta revesando as rolas na minha boca.

Após um tempo nesse troca troca na minha boca, nosso amigo me deitou na cama, abriu minhas pernas e passou a chupar minha boceta deliciosamente. Eu nao aguantava mais e precisava ser comida por aquele macho. Quando estava quase gozando na boca dele, chamei meu marido e perguntei “quem vai meu comer primeiro”, ele sorriu e respondeu “somos educados e tratamos vem as visitas, mostre para nosso amigo como voce gosta de ser comida”, vetou para tras, pegou rápidamente uma camisinha e entregou na mão do comedor, que parecia nao querer tirar a boca da minha boceta.

Após se lambuzar todo com o mel da minha boceta ele se levanta, termina de tirar suas calças que estavam até então nos joelhos, segura aquela rola linda e começa a vestir-la com a camisinha, de forma instintiva assisto aquela cena de pernas abertas na frente do macho e me masturbando, esperando a hora que ele enfiaria aquele pau em mim, foi o que ele fez, encostou a cabeça da rola na entrada da minha boceta e foi como se eu tivesse chupado ele pra dentro de mim, entrou em uma so enfiada, deslizando gostoso e tomando todos os espaços. Urrei de prazer sabendo que estava sendo comida por um estranho na frente do meu marido, ou melhor, nesse momento ele já era meu corno.

Ele me comeu por alguns minutos nessa posição e na sequencia, de forma super hábil, me virou me posicionando de quatro e me penetrando novamente, segurando pela cintura, socando forte toda sua rola dentro da minha boceta, dava tapas estalados na minha bunda e arrancava de mim gritos de prazer. O filho da puta sabia o que estava fazendo e como se estivesse testando meus limites, molhou o seu dedo com saliva e passou a massagear a entrada do meu cu.. foi o suficiente para eu gozar feito uma cadela com aquele mecho me comendo. Minhas penas bambearam, meus braços tremiam e eu me joguei na cama.

Ambos deitaram do meu lado e apenas ficamos em silêncio com alguns minutos até eu recuperar minhas forças. Me dei conta que eu estava toda arregaçada, suada, melada e ainda tinha dois machos para satisfazer, e assim fiz, olhei para o corno do meu marido e disse “Vem que é sua vez de comer a putinha”, fiquei de quatro pra ele e sem pensar duas vezes passou a bombar gostoso na minha boceta. Nosso amigo tirou a camisinha e deu a rola para eu chupar. Que cena deliciosa, uma rola na boceta e outra na boca…

Em um momento fantasioso, tirei o pau dele da minha boca e disse “Quero que os dois me lavem de porra, quero sentir a porra quente de voces escorrendo pelo meu corpo”

Rápidamente meu marido tirou o pau de dentro de mim, sabia que viria meu presente e me ajoelhei na cama, meu marido e nosso novo amigo se posicionaram de pé na minha frente, se masturbaram até jorram em mim um volume enorme de porra, lavaram meu rosto, peitos, barriga, coxas… delicioso…

Essa foi a primeira vez que tive uma experiencia com dois homens. Esse amigo acabou se tornando um comedor fixo meu por um longo tempo e teve oportunidade de me fazer gozar inúmeras outras vezes

Espero que tenham gostado da nossa aventura. Beijos Cris e Roger. CRS119986

2 comentários em “Ensinei meu marido a ser corno”

  1. Sou doido pegar uma mulher dos olhos claro nunca transei com um mulher de olhos verdes, azul kkk besteira né mais tenho vontade uma japonesa
    11
    9
    5
    4
    4
    8
    5
    0
    5
    0

    Responder

    Responder
  2. Casais da minha região isso é maravilhoso tesão demais, tomem coragem e me procurem sou discreto experiente dotado super super sigiloso Alagoinhas Bahia ZAP 75983427214

    Responder

Deixe um comentário