Dando pro amigo do meu enteado

Tenho 57anos, sou casado e tenho um enteado de 18 anos. Minha esposa nem desconfia que gosto de uma rola, mas meu enteado está muito perto de descobrir o meu segredo.Gustavo é um amigo de infância de meu enteado. Ele é maravilhoso, 1,80 loiro, olhos castanhos, peito largo (nadador), um imenso volume na cueca.Há algum tempo sou vidrado em Gustavo, Não consigo disfarçar minha atração por ele quando não outras pessoas por perto.Sempre que ele me surpreende secando o seu corpo ele dá um tímido sorriso e se afasta de mim.O que passo a relatar aconteceu no último domingo.Eram 16 horas e eu estava sozinho em casa esperando minha esposa retornar de Campos de Jordão. onde tinha ido passar o final de semana em companhia da irmã e do filho, o meu enteado.Gustavo toca a campainha, tinha marcado de vir dormir em casa para ir ao colégio com meu enteado segunda pela manhã.Estava lindo, uma calca jeans justa e um moletom branco com capuz que escondia seu belos cabelos loiros.

Pedi que entrasse, mas avisei que meu enteado ainda não havia chegado e ele entrou fincando na sala de tv comigo.Poucos minutos depois, minha esposa me liga dizendo que só chegará de manhã seguinte, e me pede para receber Gustavo e leva-lo para a escola na manhã seguinte pois havia assumido esse compromisso com a mãe dele.Fiquei exultante! Percebendo que ficaria sozinho com Gustavo por uma noite.Avisei-o sobre o ocorrido e pedi que ele subisse para o quarto do meu enteado e que ficasse a vontade.Logo em seguida fui ao quarto para ver se Gustavo precisava de alguma coisa.Ele estava trocando de roupa e o surpreendi apenas de cueca.Ele ficou um pouco envergonhado, mas não deixei que isso o incomodasse muito.Logo fiz o seguinte o comentário:Gustavo, eu já imaginava que você tinha um corpo bonito mas você superou todas as minhas desconfianças. Se eu fosse uma garotinha agora me atirava nos seus braços. E caí na gargalhada para que ele pensasse que estava brincando com ele.Ele também riu.Aproveitei a oportunidade e ousei perguntar se ele já tinha pegado alguma menina. Ele timidamente me respondeu que era virgem.Não resisti e criei coragem para perguntar a ele se já tinha percebido que eu o olhava de uma forma diferente.Ele acenou que sim timidamente.Expliquei que ele me perdoasse pois eu não conseguia me controlar quando estava junto dele.Nisso percebi que o pau do Gustavo estava duro.Olhei fixamente para o pau dele que quase já sai da cueca e ele deu um tímido sorriso.Ousei novamente e coloquei minha mão no pau dele.Que pau enorme! Grosso e com mais de 20cm.Segurei firme e ele deitou seu corpo na cama, sinalizando que estava liberando o cacete para mim.Não perdi tempo e abaixei a cueca dele e abocanhei aquele cacete maravilhoso. Com a cabeça enorme e veias cavernosas sobressalentes, eu consegui colocar quase 3/4 e já senti o toque na minha garganta.Ele começou a gemer, mostrando que sentia prazer!Debrucei meu corpo sobre o dele e dei um leve beijo no seu rosto. Ele irou a cabeça e tocando a sua boca na minha.Era o sinal que eu precisava. Beijei-o com a voracidade que o momento pedia, e senti a língua de Gustavo invadir minha boca. Ah, quanta emoção e prazer.Com a voz ainda trêmula, ele me falou:- Quero comer sua bunda.Respondi:- Claro que sim meu menino! Você me deixa emocionado em poder ser a sua primeira foda! Muito obrigado por essa oportunidade!Nesse momento, confesso que uma lágrima rolou no meu rosto, tal era a minha emoção.Como num passe de mágica, Gustavo assumiu o papel de meu macho, e passou a comandar a ações.Tirou a minha roupa e me colocou deitado de bruços na cama.Avisou-me que não queria usar preservativo porque era assim que tinha sonhado a sua primeira vez.Calmamente deitou seu corpo sobre o meu e colocou aquela rola maravilhosa na porta de meu cuzinho.Eu salivei o meu cu e relaxei o meu corpo me entregando ao meu menino macho.Ah! Senti o cacete vagarosamente entrar me rasgando deliciosamente.Sim foi tudo! Conseguir aguentar aquele pau imenso inteirinho.Com uma súbita fúria, Gustavo começou a bombar aquele pau por uns cinco minutos, até que que com um urro imenso jorrou sua porra dentro de mim.Senti meu corpo invadido por aquele sêmem de príncipe.Ele relaxou o seu corpo e ficou por mais de quinze minutos em cima de mim.Com alguns beijinhos nas minhas costas se levantou me deu um sorriso safado e foi para o banheiro.Aproveitei para recolher a minha roupa e me recolhi para o meu quarto.Na manhã seguinte quando acordei ele já estava na sala com o uniforme da escola pronto para ir para a escola.Quando fui falar com ele sobre o dia anterior ele pois a minha mão na minha boca e disse:- Não fale nada! Eu adorei! QUero outras vezes! Vamos para a escola!E assim fomos ouvindo as noticias da Lavajato na CBN

1 comentário sobre “Dando pro amigo do meu enteado

  1. Coroa vidão.Ja como uma coroa em cinema pornô de SP mas conhecido mesmo nunca.Sou ou tão safado mas sou meio medroso,fico aguardando o sinal verde nessas hrs aí sim.ataco e faço chorar na minha pica lixa e até gamar querendo outras vezes. Sou simples honesto ativo 18 cm.de rola Moreno claro 46 anos com.peso e altura compatível 1m72 73 kg
    Nove cinco dois sete três meia dois quatro tres

Deixe um comentário

CAPTCHA