Decidindo Liberar a Esposa

Bom, vamos falar como foi o nosso inicio, decidi liberar minha esposa após 20 anos de casados, tenho 50 anos, 80 kg, 1,80, sou Militar, corredor, em forma, me cuido, treino na academia três vezes por semana, corro em media 30 km por semana,ela tem 43 anos loira, olhos azuis, 1,57, 50 kg,em forma também treina na academia, siliconada, uma bunda linda, tudo firme, depiladinha, lisinha.

No inicio ela estranhou quando surgiu o assunto, ficou assustada, conversei muito, mostrei videos, e contos da net e aos poucos a resistência foi caindo, e depois começamos a fantasiar durante o sexo, fazemos sexo praticamente todos os dias, neste quesito não posso reclamar pois ela fez uma cirurgia e não menstrua mais ,por isso esta sempre disponível, e é muito, mas muito fogosa esta sempre disposta, já fizemos sexo em muitos locais publico aqui em Porto Alegre, principalmente na beira do rio, em vários locais tanto durante o dia como a noite, vindo de alguma festa, pois moramos na zona sul, e isto facilita.

No inicio fiz um perfil em um site de relacionamentos, publicamos varias fotos, diga-se de passagem muito deliciosas, onde ela conversou com vários homens, porem neste mundo liberal tem muitos sem noção, mas sem noção mesmo, quando o papo estava se encaminhando para algo alem, o sujeito colocava tudo a perder, demorou cerca de seis meses, até ela encontrar um PM, educado, sem pressa, que teve toda a paciência com ela deixando as coisas acontecerem tudo dentro do tempo dela, mas não abrimos o jogo todo, ele pensa que eu não sei de toda a situação, marcaram um encontro no centro em local publico, mais precisamente no Mercado Publico de Porto Alegre, com uma condição de que se ela se agradasse dele eles iriam para um motel, mas teria que tirar umas fotos.

Marcaram em um sábado, a tarde, ela se arrumou se perfumou toda, colocou uma calcinha minuscula e antes de sair falou com ele que queria um presente, uma calcinha, ele topou na hora e lhe entregaria no local, ela saiu muito nervosa, disse que iria sozinha, caso não se agradasse do sujeito daria meia volta, e eu fiquei em casa, com o coração quase saindo do peito, ninguém que não esteja neste meio, que não curta isso, não sabe o êxtase, o tesão que se sente, o tempo da espera, pedi pra ela me mandar uma mensagem apenas no final, quando já estivesse vindo embora, se tudo ocorresse como planejado.

Bom eu em casa sozinho não aguentava aquela sensação estranha da primeira vez, sabendo que sua esposa naquele momento estava sendo praticamente devorada por outro homem, um desconhecido, um PM, aqui no Rio Grande do Sul, um Brigadiano, não conseguia ficar parado, fui na academia para tentar treinar, mas a adrenalina somente aumentou, tornando impossível treinar, voltei para casa sai para dar um passeio, e o tempo, as horas não passavam, pelos meus cálculos naquele exato momento, se tudo estivesse ocorrendo com planejado, ela estaria sendo fudida, possuída, estaria chupando uma piça diferente.

Finalmente, aproximadamente as cinco e meia da tarde chegou a mensagem tão esperada, quase tive um troço ao abrir: ” Você estava certo, não sou mulher de comer com calma tem que me devorar”, e logo abaixo outra mensagem:”Olha as marcas dos tapas na minha bunda”, e outra mensagem com uma foto dela de quatro, ele com metade da piça dentro, e a bunda toda vermelha, com as marcas dos dedos, outra mensagem “Me espera pronto estou louca par te sentir dentro de mim”, e outra “O PM era dotado 23 cm e socou com muita vontade”, e mais outra “Estou dolorida não estou acostumada com algo tão grande”, devo admitir tenho cerca de vinte centímetros, mas o PM comeu ela duas vezes, a com muita vontade ,pelo que ela me contou depois com mais calma, foi uma verdadeira tortura aguardar a sua chegada, e quando ela chegou comi ela na sala mesmo, no sofá, depois levei ela pro quarto enquanto ela me contava o que tinha acontecido, tudo que o PM tinha feito com ela, comi aquela bunda com muita vontade e loucura, já que ela não quis dar a bunda para ele,gozei la no fundo, muito, foi uma gozada muito louca, demais, indescritível, somente quem esta nesse meio pode saber o que significa uma transa, um sexo, desta magnitude, não tem explicação, por mais que se tente descrever e muito gostoso, é demais.

Na noite, na nossa cama, depois de retornarmos de uma saída na noite, repetimos aquele sexo louco, com novas revelações da transa dela durante a tarde, e devo admitir, passei a amar muito mais minha esposa, minha puta, minha putaaa, teve outros casos, outros encontros com novos homens, mas isto é para outras postagens.

Na medida do possível vou publicar aqui todas as nossas aventuras, já teve dentro do carro, aqui no nosso bairro mesmo, até teve um que veio aqui em casa e comeu ela na sala,ops fica pro próximo. Acessem nosso blog https://pensadorocultozs.blogspot.com

Deixe um comentário

CAPTCHA